Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: ProAC

Produzida com apoio do ProAC, “Aos Cuidados de Rafaela” tem lançamento no fim do mês

Aos cuidados de rafaela

O projeto, de autoria de Marcelo Saravá (1000 Palavras) e Marco Oliveira (Overdose Homeopática), foi aprovado pelo ProAC Quadrinhos 2012 e acaba de ser concluído.

O lançamento, em parceria com a editora Zarabatana Books, está agendado para o dia 27 de junho, a partir das 19h, na Blooks Livraria do Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 – Bela Vista – São Paulo).

De acordo com os autores, Aos Cuidados de Rafaela é um drama típico de Nelson Rodrigues: o quarentão Nicolas apaixona-se pela manipuladora cuidadora de sua mãe. Quando esta morre, Nicolas inventa uma doença grave para manter a jovem por perto, e passa a aceitar todo tipo de humilhação.

Por esta sinopse e pelo histórico dos autores, dá para esperar que vem coisa boa por aí.

ProAC 2012: Maioria dos autores pede prorrogação de prazo

proac

Os cinco projetos contemplados em 2012 pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), projeto do Governo de São Paulo que financia a produção de histórias em quadrinhos, foram anunciados em novembro daquele ano.

O edital forneceu um prazo para conclusão dos projetos maior que nos anos anteriores: 12 meses em vez de 8. À época, a Secretaria de Cultura de São Paulo disse que a extensão se deu para atender um pedido dos autores.

Houve outras diferenças naquele ano. O número de projetos foi menor (5 no lugar de 10) e a verba para cada um foi maior: R$ 40 mil – até o ano anterior, era de R$ 25 mil.

O prazo para entrega das HQs do ProAC 2012 terminou no final de fevereiro.

Papo de Quadrinho apurou junto à Secretaria que apenas uma foi concluída no prazo regulamentar: Remy, de Júlia Bax, lançada em novembro do ano passado no Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), em Belo Horizonte.

Os demais autores solicitaram a prorrogação de 90 dias prevista no edital. Estes são os novos prazos de entrega:

22 de maio: A Vida de Jonas, de Magno Costa; Aos Cuidados de Rafaela, de Marco Oliveira e Marcelo Saravá; e Ronda Noturna, de Olavo Costa.

26 de maio: Quaisqualigundum, de Roger Cruz.

ProAC Quadrinhos 2013 anuncia projetos selecionados

proac

Foi publicado no Diário Oficial do Estado neste sábado, dia 26, a lista com as 15 HQs que serão financiados pela Secretaria da Cultura de São Paulo.

Cada um deles receberá R$ 40 mil. A partir do depósito da primeira parcela de R$ 28 mil (75%), os autores têm 10 meses para concluir seus projetos, podendo solicitar prorrogação de 2 meses. O prazo é menor que o dado pelo edital do ano passado: 12 regulamentares mais 3 de prorrogação (entenda as mudanças aqui).

Veja a lista dos 15 projetos selecionados pelo ProAC 2013

O Colhedor de Raios, de Marcelo Shun Izumi

Cidadão N, de Daniel A Lopes

Pare!, de Elias Paulo Martins

La Dansarina, de Willians Martines Parra

Escrevendo com o lado direito do fígado, de Artur Fujita

Página Virada, de Luiz Carlos Fernandes

Acordes # 2, de Rogério Gonçalves Ferreira Vilela

Olimpo Tropical, de André Diniz

Thanatos, de Rodrigo Costa Estravini Pereira

Segundo Tempo, de Alex Mir

Goiabada e Queijo Branco, de Bruno Hamzagic de Carvalho

Jockey, de André Moreira Aguiar

Ópera Jones, de Mauro Henrique Costa de Souza

Kalunga – Histórias de Resistência, de Marcelo D’Salete:

Selena, de Jinnie Anne Pak

ProAC 2012

O prazo para conclusão dos cinco projetos selecionados no edital do ano passado será encerrado amanhã, dia 31 de outubro.

Segundo a Secretaria de Cultura, nenhum autor solicitou prorrogação – o que significa que nas próximas semanas o mercado vai receber pelo menos cinco obras inéditas de autores nacionais.

ProAC Quadrinhos 2013: Secretaria da Cultura explica mudanças

proacO edital do Programa de Ação Cultural para produção de histórias de quadrinhos publicado no início desta semana trouxe algumas alterações em relação ao ano passado.

A pedido do Papo de Quadrinho, a Secretaria de Estado da Cultura esclareceu os principais pontos:

Sobre o aumento do investimento total, de R$ 200 mil (5 projetos com R$ 40 mil cada) para R$ 600 mil (15 projetos com R$ 40 mil cada)

Em 2013, o ProAC Editais recebeu um suplemento total de R$ 5 milhões em relação ao ano passado. Esse valor foi utilizado para a criação de novos editais, além da adequação de outros, de acordo com as demandas de artistas e da sociedade.

