O Rec-Beat anunciou a programação completa da sua 23ª edição, que acontece entre os dias 10 e 13 de fevereiro no histórico Cais da Alfândega, durante os quatro dias do Carnaval no Recife, com acesso gratuito. Entre os destaques da programação estão Erasmo Carlos, Johnny Hooker, Arrete, Otto e Romero Ferro, além de Diomedes Chinaski e Xênia França.

Don L é um dos destaques do evento entre os nomes nacionais. Membro do influente grupo Costa a Costa, o rapper cearense fará sua estreia em um festival de grande porte. Ele apresenta o show de Roteiro Para Aïnouz vol. 3, álbum que analisa a condição do movimento hip hop no seu atual e que entrou em nossa lista de melhores discos de 2017. Ainda no rap, o festival traz Rimas & Melodias, o trio Arrete e Diomedes Chinaski com Luiz Lins, nomes hoje importantes da renovação do rap do Nordeste.

Erasmo Carlos fará o show de encerramento do festival, mostrando um repertório que combina os seus clássicos eternos com as novidades do álbum Gigante Gentil. Do Espírito Santo, a jovem Ana Muller representa uma nova cena de cantores-compositores de perfil acústico.

O festival também reflete a crescente produção de artistas que trabalham com a memória ancestral, o futuro e a reinvenção da cultura afrodiaspórica. Baiana radicada em São Paulo e vocalista do Aláfia, Xenia França lançará o disco Xenia no Rec-Beat. A baiana Larissa Luz traz seu show explosivo e performático que funde trap, rap, dubstep, rock, samba reggae e ijexá sob influência dos movimentos afrofuturismo e afropunk. Em paralelo, Lucas Estrela promete fazer todo mundo dançar com as músicas de seu novo álbum Farol, que conta com participações de Felipe e Manoel Cordeiro.

Novos nomes da cena pernambucana também marcam presença no Rec-Beat 2018. MC Tocha é o maior expoente do brega funk, movimento musical da periferia do Recife. Ele incorpora em sua música elementos que vão do novo funk paulistano ao ragga, passando pelo forró eletrônico e hip hop. O MC sintoniza a música popular urbana global e a reprocessa sob sua perspectiva local, resultando em um som simples mas inventivo, cativante e, claro, altamente dançante.

Arrete se apresenta no Rec-Beat. / Foto: Divulgação

Depois de um show histórico no Rec-Beat onde iniciou sua parceria com Liniker e Almério, Johnny Hooker vai entoar as canções de seu novo álbum, Coração. O disco marca a reinvenção artística do cantor ao flertar com samba e afoxé em músicas solares sobre a força do amor para resistir aos períodos turbulentos da vida.

Outro ídolo local, Otto vem apresentar Ottomatopeia, álbum influenciado por diferentes partes do mundo, desde o rock ao romantismo de Roberta Miranda e Reginaldo Rossi, passando ainda pela ancestralidade africana.

O show Frevália é um projeto do cantor Romero Ferro, que terá as participações de Michelle Melo (ícone da música brega recifense), Monique Kessous e Natália Matos. Trilhando o caminho da música pop de sonoridade oitentista, o show propõe uma releitura contemporânea do frevo em um repertório que passeia por clássicos da folia e canções de novos compositores como Isaar, Juliano Holanda, Adriana Calcanhoto, Thaís Gulin e Moreno Veloso.

Na escalação internacional, o festival selecionou artistas de performance singular para deixar o público mesmerizado. O espanhol Javier Díez-Ena, da Espanha, mostra o show “Theremonial”, onde amplia de maneira inovadora as possibilidades do teremim, instrumento eletrônico russo da década de 1920.

Artista seminal da música eletrônica, Bernard Fevre apresenta o seu projeto Black Devil Disco Club. Nos anos 1970, ele iniciou seus experimentos com sintetizadores e música ambiente, e foi pioneiro ao criar uma versão eletrônica e cósmica da disco music no clássico cult Black Devil Disco Club (1978).

Direto da Patagônia, as argentinas do Fémina unem elementos de diferentes ritmos latinos, como cúmbia, candombe, rumba e bolero, com o groove do hip hop e funk.

PROGRAMAÇÃO – FESTIVAL REC-BEAT 2018 – 23a. EDIÇÃO

Sábado, dia 10/02/18
* DJ Rafoso Seletor (PE) nos intervalos entre as bandas
19h30 – DJ Ipek (Alemanha/Turquia)
21h00 – Anna Mulller (ES)
22h00 – Daniel Peixoto (CE)
23H10 – Diomedes Chinaski & Luiz Lins (PE)
00H30 – MC Tocha (PE)

Domingo, dia 11/02/18
19h30 – DJ Flavya (Estados Unidos)**
20h00 – Arrete (PE)
21h00 – Lucas Estrela (PA)
22h00 – Javier Diez-Ena (Espanha)
23h10 – Don L (CE)
00h30 – Larissa Luz (BA)

Segunda, dia 12/02/18
19h30 – DJ Grace Kelly (Brasil/Alemanha)**
20h00 – João do Pife e Banda Dois Irmãos (PE)
21h00 – Carne Doce (GO)
22h00 – Fémina (Argentina)
23h10 – Xenia França (BA)
00h30 – Johnny Hooker (PE)

Terça, dia 13/02/18
19h30 – Worm Disco Club (Inglaterra)**
20h00 – Frevália (PE)
21h00 – Rimas & Melodias (SP)
22h00 – Black Devil Disco Club (Live) (França)
23h10 – Otto (PE)
00h30 – Erasmo Carlos (RJ)

** Os Djs que fazem a abertura da noite e os intervalos entre as bandas.

Sem mais artigos