Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Open Bar

2017: O que vem por aí pela Stout Club

capa-dodo

Dando continuidade à parceria com a Panini, revelada na CCXP de 2015, a jovem editora Stout Club anuncia dois relançamentos e uma HQ inédita para este ano (por enquanto).

O primeiro relançamento é a versão colorizada (e de capa nova) de Dodô, publicada pela primeira vez em 2015 de forma independente – e em preto e branco – pelo talentoso Felipe Nunes (e que entrou na nossa lista de melhores HQs nacionais daquele ano).

A trama usa a amizade entre a solitária Laila e o misterioso pássaro Dodô para abordar temas delicados como o abandono, o inconformismo e o distanciamento familiar. O lançamento acontece em abril, durante a CCXP Tour Nordeste, em Recife.

Outro relançamento é a edição completa de Open Bar, de Eduardo Medeiros. A HQ tem dois volumes já publicados e acompanha as desventuras dos amigos Barba e Leo para dar conta de fazer funcionar o bar que Barba herdou do pai.

Por fim, chega às lojas a inédita, terceira e última parte de Xampu, série em que Roger Cruz traça o retrato do cenário musical dos anos 80 e 90.

2016: O que vem por aí pela Stout Club

stout2016

A jovem editora Stout Club – nascida da iniciativa do quadrinhista Rafael Albuquerque, o designer Rafael Scavone e a fotógrafa Deb Dorneles em julho do ano passado – mostra que não está para brincadeira.

Os lançamentos para 2016 incluem nomes como Renato Guedes, o cineasta Jorge Furtado, Eduardo Risso e o jovem talento Felipe Nunes, entre outros. Na CCXP 2015, o editor Rafael Albuquerque anunciou uma parceria da Stout Club com a Panini, mas não revelou mais detalhes.

Por ora, confiram os lançamentos já confirmados:

Dama Negra, de Jorge Furtado e Rafael Albuquerque: Uma exótica mulher cruza a vida do jovem e talentoso William Shakespeare e do sanguinário e implacável pirata Francis Drake. Ela esconde segredos que podem definir o destino de nações inteiras, em um mundo movido por impérios e riquezas.

Imersão, de Renato Guedes e Thedy Corrêa: Que mistérios escondem as pessoas que vivem ao redor de um lago? Imersão traz contos e histórias de suspense, fantasia e terror inspiradas nas impressionantes pinturas de Renato Guedes. Criaturas intrigantes, pessoas e cenários que sugerem algo muito além do óleo sobre a tela. Um livro de arte onde pinturas exuberantes são o ponto de partida para histórias de realismo fantástico.

Open Bar 2, de Eduardo Medeiros: O clima muda nessa sequência e nada mais será como antes. O desfecho da história de dois amigos inseparáveis frente ao grande desafio de fazer um bar falido dar certo. Uma história em quadrinhos cheia de emoções e surpresas.

Cain, de Ricardo Barreiro e Eduardo Risso: Mesmo em um futuro próximo e hi-tech, poderosas emoções ainda reinam. Descartado em um lixão quando criança, criado entre ciganos e com sua personalidade explosiva moldada em um reformatório, Cain é um jovem furioso. Quando descobre que foi descartado por sua própria mãe, uma vingança tem início.

O Segredo da Floresta, de Thedy Corrêa e Felipe Nunes: Nessa história em quadrinhos infantojuvenil Nina e Lucca embarcam numa grande aventura quando precisam encontrar Dita, cachorrinha que fugiu do acampamento perseguindo um vulto misterioso.

Lançamentos da Stout Club no FIQ 2015

stout

Resultado de um projeto experimental idealizado pelo quadrinhista Rafael Albuquerque, o designer Rafael Scavone e a fotógrafa Deb Dorneles em julho do ano passado, a jovem editora Stout Club reservou dois lançamentos para o Festival Internacional de Quadrinhos, que começou hoje e vai até domingo, em Belo Horizonte.

Um deles é Open Bar, de Eduardo Medeiros (104 páginas, R$ 35), que acompanha o desafio de Barba e Leo, dois amigos inseparáveis, para fazer dar certo o bar herdado do pai de Barba. A história começou a ser publicada em 2014 no site da Stout Club e ganhou mais páginas e um desfecho antes de virar livro. O prefácio é assinado por Gabriel Bá (Daytripper).

O outro lançamento é Far South (72 páginas, R$ 38), de Rodolfo Santullo (roteiro) e Leandro Fernandez (arte). Toda ambientada num cenário que remonta aos tradicionais filmes de velho oeste, a trama fala de uma terra que poderia ser a Argentina, o Uruguai ou até mesmo o Brasil, onde personagens ganham vida até encontrarem a pessoa errada ou cruzarem o caminho dos poderosos locais. O prefácio é de Eduardo Risso (100 Balas).

Se você não vai ao FIQ, as HQs podem ser adquiridas no site da Stout Club.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019