Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Turma da Mônica

Esculturas do “Mônica Parade” vão a leilão

monicaleilao

Mesmo antes do fim da exposição, no dia 8, os organizadores da exposição urbana anunciaram que 30 das 50 peças já estão à disposição dos interessados.

O leilão segue o formato eletrônico. Os lances podem ser dados no site (clique aqui) até dia 18. Detalhe: o valor mínimo para arremate é R$ 3.500.

Conforme anunciado no lançamento da exposição Mônica Parade, em novembro, a renda será revertida em favor da Unicef.

As 30 estátuas do leilão foram escolhidas por sorteio; as 20 restantes devem fazer parte de exposições itinerantes nas demais capitais brasileiras a partir de 2014, onde permanecerão durante um mês. Os organizadores estão em contato com as prefeituras para fechar o cronograma.

MSP anuncia graphic novels para 2014

O coordenador editorial da Maurcio de Sousa Produções, Sidney Gusman, divulgou na tarde desta sexta-feira (15), durante o Festival Internacional de Quadrinhos, os teasers e autores dos próximos seis volumes da coleção Graphic MSP (veja capas na galeria, clique para ampliar):

Papa Capim, de Marcela Godoy e Renato Guedes;

Bidu, de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho;

Turma da Mata, de Greg Tocchini, Davi Calil e Artur Fujita;

Penadinho, de Paulo Crumbim e Cristina Eiko;

Astronauta 2, de Danilo Beyruth; e

Turma da Mônica 2, de Vitor e Lu Cafaggi.

Graphic MSP apresenta histórias autorais estreladas pelos personagens de Mauricio de Sousa.

Já foram publicadas Astronauta – Magnetar (Danilo Beyruth), Turma da Mônica – Laços (Vitor e Lu Caffagi), Chico Bento – Pavor Espaciar (Gustavo Duarte) e a recém lançada Piteco – Ingá (Shiko).

Os álbuns são publicados pela Panini e costumam vir em duas versões: capa cartonada (R$ 19,90) e capa dura (R$ 29,90).

“Mônica Parade” sofre vandalismo no primeiro fim de semana

monicavandalismo

A intervenção urbana em comemoração aos 50 anos da personagem de Mauricio de Sousa teve início na sexta-feira (8), com a instalação de 50 esculturas, customizadas por diferentes artistas, em vários pontos da cidade.

Já no dia seguinte começaram a chegar as primeiras informações de vandalismo. Três delas foram pichadas: a da Praça Benedito Calixto teve uma suástica pintada na testa; as outras duas estão na Avenida Paulista (imagem da esquerda) e na Praça Nossa Senhora do Bom Parto, no Tatuapé. A da rua Oscar Freire foi furtada.

A Panini/Mauricio de Sousa Produções não fez um levantamento (ou, se fez, não divulgou) da situação das demais esculturas. Em vez disso, emitiu uma nota em que comenta o sucesso da ação e a reação dos fãs no sentido de ajudar a preservar as peças expostas.

Leia a íntegra do comunicado:

O grande sucesso da ação Mônica Parade na cidade de São Paulo vem obtendo resultados acima das expectativas, com as pessoas fotografando ao lado das 50 esculturas customizadas por artistas e postando nas redes sociais. Por ser uma intervenção urbana,

infelizmente houve alguns poucos casos de pichações e um desaparecimento, que está sob investigação policial. Esses casos geraram uma reação imediata dos fãs: ajudar a preservar as esculturas e estar vigilantes sobre qualquer dano que possa ser causado. Mesmo porque, ao término do período de exposição, as esculturas serão leiloadas em prol das crianças atendidas pelo UNICEF.

O respeito não só pela homenagem aos 50 anos da personagem mais querida do Brasil, mas pelas obras dos artistas convidados demonstra que a cidade apoia esse tipo de iniciativa de interação do público com a arte nas ruas. A exposição irá até o dia 8 de dezembro.

Começa hoje, em São Paulo, a “Mônica Parade”

monicaparade

Inspiradas no Cow Parade – evento mundial que espalha esculturas customizadas por diversos pontos das grandes cidades – a Mauricio de Sousa Produções e a Panini criaram uma forma inusitada de comemorar os 50 anos da Mônica.

