Viena, capital austríca, resolveu mostrar o quanto o movimento punk influenciou a cultura das últimas décadas. Está em cartaz a mostra Punk – No One Is Innocent (Punk – Ninguém é Inocente, em tradução livre), que reúne desde obras de arte inspiradas pelo movimento até capas de discos e objetos como a bateria de uma banda punk.

Segundo os organizadores da pinacoteca Kunsthalle de Viena, o punk significou “uma quebra total das tradições na moda, na música e nas artes.” A exposição aborda desde o início desse movimento cultural rebelde em Londres e mostra sua comercialização e a influência que ele exerce ainda hoje.

Muitos pioneiros do movimento são homenageados na mostra como os Sex Pistols, a estilista de moda Vivienne Westwood, o fotógrafo Richard Kern e o artista gráfico Jamie Reid.

Sem mais artigos