Ainda sem nome definitivo, Cristiano Bastos e Leonardo Bomfim gravam documentário no Recife sobre o LP Paêbirú, de autoria de Lula Côrtes e Zé Ramalho. A produção,  encabeçada pela dupla, conta a história do clássico disco perdido na enchente de grandes proporções ocorrido em 1975, no Recife. O documentário deve ser gravado em quatro cidades.

As gravações começaram no Recife, no dia 27 de junho com um bate-papo entre Lula Côrtes e Alceu Valença. Depois a equipe foi até o bar Novo Pina, localizado no Recife Antigo, para uma conversa com bandas da atual cena psicodélica recifense. A equipe do projeto programa uma expedição à Pedra do Ingá, interior da Paraíba, para reviver os passos de Lula e Zé Ramalho. O LP era instrumental e teve sua inspiração neste local do interior da Paraíba, durante uma viagem de Lula e Ramalho. Depois da enchente, só estaram 300 cópias. Hoje, um LP de Paêbirú chega a custas R$4.000,00.

Estão programados novas entrevistas com Lailson e Zé da Flauta. O primeiro tocou com Lula Côrtes no disco Satwa e o segundo também participou das gravações do Paêbiru. Estão confirmados também, Marcos Polo e Almir, que eram do Ave Sangria.

Sem mais artigos