O Mônica Parade chega hoje a 35 bairros da capital paulista (veja abaixo a lista de endereços).

São 50 esculturas feitas de fibra de vidro com 1,65 m de altura (mais base de 20 cm), decoradas por 49 artistas nacionais. A restante foi pintada pelo próprio Mauricio de Sousa, que optou pelas cores tradicionais da sua criação.

Também hoje entra no ar o site www.monicaparade.com.br com notícias, fotos, making of, informações dos artistas e o mapa de localização de todas as obras.

A exposição vai até dia 8 de dezembro. Segundo informou pelo Facebook o Coordenador Editorial da MSP, Sidney Gusman, após esta data as esculturas serão leiloadas, e a renda, revertida para a Unicef, da qual a Mônica é embaixadora desde 2007.

Veja a galeria com imagens das 47 esculturas divulgadas (clique nas miniaturas para ampliar):

Quem são os artistas da Mônica Parade: Ale Magrini, Alex Hornest, Alex Senna, Alexander Borba, Ana Lage, Andrea Brazil, Angelica Pedroso, Anita Kaufmann, Binho Ribeiro, Bira Dantas, Bruno Honda Leite, Cako Martin, Cartoon Network, Chivitz, Claudia Furlani, Crânio, Cris Campana, Danilo Beyruth, Erica Mizutani, Fernanda Guedes, Fido Nesti, Giba Valadares, Hiro Kawahara, Isabelle Tuchband, Jefferson Costa, Junior Lopes, Kako, Kleverson Mariano, Lobo, Luciana Assumpção, Maramgoní, Mauro Souza, Michel Costa, Minhau “Fábrica de gatos”, Miriam Nigri, Monica Nudelman, Mulheres Barbadas, Paulo O’Meira, Paulo Sayeg, Renato Guedes, Reynaldo Berto, Ronaldo Barata, Rui Amaral, Tikka, Titi Freak, Titina Corso, Verena Matzen, Wagner Loud e Zé Márcio.

Confira a relação de endereços:

Rua Estados Unidos, 1595 Jardins
CEU Três Pontes – Rua Capachos, 400 Jardim Célia
Parque Alfredo Volpi – Av. Engenheiro Oscar Americano, 480 Morumbi
Alameda Jau, 1946 Jardins
Largo Oliveira Viana , s/nº Freguesia do Ó
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2355 Jardim Paulistano
Praça Pereira Coutinho, 80 Moema
Rua Amauri, 332 Itaim Bibi
Av. Cruzeiro do Sul, 1800 Santana
Av. Gen Ataliba Leonel, 2292 Parada Inglesa
Praça Vila Boim, 44 Higienopolis
Av. Brigadeiro Faria Lima,  1912 Jardim Paulistano
Av. Paulista, 1294 Cerqueira César
Parque da Independencia – Av. Nazaré, s/nº Ipiranga
Largo Nossa Senhora do Bom Parto,62 ( Rua Serra do Japi/ Rua Euclides Pacheco ) Tatuapé
Av. Paulista, 2277 Cerqueira César
Av. Europa, 728 Jardim Europa
Av. Paulista, 901 Cerqueira César
Praça Irmãos Karmam, s/nº Perdizes
Praça Ns. Aparecida, s/nº Moema
Praça dos Omaguás, s/nº Pinheiros
Av. Sapobemba, 8135 Sapopemba
Parque do Povo  – Av. Henrique Chamma, 420 Pinheiros
Rua Gumercindo Saraiva, 114 Jardim Europa
Av. Doutor Antônio Maria Laet, 100 Tucuruvi
CEU Inácio Monteiro – Rua Barão Barroso do Amazonas, s/nº Cohab Inácio Monteiro
Parque Trianon – Rua Peixoto Gomide, 949 Jardim Paulista
Parque do Carmo – Av. Afonso de Sampaio e Souza, 951 Itaquera
Rua Oscar Freire, 603 Jardins
Parque do Ibirapuera – Av. Pedro Alvares Cabral, s/nº – Portão 5 Vila Mariana
Av. Paulista, 2073 Cerqueira César
Av. Paulista, 1500 Cerqueira César
Parque Buenos Aires – Av. Angelica,  1500 Higienopolis
CEU QUINTA DO SOL- Av. Luís Imparato, 564 Cangaiba
Parque da Aclimação – Rua Muniz de Sousa, 1119 Aclimação
Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 Alto de Pinheiros
Largo do Rosário, 59 Penha
Praça General Gentil Falcão, s/nº Brooklin Novo
Praça Silvio Romero, s/nº Tatuapé
Av. Bosque da Saude, 1960 Saúde
Av. Dona Helena Pereira de Moraes, 200 Campo Limpo
Alameda Lorena, 1731 Jardins
CEU Curuçá – Avenida Marechal Tito, 3400 Itaim Paulista
Rua General Jardim, 485 Santa Cecilia
CEU Anhanguera – Rua Pedro Jose de Lima, S/nº Anhanguera
Praça Benedito Calixto, s/nº Pinheiros
Parque  Cidade de Toronto – Av. Cardeal Mota, 84 Pirituba
Praça Sampaio Vidal, s/nº Vila Formosa
Rua Bandeira Paulista, 636 Itaim Bibi
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1461 Jardim Paulistano