No caso dos editais voltados à criação e publicação de quadrinhos, notou-se uma grande procura dos artistas do segmento, por isso, a quantidade de projetos selecionados aumentou. Dessa forma, a Secretaria de Estado da Cultura pretende ampliar o incentivo à produção independente nesta área. 

Redução do prazo e execução de 15 meses (12 regulamentares mais 3 de prorrogação) para 12 meses (10 mais 2) 

Neste ano, o prazo de execução de projetos de todos os editais foi padronizado. O período de 10 meses, prorrogável por mais 60 dias, foi considerado adequado para a concretização de todas as propostas apresentadas no período de inscrições. Vale informar que eventuais prorrogações podem ser discutidas diretamente com a coordenação do ProAC.

Inclusão na contrapartida de ações que contemplem camadas da população menos assistidas e as medidas de acessibilidade 

As contrapartidas sociais foram incluídas em todos os editais. A iniciativa faz parte do plano da Secretaria de Estado da Cultura de ampliar o acesso da população a bens culturais de qualidade – seja para pessoas que não têm condições de pagar por ingressos, comprar livros ou, até, pessoas com deficiência.

Neste último caso, serão aceitas propostas de adaptação do conteúdo como, por exemplo, legendagem, braile e audiodescrição, para que pessoas com todo tipo de deficiência tenham acesso ao bem produzido. 

ProAC Quadrinhos triplica investimento em 2013. Inscrições estão abertas

proac

A Secretaria de Cultura de São Paulo publicou hoje em seu site o edital do Programa de Ação Cultural para apoio a projetos de criação e publicação de história em quadrinhos.

As inscrições ficarão abertas de 22 de julho a 13 de setembro. O anúncio dos selecionados será feito em outubro.

A grande novidade deste ano é que o número de projetos financiados e o investimento total no ProAC Quadrinhos triplicaram. Em 2012, foram contemplados 5 projetos com R$ 40 mil cada (R$ 200 mil); agora, 15 projetos receberão R$ 40 mil, totalizando R$ 600 mil.

Outra mudança diz respeito à redução do prazo de execução dos projetos. No edital do ano passado era de 15 meses (12 regulamentares mais 3 de prorrogação) a partir do depósito da primeira parcela (70% do financiamento); neste, é de 12 meses (10 mais 2 de prorrogação).

No ProAC 2011, apenas dois projetos foram entregues dentro do prazo inicial e a outros a Secretaria de Cultura concedeu prazo além da prorrogação prevista no edital.

O capítulo das contrapartidas também traz novidades neste ano. Até 2012, os autores dos projetos selecionados eram obrigados a ceder 200 exemplares para a Secretaria distribuí-los em bibliotecas e outros entes da Administração Pública.

Agora, além desta contrapartida, os autores deverão oferecer “um conjunto de ações visando a garantir o mais amplo acesso da população em geral ao produto cultural gerado” que contemple:

1) “o acesso a camadas da população menos assistidas ou excluídas do exercício de seus direitos culturais por sua condição socioeconômica, etnia, deficiência, gênero, faixa etária, domicílio, ocupação”, e

2) “medidas de acessibilidade que objetivem priorizar ou facilitar o livre acesso de idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, de modo a possibilitar-lhes o pleno exercício de seus direitos culturais”.

O próprio autor irá justificar como se dará esta contrapartida, e sua adequação será levada em conta como critério de julgamento.

O edital ProAC 19/2013 pode ser baixado neste link.

Lançamento: Sabor Brasilis, projeto aprovado no ProAC 2011

CapaSaborBrasilis

A HQ de Hector Lima e Pablo Casado (roteiro), Felipe Cunha e George Schall (arte) faz uma curiosa brincadeira com os bastidores da produção de uma telenovela.

A trama de Sabor Brasilis, “atual novela das 8 da maior emissora de TV brasileira”, gira em torno de Olívia Ribeiro, que engravidou do chefe Luís Paulo, que só chegou ao cargo por causa do casamento com a milionária Mônica Albuquerque, herdeira do Dr. Josafá…

Mas a “verdadeira” história se passa nos bastidores, onde o autor Antonio Callado não sabe como desatar o nó narrativo de sua criação, surpreendendo a equipe de roteiristas Helena, Lauro, Matheus e Zulu.

Sabor Brasilis, a HQ, é um dos dez projetos aprovados pelo ProAC 2011, o programa de fomento de produção de quadrinhos promovido pela Secretaria de Cultura de São Paulo.

Disponível para venda em algumas livrarias e lojas especializadas, a obra ganha tarde de autógrafo com os autores neste sábado (23), na Gibiteria (Praça Benedito Calixto, 158 – 1º andar – São Paulo), a partir das 17h.

Editada pela Zarabatana Books, Sabor Brasilis tem 128 páginas e preço de R$ 45.

