E o R.E.M. anunciou o fim da banda nesta tarde de quarta (21). Eles postaram uma mensagem no site oficial e, aparentemente, não há um motivo específico para o fim. Foram 31 anos de atividades e 15 discos. Formado por Michael Stipe, Peter Buck, Mike Mills e Bill Berry, em 1981, eles lançaram este ano um novo disco, Collapse Into Now, que foi bem recebido pela crítica e fãs.

Banda importante para diversas gerações, o grupo conseguiu sair da pequena influência que tinha entre as college-radios do fim dos anos 1980 para o primeiro escalão do pop mundial, com hits radiofônicos e respeito da crítica. Ficamos de luto pelo fim, mas acreditamos que novos projetos de Michael Stipe, o ex-líder da banda possam aparecer.

O texto do fim:
Aos nossos fãs e amigos: como R.E.M., e como grandes amigos e colaboradores, decidimos nos separar como banda. Nós nos despedimos com um grande sentimento de gratidão, completude e orgulho de tudo que conquistamos. A qualquer pessoa que se sentiu tocada pela nossa músicas, nossos maiores agradecimentos por ouvir.

Sem mais artigos