Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O festival , o mais importante dos quadrinhos autorais no mundo, divulgou os vencedores desta edição. , codinome de Bernard Cosandey, foi o grande vencedor, batendo favoritos como Chris Ware e Manu Larcenet.

Nascido na Suíça, Cosey, 66 anos, ainda é bem pouco conhecido no Brasil. Ele é conhecido por uma série de aventura chamada Jonathan, bem ao estilo Tin Tin, criada em 1975.

Seu último trabalho é uma versão de Mickey Mouse reimaginada ao estilo vintage do início do personagem. A obra recebeu boas críticas na França, onde saiu pela Glenat e acaba de ganhar versão em inglês nos EUA pela IDW.

Este é o primeiro ano de Angoulême após o desastre do ano anterior onde apenas homens foram indicados para o Grande Prêmio. Este ano o júri foi presidido por uma autora, Posy Simmons. A organização também alterou as regras de atribuição desse prêmio principal. Agora, em vez de uma lista prévia, os autores votantes foram convidados a votar livremente em quem desejassem.

O festival termina nesse domingo (29). Veja mais da obra de Cosey:

cosey4

cosey3

cosey2

Sem mais artigos