Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Martins Fontes

2014: O que vem por aí pela WMF Martins Fontes

How To Draw Comics The Marvel Way

A editora costuma dar poucos tiros, porém certeiros: já trouxe para o Brasil aclamadas obras como Pagando por Sexo, Logicomix e farto material do cartunista argentino Quino.

Para 2014, a WMF Martins Fontes tem previstos bons lançamentos relacionados a quadrinhos. O primeiro promete agradar em cheio não só os aspirantes a desenhista, mas também os fãs da Marvel em geral.

How to Draw Comics in the Marvel Way, de John Buscema e Stan Lee, foi publicado originalmente em 1978, ganhou várias reimpressões e nunca havia sido lançado por aqui. Como o próprio nome diz, o livro é um manual de desenho que tem como base os personagens da editora. Buscema encarrega-se de transmitir a técnica, enquanto Lee, em seu estilo inconfundível, dá conselhos sobre narrativa.

Como Desenhar Quadrinhos no Estilo Marvel – o título em português – ainda não tem data de lançamento e preço definidos.

Outra novidade é Quadrinhos: História Moderna de uma Arte Global, de Dan Mazur e Alexander Danner. Com mais de 300 ilustrações, o livro traça a evolução da nona arte por mais de quatro décadas e em cinco continentes, até o surgimento dos quadrinhos digitais, que podem – ou não – se transformar no futuro desta mídia.

Por fim, a editora lança Os Ignorantes, do francês Étienne Davodeau. O livro é uma espécie de documentário em quadrinhos sobre o ano inteiro que o artista passou trabalhando junto com o fabricante de vinhos Richard Leroy. A graça está no fato de que nenhum deles tinha a menor noção do trabalho do outro, e a narrativa vai descrevendo aos poucos tanto o processo de produção da bebida quanto de uma HQ. A previsão de lançamento é junho.

2013: O que vem por aí pela WMF Martins Fontes

A editora costuma concentrar esforços em um ou outro quadrinho por ano. Por isso, escolhe muito bem os lançamentos. Em 2012, trouxe para o Brasil uma das melhores HQs do ano, Pagando por Sexo.

Para 2013, até o momento, a novidade confirmada é El Arte: Conversaciones imaginarias com mi madre (título original), do catalão Juanjo Sáez. A HQ é uma mistura de ensaio, autobiografia e conto em que o autor reconstrói alguns dos principais capítulos da História da Arte.

Apesar do tema aparentemente árduo, a obra não tem caráter acadêmico. As informações são transmitidas por meio de um diálogo imaginário de Sáez com sua mãe – daí o nome do livro.

HQs na Bienal do Livro de SP: Mais lançamentos

Nesta postagem, reunimos alguns lançamentos dispersos por várias editoras. O destaque fica para Habibi, da Quadrinhos na Cia., e Pagando por Sexo, da WMF Martins Fontes. Confira:

Habibi – Quadrinhos na Cia. (672 páginas, R$ 57)

De Craig Thompson, mesmo autor de Retalhos, é um dos lançamentos mais aguardados do ano. Thompson se baseou no clássico As Mil e Uma Noites para contar a saga de Dodola e Zam, duas crianças fugitivas que crescem juntas no deserto e, para passar o tempo, contam histórias. Por elas, passam questões que vão da origem do islamismo e suas tradições à crítica social, ecologia e os conflitos entre religião e amor.

Pagando por Sexo – WMF Martins Fontes (296 páginas, R$ 47)

Premiada obra autobiográfica do quadrinhista canadense Chester Brown, ocupou o primeiro lugar da lista de mais vendidos do New York Times. Desiludido com o que ele chama de “amor romântico” e sem traquejo social para conquistas casuais, Brown decide se tornar frequentador assíduo de prostitutas. Mais que isso: o autor se convence que este tipo de relacionamento é mais legítimo que o amor entre duas pessoas, e defende seu ponto de vista com uma lógica férrea em debates com amigos e conversas com suas companheiras (breve, resenha aqui no Papo de Quadrinho).

Pinóquio – Globo Livros Graphics (192 páginas, R$ 75)

Versão sombria do clássico infantil criada pelo francês Winshluss (pseudônimo de Vincent Paronnaud), codiretor do longa animado Persépolis. Em vez do ingênuo boneco de madeira, o protagonista é um super robô criado por Gepeto para fins militares. Sombrio, circula por lugares sórdidos e conhece o pior da humanidade. No lugar do Grilo Falante entra Jimmy Barata, único personagem com falas no livro.

Os Melhores Inimigos – Editora Ática (128 páginas, preço não divulgado)

Primeiro volume da trilogia em quadrinhos que analisa as origens da tensa relação entre os Estados Unidos e países do Oriente Médio. Este volume parte da pirataria otomana no Mediterrâneo, passa pelas Guerras Mundiais, pela Guerra Fria e pelas divisão Oriente Médio. Roteiro do especialista em islã, Jean-Pierro Filiu, e arte de David B.

Os Meninos de Marte – Melhoramentos (48 páginas, R$ 35)

Novo livro de Ziraldo, marca a comemoração de seu aniversário de 80 anos, comemorado em outubro próximo. Com seu estilo de narrar histórias singelas, o autor concentra no protagonista Martim, um marciano, a importância de se avaliar as pessoas pelo que elas são, e não pela aparência. Ziraldo participa de sessões de autógrafos nos dias 11, 12 e 18, às 15h30, e 19, às 11h, no estande da Melhoramentos.

SERVIÇO:

A Bienal do Livro de São Paulo acontece de 9 a 19 deste mês no pavilhão do Anhembi. O ingresso custa R$ 12 — professores, bibliotecários, profissionais do livro, maiores de 60 anos e crianças com até 12 anos não pagam.

Para chegar, prefira o metrô. Há traslado gratuito para o pavilhão nas estações Barra Funda e Tietê. O estacionamento costuma ser caro e lotado.

Mais informações aqui.

2012: O que vem por aí pela WMF Martins Fontes

A “editora da Mafalda” no Brasil tem um catálogo extenso e variado de quadrinhos (Uma criança na Palestina, Amores Loucos, Logicomix).

Para o segundo semestre, a Martins Fontes programou Paying for it – a comic-strip memoir about being a john, o manifesto em quadrinhos a favor da prostituição, de Chester Brown.

O livro figurou em primeiro lugar na lista de graphic novels do New York Times em 2011 e traz um relato autobiográfico de Brown que, desiludido com o amor romântico, decide apoiar-se emocionalmente na família e nos amigos, e pagar para fazer sexo (o “john” do título é uma gíria para clientes de prostitutas).

O livro tem prefácio de Robert Crumb e elogios de Neil Gaiman na quarta capa.

Um outro projeto da editora para a segunda metade de 2012 inclui o quadrinhista Eloar Guazzelli – mas sobre este será necessário aguardar mais detalhes.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019