O Popload Festival 2019, um dos eventos de música mais consistentes, terá uma edição história este ano. Isso porque, pela primeira vez no festival e em São Paulo, a cantora e poetisa Patti Smith, uma das lendas do punk, estará presente. Considerada a precursora do punk, seu disco de estreia Horses, de 1975, com uma sonoridade crua e direta, foi essencial para o movimento que surgia em Nova York nos anos 70. Mais de 40 anos depois, sua presença continua marcante tanto em manifestações artísticas como políticas: as letras, os livros, poemas, seus posts em redes sociais e o já tradicional “spoken word” das apresentações ao vivo são sempre marcados pelo engajamento em causas humanitárias e ambientalistas.

Depois dos memoráveis shows de Lorde e Blondie em 2018, as primeiras atrações confirmadas da 7ª edição do festival estão voltadas para o rock. A banda Racounters, liderada pelo guitarrista Jack White, também estará presente no evento.

Raconteurs voltou à ativa depois de sete anos de hiato (Foto: Steven Sebring/ Divulgação)

Ele já veio ao Brasil com o White Stripes e em carreira solo, mas nunca com o Racounters. Tendo se apresentado em 2014, a banda Beirut, projeto de indie pop do americano Zach Condon, está de volta ao festival.volta ao festival depois de tocar em 2014.

Além disso, fazem parte do line-up do Popload Festival a banda inglesa Hot Chip, a rapper inglesa Little Simz e o trio texano Khruangbin. Luedji Luna, cantora baiana, será acompanhada de um cortejo do bloco baiano Ilê Aiyê.

O festival vai acontecer no dia 15 de novembro, em São Paulo, no Memorial da América Latina. Os ingressos variam de acordo com o lote. R$ 800 (pista premium), R$ 380 (pista lote 1), R$ 480 (pista lote 2) e R$ 580 (pista lote 3). Há meia-entrada para todas as pistas e lotes.

Sem mais artigos