The Mountain Goats (Foto: Divulgação)

THE MOUNTAIN GOATS
Heretic Pride
[4AD, 2008]

O grande retorno do mito John Darnielle é a principal desculpa para ouvir o elogiado Heretic Pride, novo do The Mountain Goats. Com estilo melódico lo-fi e letras sofisticadas, o músico tem respeito garantido a cada disco que lançe com seu projeto. Mesmo que, entre a pretensão artística e a eficiência das canções, exista alguma distância.

Veteranos, o Mountain Goats lançou discos desde 1991 e, durante esse período, fez relações com diversos nomes importantes do folk e influenciou outros artistas, até mesmo do Hip-Hop. No esteio de seu sucesso, nomes como John Vanderslice e Peter Hughes conseguiram certa notoriedade. Mas, é Darnielle o satélite de tudo, fazendo do seu folk simplório uma marca. Heretic Pride parece querer ousar um pouco mais, com mais orquestrações e guitarras.

“Sax Rohmer # 1”, que abre o disco, mantém o vigor que vai até a faixa título, passando por “San Bernardino”, com piano introdutório que lembrou o último de PJ Harvey, White Chalk. John Darnielle segue, então a explorar sua própria biografia, e o que vemos até o final do disco são remendos do que já se conhece bem (fãs antigos poderão bocejar).

NOTA: 7,0

No Player: “Heretic Pride”

Sem mais artigos