Rachel Morrison entrou para a história como a primeira mulher a ser indicada ao prêmio da Associação Americana de Cinematografia (ASC, na sigla em inglês). Ela é diretora de fotografia de Mudbound – Lágrimas Sob o Mississipi, longa da diretora Dee Rees que fala do drama brutal de duas famílias vivendo juntos após a Segunda Guerra Mundial. O longa foi coproduzido pela Netflix e estreia no Brasil dia 15 de fevereiro.

O prêmio dessa associação é o mais importante da categoria e representa uma prévia do Oscar, já que muitos dos votantes também são membros da categoria. Concorrem ainda Blade Runner 2049, O Destino de Uma Nação, Dunkirk e A Forma da Água.

Nos 32 anos de existência desse prêmio da associação dos diretores de fotografia nunca uma mulher tinha sido indicada. O mesmo vale para o Oscar, que nunca indicou uma mulher para esta categoria em mais de 80 anos.

É uma área bastante dominada por homens: apenas 7% dos membros da ASC são do sexo feminino, segundo levantamento do site AVClub. O ASC Awards acontece no dia 15 de fevereiro.

Rachel Morrison já assinou a fotografia de Fruitvale Station: A Última Parada (2013), Cake: Uma Razão Para Viver (2014) e Confirmação, filme da HBO (2016). Ela também é a diretora de fotografia de Pantera Negra, que estreia dia 15 de fevereiro.

Sem mais artigos