OS MAIORES CLÁSSICOS DO QUARTETO FANTÁSTICO VOLUME 4
John Byrne (Texto e Arte)
[Panini, 204 págs, R$ 28,90]

Ninguém tem mais dúvidas de como deu certo a republicação de histórias antigas dos super-heróis Marvel pela Panini. Enquanto a editora tenta emplacar encadernados clássicos da DC, a série Os Maiores Clássicos… vai assumindo uma regularidade salutar para os colecionadores. Que o diga este quarto volume do Quarteto Fantástico. A edição traz 204 páginas com eventos importantes da família mais famosa das HQs, como a destruição do Mundo Imperial Skrull por Galactus e o confronto do Quarteto Fantástico com o Surfista Prateado. Tudo isso desenhado pelo campeão de audiência John Byrne (à época em sua melhor fase). Curioso que o grupo nunca teve um título próprio no Brasil, mas sempre teve apelo midiático inclusive a quem não lê quadrinhos. As histórias foram publicadas originalmente em formatinho e chegam agora no formato original e em nova tradução. [PF]

NOTA: 8,0

MUERTOS
Daniel Pereira dos Santos (Texto e arte, sobre o conto original de Zanthos Aybrom)
[Independente, 29 págs, online no ds.art.br]

A HQ Muertos, do gaúcho Daniel Pereira dos Santos teve lançamento impresso e online. Mas é sua vida digital que mais chama atenção. Um dos quadrinhos online mais impactantes – tanto na estética quanto na linguagem – lançados este ano, o conto fala de um homem misterioso que tem negócios a tratar no Paraguai, na vila “Muertos”, onde se passa quase toda a história. O local era usado tempos atrás como campo de extermínio para tropas brasileiras e argentinas. O autor consegue manter o clima de tensão em todas as páginas, levando o leitor numa leitura sufocante até o final. O desfecho é outro destaque da trama (não será dita aqui). A HQ pode ser lida no blog do autor. Chama atenção a ferramenta utilizada para a leitura que não deixa o leitor perder o dinamismo, além de funcionar bem na tela do PC. [PF]

NOTA: 8,5

Sem mais artigos