Aquarius será exibido fora de competição. (Divulgação).

Aquarius será exibido fora de competição. (Divulgação).

O longa pernambucano Aquarius será um dos destaques do BrasilCine, que acontece entre os dias 3 e 9 de outubro em Estocolmo. Maeve Jinkings, uma das atrizes do filme, estará na abertura do festival. Dentre os curtas, esse ano teremos também dois pernambucanos: “Intervenção”, de Pedro Maia de Brito e “Olhos de Botão”, de Marlom Meirelles.

Neste ano serão mostrados 10 longas e 23 curtas. “Memória” é o tema de 2016 e a abertura oficial do BrasilCine tem início às 18 horas, em 5 de outubro, com a exibição de Aquarius. O longa de Kléber Mendonça Filho é um dos mais aclamados filmes brasileiros deste ano e foi selecionado para a competição oficial do Festival de Cannes, em maio.

Os filmes da mostra estão divididos nas categorias: ficção, documentários e curtas. Dentre os longas e documentários, os destaques dessa edição de aniversário, são: Chatô – O Rei do Brasil (2015), de Guilherme fontes; Danado de Bom (2016), de Derby Brennand; O Mercado de Notícias (2014), de Jorge Furtado; Mate-me por favor (2015), da estreante Anita Rocha da Silveira e O Olmo e a Gaivota (2014), de Petra Costa e a diretora dinamarquesa Lea Glob.

Todos os 33 filmes da mostra serão submetidos à votação popular e concorrem entre si, dentro de suas respectivas categorias, ao BrasilCine Popular Jury Feature Award, premiação que será realizada
na cerimônia de encerramento do evento. Os curtas estão divididos nos temas gênero, performance e transgressão; política e liberdade; personagens e narrativas e ”o estranho em cada um de nós”. O BrasilCine conta ainda com a versão infantil do festival, o Lilla BrasilCine, que esse ano será exclusivamente destinada à escolas.

Sem mais artigos