Trabalho da italiana Nardi. (Divulgação).

Trabalho da italiana Nardi. (Divulgação).

O 2º Salão Internacional de Humor Gráfico de Pernambuco escolheu os direitos humanos como tema deste ano. O evento, cuja abertura será no próximo domingo (3), premiará profissionais da área, além de contar com exposição e catálogo para trabalhos classificados.

Os selecionados, de um universo de 664, concorrem aos prêmios, que somam um valor de R$ 16 mil, em duas categorias: Cartum, Caricatura. Nesta edição, a temática está voltada para os Direitos Humanos (Cartuns) e Os Pensadores (Caricaturas).

“O cartum, a caricatura ou a charge, fazem críticas e provocam a reflexão sobre um determinado tema. O humor gráfico chama a atenção por comunicar de forma rápida, às vezes quase imediata. A ideia a ser passada varia de acordo com o desejo do artista: pode ser de teor político, social e até mesmo poético ou de costume”, disse o cartunista Samuca Andrade, idealizador e organizador do evento, por e-mail.

A abertura do Salão será composta por exposição dos trabalhos profissionais selecionados, publicação de catálogo e mostra dos jurados convidados: Angel Boligán Corbo (México), Marilena Nardi (Itália), Cau Gomez (Brasil), Carlos Amorim (Brasil), DUKE – Eduardo Evangelista (Brasil).

Boligán.

Boligán.

“Atravessamos um período em que o ódio às diferenças culturais e de gênero vem sendo manifestado física e verbalmente, nas formas de homofobia, violência contra a mulher, intolerância religiosa, exploração da criança, xenofobia, entre tantas outras atitudes que ferem os princípios dos Direitos Humanos. Precisamos repensar conceitos e refletir sobre o assunto, utilizando qualquer veículo que tenha o poder de passar uma mensagem, sendo um deles o Humor Gráfico”, disse.

No total, foram escolhidos 120 trabalhos. Na categoria Cartum foram escolhidos 59 cartunistas e 70 trabalhos de 22 países. Já na categoria Caricatura, foram selecionados38 cartunistas e 50 trabalhos de 13 países. Entre os inscritos, Brasil e Irã foram os que mais selecionaram trabalhos, seguidos da Polônia e Espanha.

As exposições vão de 3 de abril a 1o de maio de 2016, na Torre Malakoff, no Bairro do Recife.

A cartunista Nardi em foto de Francisco Punal Suarez. (Divulgação).

A cartunista Nardi em foto de Francisco Punal Suarez. (Divulgação).

Sem mais artigos