Foto de Natacha Maurer.

Foto de Natacha Maurer.

O Continuum – Festival de Arte e Tecnologia do Recife inicia nesta semana sua mostra Sonoridades, voltada para artistas da música cujos trabalhos trazem uma ponte entre a inovação tecnológica e o experimento sonoro. Nesta edição, o festival traz como atrações Yuri Bruscky, Grilowsky, Hrönir e Binário, cujas apresentações trabalharão o tema do festival este ano, a Privacidade. As performances acontecem neste sábado (28) e domingo (29), no Roda Cultural, no Bairro do Recife, a partir das 16h, com entrada gratuita.

Quem abre o primeiro dia do Sonoridades, no sábado (28), é Grilowsky, multiartista recifense com uma apresentação que aborda urgências contemporâneas como o selfie, as mensagens instantâneas, patrulha virtual e câmeras de segurança. Outro destaque nesse dia é o projeto Binário (projeto de h.d.mabude, Igor Holanda e Queops Negronski) que experimenta misturas entre noise, construções rítmicas das ruas e música pop.

No domingo (29) se apresenta Yuri Bruscky, que traz ao evento a obra “Variações (Sobre Besouros, Caixas e Entornos). A apresentação une técnicas de síntese e composição eletroacústica em um diálogo com a construção de paisagens imersivas que podem ser vivenciadas pelo ouvinte. Quem fecha a edição deste ano do Sonoridades é Hrönir (de Thelmo Cristovam e Túlio Falcão) com a apresentação “Anagrama”, que trabalha elementos da música contemporânea, como ambient, tonalismo, atonalismo, música concreta e sound collage.

As apresentações do Sonoridades acontecem no Roda Cultural, no Bairro do Recife, nos dias 28 e 29 de maio, a partir das 16h. Entrada gratuita.

Grilowski.

Grilowski.

Sem mais artigos