Foto: Rodrigo Mmorales/Divulgação.

Foto: Rodrigo Mmorales/Divulgação.

O Recifest, Festival da Diversidade Sexual e de Gênero, divulga a sua primeira ação deste ano: a oficina de Drag Queens. Ministrada por Zecarlos Gomes, a atividade será realizada de 14 a 18 de novembro e contará com exercícios práticos e discussões históricas sobre a arte de “se montar”.

Com cinco dias de duração, o encontro irá proporcionar exercícios práticos, oferecendo subsídios para a construção da personagem em técnicas de maquiagem, dublagem, passarela e processo autoral de coreografia. Também serão abordadas as origens das drags, dinâmicas de expressão teatral e autoconhecimento. Cada vez mais famosa por conta do seriado RuPaul’s Drag Race, a arte das drag queens tem recebido cada vez mais importância dentro da cultura pop, o que acabou gerando um grande movimento em vários países, incluindo aqui no Brasil, com turnês de nomes famosos, festas e programasd de TV.

Para participar os interessados devem preencher formulário de inscrição online. As inscrições devem ser feitas até o dia 5 de novembro e os 15 contemplados, 10 homens e 5 mulheres, saberão o resultado da divulgação no próximo 10 de novembro.

“A proposta é popularizar a imagem da drag queen como performer —identificando-a como profissional, especificidade que a torna diferente de outras identidades como travestis, transexuais ou cross-dressers. As aulas são divididas em módulos: no primeiro dia são ensinadas técnicas de teatro e dança, no segundo o foco é a maquiagem, e, no terceiro, retoma-se o teatro e a dança. A intenção é que cada aluno saia da imersão com um personagem criado para si.”, diz o texto da oficina. Os participantes poderão apresentar um número especial na festa de encerramento do Recifest, no Miami Pub, no Recife.

O Recifest acontece entre os dias 15 a 19 de novembro no cinema São Luiz, no Centro do Recife.

Sem mais artigos