Nem bem acaba o Carnaval, o Recife sediará nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro, na Torre Malakoff, bairro do Recife a quinta etapa do Festival BrasilNoar. O evento, que ocorre há sete anos na cidade de Barcelona, na Espanha, vem este ano ao Brasil com o intuito de conhecer cidades com cenas culturais importantes para o país.

Para isso, a Casa NoAr – Associação Cultural da Nova Arte, de Barcelona, em parceria com o Atelier Multicultural, desde dezembro já visitou várias cidades para coletar material para o festival, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Trancoso – nesta última levando o Ciclo do Cinema Pernambucano, com exibição do filme Baile Perfumado, de Lírio Ferreira e Paulo Caldas, com enorme sucesso. Por fim, em fevereiro, o festival aporta em Recife, Belo Horizonte e encerra o ciclo novamente na capital paulista, no final do mês de fevereiro.

A etapa Recife traz projetos que vão desde manifestações populares do Estado até expressões da arte contemporânea, trazendo a música, as artes plásticas, a fotografia e o audiovisual como pilares deste diálogo com o mercado internacional. A programação inclui mostras de artes visuais, artes plásticas, performances e audiovisual, durante os três dias do evento, e apresentações musicais no domingo, fechando a etapa Recife do BrasilNoar. A entrada para todas as atividades é gratuita.

A mostra de artes plásticas trará trabalhos de Erisson, Karina Agra, Josué da Paz, Marcos Carvalho e do Coletivo Célula Máter. Nas exibições audiovisuais, os visitantes poderão conferir o trabalho de Marcelo Lyra e projeções selecionadas pelos coletivos Canal 03, OsImaginautas e Media Sana, além de uma seção especial do Cine Chinelo NoPE, que tem chamado atenção por realizar mostras públicas e oferecer espaço aberto para produções audiovisuais feitas por qualquer pessoa. Entre as performances, Orlando Nascimento, Eli Maria e OsImaginautas estão preparando intervenções nos espaços da Torre Malakoff e o movimento literário Nós Pós vai realizar a sua sexta edição de leituras públicas no festival, com poetas e prosadores convidados, no sábado, às 17h.

Na área de fotografia, o público poderá conferir exposições e instalações fotográficas. O Canal 03 participará com o resultado de dez anos da pesquisa antropológica e fotográfica do projeto Cambinda do Cumbe, que aborda o mais antigo maracatu rural em atividade no Brasil, o Cambinda Brasileira; o Coletivo Célula Máter trará um panorama dos artistas que expuseram nas três mostras coletivas realizadas no atelier, em Olinda; OsImaginautas comparecem com um mostra dos projetos realizados ao longo do último ano na Cultura Inglesa e Fundaj, unindo fotografia, artes, tecnologia e educomunicação.

O Grupo Paspatu, por sua vez, traz mais uma coletânea do projeto Retratos do Mercado, abordando o cotidiano dos mercados públicos do Recife por meio da fotografia documental. Mercado também é o tema de estudo fotográfico que a Comuniquê, do fotógrafo Ivan Alecrim, vai exibir. No entanto, Alecrim debruça o seu olhar sobre o primeiro espaço construído na cidade com a exposição “Novos Olhares sobre o Mercado de São José”, que traz dez imagens em colorido e p&b sobre o mercado que este ano completa 133 anos de fundação. Por fim, Isaias Belo apresenta os resultados de um ano de documentação fotográfica, em pin hole, da construção do Templo do Sacrifício, de Francisco Brennand, e o público poderá conferir trabalhos que outros fotógrafos da cidade, como Costa Neto e Sergio Figueiredo, estão preparando para exibir no Festival BrasilNoar.

As apresentações musicais ocorrerão nos três dias do evento. Nos primeiros dois dias o público poderá conferir pocket shows de grupos dos próprios artistas que estão expondo no BrasilNoar. No domingo, haverá shows dos grupos Guardaloop, Inquilinus, Ticuqueiros e Sinhô Pereira, das cantoras Cila do Coco e Ana Diniz, do coletivo Media Sana, do Dub Master Buguinha Dub e dos Djs 440 e Uirá. Os shows começam às 15h, no pátio externo da Torre Malakoff.

Lançamentos
Durante a festa do BrasilNoar, em Recife, o grupo Guardaloop fará lançamento de seu primeiro trabalho. O Guardaloop homenageia o bairro de Guadalupe, em Olinda, e a função principal do sampler que, segundo a banda, é “guardar loops”. Ela tem um som estruturado em elementos do dub, afrofunk, samba e carimbó e fará a estréia de seu primeiro álbum na Torre Malakoff..

O Coletivo Canal 03 também fará mais um lançamento do livro Cambinda do Cumbe, como forma de apresentar o trabalho de pesquisa realizada pelo grupo em parceria com Sumaia Vieira sobre o maracatu de baque solto Cambinda Brasileira, que tem sede na Zona da Mata Norte de Pernambuco e é o mais antigo maracatu rural em atividade no país. O Canal 03 e a antropóloga Sumaia Vieira desenvolviam projetos separados desde 1997, até que se encontraram e a convergência deste trabalho resultou no livro Cambinda do Cumbe, que celebra o maracatu, hoje com 90 anos de existência, e incentiva o desenvolvimento de novas pesquisas voltadas para as manifestações populares.

Rodada de Negócios
Os artistas que não estão integrando a programação oficial do Festival BrasilNoar também podem participar do intercâmbio com os produtores espanhóis e convidados, que estarão em Recife durante os três dias do evento. O Atelier Multicultural em parceria com o Sebrae articulou uma rodada de negócios, em que artistas das mais variadas expressões culturais (música, dança, teatro, fotografia, artes gráficas, artes plásticas, cinema, vídeo, entre outros) poderão apresentar os seus trabalhos e conversar com os produtores sobre possibilidades de circulação de suas obras no circuito internacional.

As conversas podem ser agendadas pelo telefone (81) 8705 2880 ou pelo e-mail ateliermulticultural@gmail.com, com Christian Cunha, até o dia do evento. Os artistas que não conseguirem agenda na rodada de negócios, podem levar o material nos dias do evento para a Torre Malakoff, que a produção estará recebendo no estande do Sebrae. A idéia é poder levar para a Espanha a maior quantidade e diversidade possível de amostras das expressões artísticas locais com o intuito de divulgar novos nomes da cultural nacional e indicar participantes para as próximas edições do festival, na Espanha.

Serviço
Apresentação do Festival Internacional da Nova Arte Brasileira – BrasilNoar
Datas: 8, 9 e 10 de Fevereiro de 2008
Local: Torre Malakoff – Recife Antigo
Horário de visitação: a partir das 15h

Contatos BrasilNoar – Etapa Recife
Fone: (081) 87052880
E-mail:ateliermulticultural@gmail.com
www.ateliermulticultural.com

* Com informações da assessoria.

Sem mais artigos