 

Veja as primeiras imagens da Graphic MSP “Piteco: Ingá”

ingacapa

O quarto volume da série que reúne trabalhos autorais estrelados pelos personagens de Mauricio de Sousa – os anteriores foram Astronauta: Magnetar, Turma da Mônica: Laços e Chico Bento: Pavor Espaciar – tem lançamento programado para novembro, durante o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos.

O protagonista da vez é Piteco, que tem suas histórias ambientadas na pré-História. Batizada de Ingá, a graphic novel foi escrita e desenhada pelo quadrinhista e artista plástico paraibano Shiko. O texto de apresentação da quarta capa é de Mike Deodato Jr.

Na tarde de hoje (3), o editor Sidney Gusman manteve a tradição e publicou nas redes sociais as primeiras imagens da obra. Pela prévia, dá para notar o tom realista que Shiko imprimiu ao personagem. A movimentada trama envolve o resgate de Thuga, raptada pela tribo dos homens-tigre.

Piteco: Ingá vai custar R$ 19,90 (capa cartonada) e R$ 29,90 (capa dura). No site da Comix ambas versões estão em pré-venda com desconto.

Veja as imagens na galeria abaixo (clique para ampliar):

 

Veja primeiras imagens de “Chico Bento: Pavor Espaciar”

chicobentocapa

Na tarde de hoje (7), o editor Sidney Gusman divulgou nas redes sociais o preview e a capa do próximo título da coleção Graphic MSP (clique na galeria abaixo para ampliar as imagens).

Chico Bento: Pavor Espaciar é o terceiro volume da série, precedido por Astronauta: Magnetar e Turma da Mônica: Laços (leia crítica aqui e aqui), e será lançado no final deste mês, durante a Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

O roteiro e arte são de Gustavo Duarte, conhecido internacionalmente por seu trabalho com HQs “mudas” (, Táxi, Birds) e pelo talento em conferir movimento e expressões aos personagens.

O texto de apresentação é de Roger Moreira, líder da banda Ultraje a Rigor.

 

Turma da Mônica – Laços: Uma das melhores HQs que você vai ler neste ano

laços_capa

No mês passado, comentamos na página do Facebook deste blog que O Maravilhoso Mágico de Oz é forte candidato às listas de Melhores HQs de 2013. Pois bem, acaba de pintar mais um. Mas no caso de Turma da Mônica – Laços, o mais correto é trocar “forte candidato” por “presença garantida”.

Se ao final da leitura alguém disser que se surpreendeu com este segundo volume da coleção Graphic MSP é por que não teve a sorte de conhecer os trabalhos anteriores dos jovens irmãos e artistas mineiros Vitor e Lu Cafaggi. Está tudo lá: personagens lindamente caracterizados, perspectivas audaciosas, paleta de cores suaves, humor refinado.

Turma da Mônica – Laços parte de um argumento simples. Floquinho, o cachorro do Cebolinha, sumiu. Para encontrá-lo, a turma do bairro do Limoeiro vai embarcar numa grande aventura e provar que os laços que os unem são atados pelos valores da mais verdadeira amizade.

