O vocalista do grupo britânico The Babyshambles, Pete Doherty, cantor britânico, já pode respirar o ar puro e ver o sol nascer de novo. Desde de a madrugada de hoje, o cantor foi beneficiado por uma libertação antecipada depois de passar 29 dias atrás das grades, ao invés das 14 semanas a que havia sido condenado por desrespeitar as condições de uma advertência prévia.

Na saída, o modelito era o de sempre: seu já tradicional terno e gravata escuros e com seu inseparável chapéu. Doherty foi condenado em 8 de abril a 14 semanas de prisão por violar as condições de uma advertência que recebera por seus vários problemas com a justiça, em particular o consumo de drogas e por dirigir embriagado. O juiz que determinou a pena destacou que o músico chegava atrasado ou não comparecia às audiências judiciais.

Sem mais artigos