O jornal Nove, iniciativa de distribuição gratuita que une quadrinhos e literatura, chega ao seu segundo número. O evento ocorrerá das 10h às 16h, na Av. Guararapes, 223, centro do Recife, na Banca Guararapes.

A capa da segunda edição é assinada pela ilustradora Bárbara Machado, que estará presente no sábado vendendo outros de seus trabalhos como os artbooks A Menina e o Guardião e Sereias. Dentro do jornal, há dois quadrinhos de Marcos Santana e Márcio Saback e de Bruno Alves na página 8.

“A proposta do Nove é fazer mais quadrinhos transitarem entre as pessoas. Nem todos conseguem comprar, mas todos querem ter um pouco da nona arte consigo”, diz Juliana Almeida, uma das realizadoras do projeto. “Diferente de outros veículos, os quadrinhos não aparecem em uma das páginas, eles são o foco e tomam a maior parte do espaço, não deixando porém de ser complementado por conteúdo como entrevistas e artigos para abraçar aqueles que ainda não conhecem muito da arte ou querem saber um pouco mais sobre ela”, explica.

Entre as páginas do jornal, seis profissionais contam sobre os obstáculos comuns na vida de um artista. E o cartunista Samuca Andrade, entrevistado para esta edição, conta um pouco de suas dificuldades e o que devemos ter em mente nos momentos de adversidade na carreira. Samuca organiza o Salão Internacional de Humor Gráfico que está em exposição no Caixa Cultural, no Recife Antigo.

Além de Bárbara, Bruno Alves, Marcos Santana e o idealizador do Nove, Fábio Paiva, vão levar trabalhos e projetos seus para venda. Os criadores da Revista Plaf também estarão presentes para debater sobre o cena local de quadrinhos.

Quem não puder comparecer ao evento poderá encontrar um exemplar com algum dos parceiros do projeto: Banca Guararapes; Bakamoon; Toca Discos; Biblioteca central da Universidade Federal de Pernambuco e nas dos Centros de Educação, Artes e Comunicação.

Sem mais artigos