O sindicato dos roteiristas de cinema e TV de Hollywood dos EUA, a Writers Guild Of America, aprovaram neste domingo um acordo para encerrar a greve que já dura três meses, segundo informou o site da BBC.

O acordo veio numa ótima hora, já que a indústria de Hollywood temia a não realização da tradicional cerimônia do Oscar. No acordo, os estúdios vão destinar aos roteiristas uma parcela dos ganhos obtidos com os downloads de produtos que eles escrevem. Terça-feira, todos os grevistas precisam aprovar em uma votação geral e, depois disso, os roteiristas podem voltar ao trabalho.

Cerca de 10,5 mil roteiristas americanos entraram em greve em cinco de novembro. Aproximadamente 60 programas foram suspensos.

Sem mais artigos