Pela primeira vez, Recife sediará de uma mostra exclusiva de Stop Motion. A técnica centenária ganha destaque no 1º Festival Internacional Brasil Stop Motion que acontecerá entre os dias 22 e 26 de novembro no Cinema São Luiz e Universidade Católica de Pernambuco. A mostra competitiva vai trazer filmes do Uruguai, Polônia, Inglaterra, França, Espanha, Bélgica, Eslovênia, além do Brasil, entre outros. A entrada é gratuita e acontece sempre às 19h30.

Foram 115 inscritos para a competição de melhor filme, sendo 51 selecionados. A mostra competitiva está dividida em temas. Além da categoria competitiva, o festival realiza três mostras especiais trazidas em parceria com os festivais de Montreal e Anima Mundi. A Mostra Se-ma-for exibirá dois filmes poloneses: Fantastyczny sklep z kwiatami (The fantastic flowershop), de Pawel Partyka, e Inchthys, do diretor Marek Skrobecki. Já a Mostra Especial OQO Filmes, levará para a tela do São Luiz um total de seis curtas da premiada produtora espanhola OQO (Galícia). O diretor uruguaio e grande homenageado do Brasil Stop Motion, Walter Tournier, ícone da técnica no mundo, terá alguns dos seus filmes exibidos na abertura do festival, durante a Mostra Walter Tournier. A diretora Margarida Botelho (Inglaterra) apresenta o seu Eva, no dia 23, e a pernambucana, Nara Normande, encerra o evento com o seu premiado Dia Estrelado.

As palestras, mesas-redondas e oficinas acontecem na Universidade Católica de Pernambuco. A artista plástica e diretora de arte Laura Severi é um dos destaques. O festival ainda realiza mesas redondas com ilustradores como Adriana Mota e curso de animação em stop motion e movimentação de personagens. Mais detalhes da programação no site do evento.

Sem mais artigos