O grupo inglês Stone Roses confirmou o retorno nessa terça (18) em uma coletiva de imprensa em Londres, 15 anos depois do fim da banda. Tanta pompa acabou gerando uma repercussão online grande, motivado em grande parte por seus fãs. Teve até blog que fez uma transmissão ao vivo do evento, com comentários.

A maior novidade é que esse retorno terá a dignidade do lançamento de um material novo, ao contrário do que estamos acostumados com essas turnês de grupos defuntos. A banda também planeja dois grandes shows no Heaton Park, em Manchester, Inglaterra nos dias 29 e 30 de junho de 2012.

Uma turnê mundial também está planejada, mas sem maiores detalhes. O grupo afirmou que estão trabalhando no novo material e devem apresentar as novas músicas na série de shows.

Formados em 1983, Ian Brown, John Squire, Mani e Reni fizeram parte da explosão da cena inglesa baseada nas experiências lisérgicas do fim dos anos 80. Sua importância se estendeu para o surgimento do britpop, sobretudo o Oasis, fãs declarados (e exaltados) de Brown e cia.

O grupo acabou em 1996, depois de uma série de brigas e desentendimentos entre os integrantes. Um dos problemas para o desgaste pode ter sido a distância entre os dois únicos discos. O primeiro homônimo, lançado em 1989 foi um sucesso e ainda é considerado um dos melhores de todos os tempos em diversas publicações especializadas. Já o segundo, Second Coming só veio à tona em 1994, dois anos antes de chegarem ao fim.

A ressurreição do Stone Roses já é considerado um dos grandes eventos no pop ano que vem.

O primeiro disco do Stone Roses: hype dura até hoje

Sem mais artigos