Lançamento: Dom Casmurro, projeto aprovado pelo ProAC 2011

O quadrinhista Mário Cau anunciou nesta semana que sua adaptação para uma das maiores obras da literatura brasileira está pronta.

Dom Casmurro é o penúltimo projeto financiado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC) no edital de 2011 concluído. Resta apenas Zú Kinkajú, de Céu D’Ellia, previsto para julho.

Com roteiro de Felipe Greco e arte de Mário Cau, Dom Casmurro tem 232 páginas e traz prefácio do jornalista Paulo Ramos, do Blog dos Quadrinhos, e texto de Nailor Marques Júnior, professor de Literatura e estudioso da obra de Machado de Assis.

A trama é narrada pelo personagem Bentinho, e centrada em seu amor pela amiga de infância Capitu (a dos “olhos de ressaca”) e a desconfiança da traição da amada com seu melhor amigo, Escobar.

O lançamento pela Devir terá duas versões, em capa dura (R$ 65) e cartonada (R$ 56), e já está à venda no site da editora.

Com Dom Casmurro, são nove os projetos do Proac 2011 lançados: Fade Out: Suicídio Sem Dor (Roberto Skubs Sobrinho), Se a Vida Fosse como a Internet (Pablo Carranza), A Jornada de Guga e Léo (Marcelo Shun Izumi), Seu Turno (Éder Gil de Souza), A Desistência do Azul (Leandro Melite Moraes), Sabor Brasilis (George Victor Schall), Km Blues (Daniel Esteves) e Alma: A História da Praça Esportiva Mais Antiga do País (Fernandes).

Lançamento: KM Blues, projeto aprovado no ProAC 2011

O novo álbum em quadrinhos do roteirista Daniel Esteves (Nanquim Descartável, Três Tiros e Dois Otários), com arte de Wanderson de Souza (Sonhos de Uma Noite de Verão) e cores de Wagner de Souza, terá lançamento nesta semana em São Paulo.

O projeto é um dos dez aprovados no Programa de Ação Cultural (ProAC) do ano passado e recebeu R$ 25 mil da Secretaria de Cultura do Estado de SP para sua produção.

A trama acompanha a viagem do personagem Flávio por São Paulo acompanhado pelo músico Cartola. No caminho, encontra pessoas, revê amigos e busca respostas para seus questionamentos. Tudo embalado por muita música (veja preview na galeria abaixo; clique para ampliar as imagens).

KM Blues tem 104 páginas, capa e miolo coloridos, formato 16 x 25 cm e preço de R$ 25.

O lançamento acontece nesta sexta-feira (14), a partir das 18h30, na Livraria HQMIX (Rua Tinhorão, 124 – São Paulo).

Sai a lista de selecionados do ProAC 2012

Neste ano, o edital de financiamento da produção de quadrinhos por parte da Secretaria da Cultura de São Paulo sofreu alterações.

A primeira delas foi a redução de 10 para 5 projetos selecionados, que receberão R$ 40 mil cada (até o ano passado, a verba era de R$ 25 mil por projeto).

Outra mudança diz respeito ao prazo de conclusão: de oito para 12 meses a partir do pagamento da primeira parcela. Segundo Papo de Quadrinho apurou, a Secretaria atendeu a um pedido dos autores.

A lista dos projetos selecionados no edital deste ano foi publicada hoje (13) no Diário Oficial do Estado:

Remy, de Júlia Nascimento Bacellar (Júlia Bax);

Quaisqualigundum, de Rogério da Cruz Kuroda (Roger Cruz);

A Vida de Jonas, de Magno Costa;

Aos Cuidados de Rafaela, de Marcos Leandro de Oliveira e Marcelo Saravá (imagem acima);

Ronda Noturna, de Olavo Costa.

Os projetos ainda estão sujeitos à análise da documentação, a ser realizada em audiência pública ainda não marcada. Em caso de desclassificação, assumem os suplentes, nesta ordem:

O edifício do Sr. Svensen, de Benson César Di Chin;

Luz Del Fuego, a rainha solar, de Laudo Ferreira Jr.;

Desbravadores do Xingu, de Celso Oliveira Menezes;

A cena muda, de Luciana Artacho Penna;

Em busca de Leônidas, de Wanderson de Souza Caetano.

Lançamento: Seu Turno, projeto aprovado no ProAC 2011

 

A HQ de Éder Gil é a terceira concluída, das dez selecionadas no edital do ano passado.

Seu Turno: A Aventura Começa segue o estilo mangá e o sistema de “livro jogo”, em que o leitor assume o papel de protagonista e tomas decisões que direcionam a história. O leitor-herói, no caso, é Tercy Cross, contratado para investigar uma onda de sequestros de garotas (leia o preview aqui).

O lançamento é da editora Jambô. A HQ tem 96 páginas, capa colorida e miolo em preto e branco, e preço de R$ 19.90.

Já está à venda no site da Jambô e, em breve, nas livrarias.

Assista ao book trailer de Seu Turno: A Aventura Começa:

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017