Este é o ponto de partida para os autores explorarem a rica mitologia da Turma da Mônica. Vitor e Lu chegam ao requinte de “explicar” um dos maiores dilemas dos quadrinhos infantis: por que só o Cebolinha usa sapatos?

Aproveitam, também, para incluir referências de sua própria formação pop. A semelhança com o filme Conta Comigo (Stand by Me, 1986) é evidente, mas há outras, como a citação a uma das cenas antológicas do filme Os Selvagens da Noite (The Warriors, 1979).

No primeiro volume da coleção Graphic MSP, Astronauta – Magnetar, Danilo Beyruth deu nova dimensão a uma conhecida característica do personagem, a solidão. Em Turma da Mônica – Laços, Vitor e Lu vão pelo mesmo caminho.

Todo leitor do Mauricio de Sousa sabe que Floquinho é o animal de estimação de Cebolinha, e que eles se gostam muito. Mas nunca antes o amor de um menino por seu cão foi tão aprofundado. Impossível não se emocionar com o primeiro encontro dos dois, ainda bebê e filhote; impossível não se solidarizar com a melancolia que toma conta do garoto quando não tem notícias do cachorro desaparecido.

E aí está o ponto crucial desta HQ. Vitor e Lu manipulam a emoção do leitor com uma naturalidade que espanta. Eles captam o sentimento da infância de um modo que desconhece precedentes (se há, são raros). Criam uma história que é infantil, sem ser simplória; terna, sem ser piegas; lúdica, sem ser superficial.

Isto tudo já ficava evidente em obras-primas anteriores, como a história do Chico Bento para o primeiro volume da coletânea MSP 50 e a HQ independente Duo.tone (de Vitor), e Mixtape (de Lu).

Aqui cabe um comentário especial às páginas em que Lu Cafaggi intervém de forma mais direta, desenhando. São três flashbacks: o dia em que Cebolinha ganhou Floquinho de presente, uma homenagem explícita a Mauricio de Sousa, e o primeiro encontro da turma, ainda na creche. Há, ainda, duas páginas de “álbum de fotografias”. Se Vitor é mestre em representar crianças, Lu é insuperável com bebês.

O livro ganhou a qualidade gráfica que merece. A Mauricio de Sousa Editora e a Panini capricharam no projeto gráfico. Tem 84 páginas coloridas, formato 26 x 17 cm, e duas opções de capa: cartonada (R$ 19,90) e dura (R$ 29,90).

Turma da Mônica – Laços é uma das melhores HQs que você lerá neste ano e, provavelmente, na vida. Pode apostar.

Primeiras imagens da nova Graphic MSP: Turma da Mônica – Laços

laços_capa

Atualizado em 11.04 com cinco novas imagens na galeria (abaixo)

Turma da Mônica – Laços, de autoria dos talentosos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, é o segundo volume de um projeto anunciado há mais de um ano por Mauricio de Sousa: uma série de álbuns de luxo, com histórias fechadas e autorais de seus personagens, produzidos por artistas nacionais de fora de seu estúdio.

O primeiro volume foi Astronauta – Magnetar, de Danilo Beyruth. Lançado em outubro do ano passado na Fest Comix, o álbum marcou presença em praticamente todas as listas de melhores HQs de 2012 e acaba de receber três indicações para o Troféu HQ Mix (desenhista, roteirista e edição especial).

Pelo que se pode ver, Laços tem tudo para seguir o mesmo caminho. Na tarde de hoje (10), o jornalista e editor Sidney Gusman divulgou nas redes sociais as primeiras imagens da graphic novel (veja na galeria abaixo).

Quem conhece a delicadeza e sensibilidade que Vitor e Lu imprimem a seus trabalhos não vai se espantar com as imagens. Mesmo assim, é de encher os olhos.

Veja como será a comemoração do cinquentenário da Mônica

Monica50

Provavelmente a personagem brasileira mais conhecida dos quadrinhos, a criação de Mauricio de Sousa completa 50 anos em 2013. A assessoria do cartunista/empresário anuncia que foram investidos quase R$ 5 milhões nas comemorações que vão ocorrer ao longo do ano.

