O Frevotron no remelexo do frevo.

O no remelexo do frevo.

Há certa provocação em mexer em um cânone. E é isso que faz o trio DJ Dolores, Yuri Queiroga e Maestro Spok em Frevotron, um dos trabalhos mais inovadores lançados recentemente em Pernambuco. O que eles fazem é correr o risco de jogar o frevo, esse ritmo tão intrinsecamente ligado ao Carnaval, em meio a gêneros e ritmos de todo tipo, de rock a jazz, passando pela música eletrônica mais experimental. O show no Rec-Beat marcou o lançamento do trabalho homônimo do grupo, lançado no fim do ano passado.

A noite ainda teve o show de com seu grupo Batucafro. É raro vermos apresentações autorais de Naná, que costuma abrir o Carnaval do como um regente de batuques. Aqui ele trouxe uma equipe de 15 integrantes e apresentou uma celebração de ritmos africanos. Quem esteve no palco fazendo participação especial foi a cantora Sara Tavares, de Cabo Verde.

A noite teve ainda Luísa & os Alquimistas (RN) e o quarteto formado por + + + (PE). Veja fotos.

Fotos por Ariel Martini.

Naná Vasconcelos com o Batucafro.

Naná Vasconcelos com o Batucafro.

Isadora Melo, que se apresentou com Juliano Holanda, Areia e Zé Manoel.

Isadora Melo, que se apresentou com Juliano Holanda, Areia e Zé Manoel.

Naná Vasconcelos com o Batucafro.

Naná Vasconcelos com o Batucafro.

Sem mais artigos