Hatoum é uma dos convidados do festival literário de Mantiqueira (Foto: Divulgação)

É, parece que virou moda promover discussões sobre literatura em lugares paradisíacos. Além das Jornadas de Literatura de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul (o maior evento literário do mundo, dizem os superlativistas), da Feira Literária de Paraty (Flip), no Rio de Janeiro, e da Fliporto, em Porto de Galinhas (Pernambuco), agora São Paulo também concorre com o 1º Festival da Mantiqueira – Diálogos com a literatura, sediado na cidade interiorana de São Francisco Xavier (a 59 km de São José dos Campos e a 138 km da capital paulista). O evento, promovido pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, será aberto nesta sexta (30), reunindo escritores de vários estados que participarão de debates, sessão de autógrafos e mesas redondas, durante este fim de semana.

Segundo os organizadores, a idéia do festival é aproximar escritores consagrados de seus leitores. Entre os convidados para esta primeira edição, já constam nomes de peso, como o romancista amazonense, radicado em São Paulo, Milton Hatoum, que lançou recentemente o comentado livro Orfãos do Eldorado; o jornalista Zuenir Ventura, que acaba de relançar o best seller 1968: O Ano Que Não Terminou; o escritor gaúcho Moacyr Scliar, o recifense Marcelino Freire, além de Nelson Motta, Mário Prata, Marçal Aquino e Marcelo Rubens Paiva.

A festa literária também fará um flerte pop com a música, cinema e tevê, com as presenças da cineasta Suzana Amaral (A Hora Da Estrela), do novelista Lauro César Muniz e de vozes femininas da MPB. Um dos shows mais aguardados é da mineira Fernanda Takai, vocalista do Pato Fu, em seu elogiadíssimo projeto baseado no repertório de Nara Leão.

A programação completa, com horários e perfis dos participantes, pode ser conferida clicando aqui.

Sem mais artigos