Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Mangá

Papo de Quadrinho escolhe as melhores HQs de 2016

Papo de Quadrinho segue a tradição de elencar as melhores HQs do ano. Nunca é demais repetir: essa lista é tão subjetiva quanto qualquer outra. Ela apresenta as preferidas entre as HQs lidas pelos editores Jota Silvestre e Társis Salvatore.

Importante dizer que por maior que tenha sido nosso esforço, é possível que nossa leitura mal chegou a 10% de tudo que foi publicado. Vale lembrar que foi um ano de muitos lançamentos e pouco dinheiro.

Os critérios continuam os mesmos das listas anteriores: material inédito lançado no Brasil no ano que terminou – ou seja, importados e relançamentos ficaram de fora. As HQs desta lista são aquelas que, de algum modo, trouxeram algo de inusitado, surpreenderam e, por que não dizer, emocionaram os editores.

Dito nisso, esperamos que os leitores vejam esta seleção como um conjunto de obras que valem muito serem lidas.

Vamos a elas…

pau-e-pedra10. Pau e Pedra, de Paul Kuper (edição única, Quadrinhos na Cia)

Kuper usou toda sua experiência em HQs mudas (sem balões, recordatórios e onomatopeias) para fazer uma metáfora dos tempos atuais. Em pouco mais de 100 páginas, o autor versa sobre a perda da inocência, ganância, tirania, guerra e meio ambiente. Uma aula máster para leitores e, principalmente, criadores de quadrinhos.

monica-forca9. Mônica – Força, de Bianca Pinheiro (série, Panini/MSP)

O selo Graphic MSP continha marcando presença entre os melhores do ano. Desta vez, a talentosa Bianca Pinheiro enveredou por um lado pouco explorado da “dona da rua”. De forma nunca antes vista, Mônica tem que encarar problemas de gente grande, daqueles que não dá pra resolver na base da coelhada. Sensível e emocionante.

ore-monotagari8. Ore Monogatari!! (Minha História), de Aruko e Kazune Kawahara (série bimestral, Panini)

Ore Monogatari está para o shojo (mangás românticos “para meninas”) assim como One Punch Man (veja abaixo) está para o shonen (mangás de aventura “para meninos”). É uma paródia que não deve ser levada a sério exceto como uma ironia às fórmulas sacramentadas desse gênero. A trama foca em Takeo Gouda, um cara gente fina, mas meio bronco e completamente ingênuo, enquanto seu melhor amigo, Makoto Sunakawa – este sim, o galã idealizado de shojo – é pouco mais que um coadjuvante. Divertidíssimo!

one-punch-man7. One Punch Man, de One e Yusuke Murata (série bimestral, Panini)

One Punch Man nasceu como uma webcomic escrita e garranchada pelo jovem One, até que Murata reconheceu seu potencial e assumiu a arte para a versão impressa. Hoje, é um dos mangás mais vendidos do mundo e ganhou um anime de enorme sucesso. Saitama treinou seu corpo até perder os cabelos (literalmente!) e o que deveria ser uma virtude se transformou num problema: como ele derrota todos inimigos com apenas um soco, vive em busca de um adversário à altura. Uma divertida paródia dos mangás e animes de super-heróis com poderes estranhos, vilões bizarros e destruição em massa.

nimona6. Nimona, de Noelle Stevenson (edição única, Intrínseca)

Num reino meio medieval, meio high-tech, os papéis de vilão e herói são definidos pelos governantes. A transmorfa Nimona chega para auxiliar o “maléfico” Lorde Ballister Coração Negro a derrotar seu ex-amigo e arqui-inimigo, o “virtuoso” Sir Ambrosius Ouropelvis. Mais que isso, Nimona subverte a ordem estabelecida, evidencia quem é o verdadeiro inimigo e faz aflorar o melhor que cada personagem traz dentro de si.

sopa-de-salsicha5. Sopa de Salsicha, de Eduardo Medeiros (edição única, Quadrinhos na Cia)

Medeiros apresenta retratos bem-humorados do seu cotidiano, entremeados com momentos de sua vida e carreira. Impressiona a capacidade que o autor tem de rir de si mesmo. No fundo, é um álbum sobre amor, capacidade criativa e transformação. A cereja do bolo são as “participações especiais” de artistas como Marcelo Campos, Rafael Albuquerque, Gustavo Duarte e os gêmeos Moon e Bá.

stan-lee4. Incrível, Fantástico, Inacreditável, de Stan Lee, Peter David e Colleen Doran (edição única, Novo Século)

Esta biografia em quadrinhos de Stan Lee, que acaba de completar 94 anos, reflete a personalidade bem-humorada do biografado e brinca o tempo todo com seu ego superinflado. A vida de Lee é revista desde a infância até as recentes aparições no cinema. Polêmicas não foram esquecidas, como as conhecidas desavenças com os artistas Jack Kirby e Steve Ditko. A arte faz uso de ótimas soluções narrativas, como a reprodução das capas e quadros de revistas antológicas da Marvel.

lei-de-murphy3. A Lei de Murphy, de Flavio Soares (edição única, Jupati Books)

