Como uma espécie de feiticeira dos palcos, Aurélia Thiérrée, neta do ator Charles Chaplin faz encontros e desencontros com personagens aparentemente desconexos no espetáculo L’Oratorio d’Aurélia, inspirado na magia do “hall music” e do circo. A apresentação já esteve no Recife ano passado e foi concebido em 2004 por Victoria Thierrée Chaplin e Aurélia Thierrée, filha e neta respectivamente, do ator.

No espetáculo, de enredo complexo, a performer francesa mexe com o imaginário e a percepção do público com relação ao tempo causando estado de hipnose e suspensão dramática em que se acredita na possibilidade de concretização do que é humanamente impossível.

Mixando gêneros e tipologias de expressão artística, tal como um filme bluckbuster, a peça já foi aplaudida em vários países com a recriação de imagens que resgatam elementos do teatro e circo. No palco, uma jovem contracena com seres humanos e outros nem tanto, criando uma seqüência de acontecimentos que surpreende a expectativa do público.

Cenário e música contribuem com essa atmosfera envolvente. A extraordinária combinação de efeitos visuais, eufórica imaginação, refinadas marionetes, dança e magia circenses resultou num deliciosa apresentação.

L’oratorio de Aurélia
Teatro da UFPE (Avenida dos Reitores, s/n, Cidade Universitária)
Sábado, dia 28, às 20h; domingo, dia 29, às 18h
R$ 60 e R$ 30 (meia) para platéia/ R$ 50 e R$ 25 (meia) para o balcão
Informações: 2126-8077/ http://www.festivaldecircodobrasil.com.br
Classificação etária: Livre

Sem mais artigos