A abertura oficial do “Ano da Dentuça” se deu no Carnaval da Bahia, quando Mauricio e sua filha Mônica, que inspirou a personagem, saíram em trio elétrico da cantora Claudia Leitte. Na época, foi anunciado que a artista vai virar personagem dos quadrinhos.

Veja outros eventos e ações já confirmados:

Licenciamento: receita inédita e kit de bolo desenvolvido pela doceria Amor aos Pedaços; relançamento da boneca Mônica feita pela extinta fabricante Troll nos anos 1960, agora pela Multibrink; dos brinquedos Estrelinha Mágica e Mônica MixFace pela Grow; e de brinquedos icônicos dos anos 1980 (estojo, cubo mágico) pela Mileno; também pela Mileno, relançamento do boneco do coelho Sansão amarelo, cor original do personagem nos quadrinhos; todos os produtos licenciados trarão um selo comemorativo do cinquentenário e alguns deles, embalagens especiais;

Mostras: Sansão também faz 50 anos (em cartaz em São Paulo); Mônica 50 anos, com a trajetória da personagem contada por meio de artes originais, animações e esculturas;

Internet: reformulação do site da Turma da Mônica; desenvolvimento de aplicativos no Facebook e concursos culturais;

Teatro: espetáculo Mônica Mundi – Uma volta ao mundo (estreia 3 de março no Rio de Janeiro); remontagem de Mônica e Cebolinha no Mundo de Romeu e Julieta, primeira peça estrelada pelos personagens, na década de 1970 (estreia em abril em São Paulo e parte para outras regiões);

Publicações: a edição 75 da revista Mônica terá formato especial, capa comemorativa metalizada e mais páginas, e vai republicar a primeira história da personagem (nas bancas no início de março); coleção em dois volumes Todas as capas da Mônica; edição especial com a personagem desenhada por 150 diferentes artistas – todos pela Panini; 

Animação: episódio especial dos 50 anos; celebração do Mês da Mônica em setembro e pequenos segmentos comemorativos ao longo do ano; Mônica Toy, vinhetas de 30 segundos que trazem a releitura atualizada dos personagens de Mauricio de Sousa, voltada para o público jovem adulto – tudo no Cartoon Network; exibição de conteúdo e vinhetas da Turma da Mônica ao longo de 2013, no Cinemark; exibição pública de uma animação inédita com tecnologia de mapping;

Eventos: festas em comunidades carentes; desfile no Rio de Janeiro com uma releitura do figurino da Turma da Mônica em parceria com a marca Apoena;

Promoções: ações em pontos de venda do tipo “comprou, ganhou” em pequenos e médios varejos; nas grandes redes, parceria com a Kimberly Clark; a rede de fast food Giraffas vai inserir a Turma da Mônica em sua GiraTurma, desenvolver brindes temáticos e material de ponto de venda; criação de um canal comemorativo exclusivo na loja virtual da Mônica com produtos relacionados a diferentes décadas;

Correios: criação de uma cartela de selos com os personagens, selos de Natal e aerogramas.

Coelho Sansão é tema de exposição em São Paulo

cartaz

Ele surgiu nos quadrinhos em 1963, logo na primeira história de sua dona, agarrado a ela. Desde então, nunca mais se separaram.

Como parte da comemoração dos 50 anos da mais famosa personagem de Mauricio de Sousa, a Mônica, o coelho Sansão acaba de ganhar uma exposição de cartuns em São Paulo.

Sansão também faz 50 anos fica em cartaz no Memorial da América Latina até dia 21 de abril. A entrada é gratuita.

Mais de 70 artistas atenderam a convocação do JAL e enviaram seus trabalhos (veja alguns na galeria abaixo). Esta é mais uma “flash expo” organizada pelo cartunista e presidente da ACB – Associação dos Cartunistas do Brasil, que já retratou Amy Winehouse, Hebe Camargo e Steve Jobs, entre outros.

SERVIÇO:

Exposição Sansão também faz 50 anos

De 26 de fevereiro a 21 de abril

Memorial da América Latina – Salão de Atos (Avenida.Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – SP – próximo ao metrô Barra Funda)

Informações: (11) 3823-4600

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017