cianeto

Numa época em que grupos organizados colocam de joelhos artistas e editoras mainstream, é um alento saber que tem gente nadando contra a maré, pelo menos no cenário independente.

Consta que as tirinhas online de Cyanide & Happiness surgiram quando o jovem Kris Wilson ficou de molho para se recuperar de uma amigdalite. Para passar o tempo, usou seu parco conhecimento de desenho para colocar bonecos palitos em situações politicamente incorretas.

As tiras foram publicadas na internet e chamaram a atenção dos sócios Rob, Matt e Dave, que hospedaram o material, passaram a contribuir na produção e transformaram o passatempo num negócio.

Hoje, Cyanide & Happiness tem 10 milhões de curtidas no Facebook, 133 mil seguidores no Twitter, quase 80 mil no Instagram, e 1 milhão de visitas diárias no site oficial.

Parte deste material chega agora em versão impressa aos leitores brasileiros pela editora Leya, em dois volumes: Cianeto & Felicidade e Sorvete e Depressão. Cada álbum reúne 100 tiras selecionadas pelos autores, algumas delas inéditas.

A boa notícia que vem acompanhada deste lançamento é que a Leya diminuiu, mas não abandonou, a publicação de quadrinhos depois que desfez a parceria com a editora Barba Negra.

No final do ano passado, a Leya lançou dois volumes da série O Cavaleiro dos Sete ReinosA Espada Juramentada e O Cavaleiro Andante –, adaptados da obra de George R.R. Martin e que funcionam como uma espécie de prelúdio de Guerra dos Tronos.

Apesar disso, a editora afirma que não tem outros lançamentos em quadrinhos previstos para este ano.

Cianeto & Felicidade (160 páginas) e Sorvete e Depressão (176 páginas) têm formato 21 x 14 cm e preço de R$ 39,90 cada.

Cianeto e Felicidade