The Hives querem trilhar novos rumos, mas sem perder a pose

The Hives

THE HIVES
The Black and White Album
[Interscope, 2007]

The Hives - The Black and The White Album Remanescentes do boom revival que tomou conta da música pop na virada deste século, os suecos do The Hives fincaram o pé no mainstream e conquistaram o mundo com sua pegada à Stooges e Rolling Stones com hits como “Hate You Say I Told You So” e “Declare Guerre Nucleare”. O grupo foi beneficiado por uma suposta cena “new-rock”, mas não é contemporâneo aos seus colegas de hype como Strokes e Yeah Yeah Yeahs. Formados em 1993 em Fagersta, Suécia, só vieram a estourar quando o selo Poptones (de Alan “Oasis” McGee) decidiu lançar a compilação You New Favorite Band.

É clara a intenção de tomar novos rumos neste trabalho, como comprova a escalação de Pharrel Williams dos Neptunes como produtor. Entretanto, não há um flerte muito claro com Hip-Hop, muito menos eletrônico. O resultado está, isso sim, mais pop. Mesmo sem abandonar o garage rock que fez a fama da banda, as canções como o primeiro single “Tick Tick Boom” estão mais dançantes e se percebe a presença marcante de teclados.

De todas as variantes experimentadas pela banda, a mais estranha ao repertório é “Giddy Up”, cheia de barulhinhos, com a guitarra fazendo um jogral com a voz sampleada de Howlin’ Pelle Almqvist. Apesar dos esforços – até Timbaland participou da feitura do novo disco – o The Hives ainda continua tropeçando no próprio som. Sem conseguir fugir de seu marcante punk-rock, a impressão é de estagnação. Prisioneiros de um estilo particular, os suecos vão precisar de bem mais que produtores da moda se quiserem dar uma guinada na carreira. [Paulo Floro]

NOTA: 6,5

Sem mais artigos