Com roteiro que daria fácil uma série de TV, embalado pela arte competente e uma narrativa que prende o leitor até o último quadro, Flavio Soares criou uma nova perspectiva para o gênero de super-heróis. O advogado Douglas Murphy defende meta-humanos que se metem em problemas com os poderes recém-adquiridos. Mas ele não é nenhum Matt Murdock; ao contrário, Murphy vê nisso uma oportunidade para ficar rico e famoso, até que um caso estranho faz com que o advogado revele segredos inesperados até o ato final.

capitao-gralha2. As Aventuras Perdidas do Capitão Gralha, vários autores (edição única, Quadrinhópole)

No melhor estilo de O Escapista, de Michael Chabon, um grupo de quadrinhistas curitibanos criou o herói fictício Capitão Gralha, que teria tido suas histórias publicadas na Era de Ouro. A ideia inicial era criar um background para um novo personagem, O Gralha, que viria a ser publicado em tiras de jornal. Só que a biografia do criador imaginário, Francisco Iwerten, foi tão bem elaborada que ele chegou a ser indicado a uma premiação de quadrinhos e, consta, estava prestes a virar enredo de escola de samba antes que os autores revelassem a verdade. O álbum reúne as aventuras “recuperadas” nos anos 40 e captam com precisão o espírito daquela Era.

coisas-de-adornar-paredes1. Coisas de Adornar Paredes, de José Aguiar (edição única, Quadrinhofilia)

De tão simples, a ideia chega a ser genial. Nesse álbum, José Aguiar (um dos autores envolvidos com o Capitão Gralha, acima) explora a relação das pessoas com azulejos, quadros, santos e tudo aquilo que se usa para decorar as paredes. Não bastasse a edição caprichada, a arte aquarelada em tons de cinza e a visão poética de Aguiar sobre um tema tão prosaico, a HQ explora de forma magistral a metalinguagem. O personagem Chico é o autor dos contos apresentados, que se desenvolvem à medida que ele se relaciona com os colegas de trabalho.

Para encerrar, fica a dica de outros títulos que adoramos e não podem deixar de ser lidos:

São Paulo dos Mortos – vol. 3, de Daniel Esteves (série, independente);

Pieces – Partes do Todo, de Mario Cau (série, Jupati Books);

Finório, de Marco Oliveira (edição única, Zarabatana Books);

Cadernos de Viagem, de Laudo Ferreira Jr. (edição única, Devir);

Bidu – Juntos, de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho (série, Panini/MSP);

Ajin, de Tsuina Miura e Gamon Sakurai (série bimestral, Panini);

Repeteco, de Bryan Lee O’Malley (edição única, Quadrinhos na Cia).

CCXP 2016: Lançamentos da JBC

 

ccxpjbc

Presente ao evento desde a primeira edição, em 2014, a JBC anunciou três lançamentos para a CCXP 2016.

The Ghost in The Shell: escrito e desenhado por Masamune Shirow, é um dos mangás mais famosos e cultuados do mundo. Já teve animação e, no ano que vem, vai virar filme estrelado por Scarlett Johansson.

A edição única especial da JBC terá formato 17 x 24 cm (maior que os mangás regulares publicados no Brasil), papel especial, sobrecapa e 352 páginas (R$ 64,90).

Saint Seiya – Cavaleiros do Zodíaco – Kanzenban: Série completa em 22 edições de luxo, com média de 240 páginas, formato 14 x 21 cm, papel especial, páginas coloridas e capa dura (R$ 64,90 cada edição).

Blame!: obra que projetou Tsutomu Nihei ao estrelato. Completa em 10 volumes (216 páginas cada), a série vem em papel especial e sobrecapa (R$ 23,90 cada edição). O autor estará no estande da JBC para autografar Blame! e também Knights of Sidonia, que a editora vem publicando no Brasil.

A CCXP 2016 acontece de 1 a 4 de dezembro no SP Expo (Antigo Centro de Exposições Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5).

Veja aqui informações sobre ingressos.

“Nijigahara Holograph” chega em novembro pela JBC

nijigahara-holograph

Entre os títulos que a JBC coloca nas bancas em novembro, chama atenção Nijigahara Holograph, de Inio Asano.

Publicada inicialmente em episódios na revista japonesa QuickJapan entre 2003 e 2005, só agora a história chega ao Brasil, em volume único.

A trama trata de eventos ocorridos onze anos antes, quando uma menina caiu num poço durante uma perigosa brincadeira com os colegas de classe.

O passado e presente dos envolvidos, todos alunos de uma escola, se entrelaçam intensamente e podem ter relação com o boato de um monstro que vive nos túneis sob a cidade.

Nijigahara Holograph tem 296 páginas e preço de R$ 24,90. A classificação etária é 18 anos e a previsão de chegada às bancas, dia 10 de novembro.

JBC anuncia lançamento de “Blame!” na CCXP

 

blame

Do Press-Release

Depois do sucesso de Knights of Sidonia, a JBC irá lançar Blame! (216 páginas, R$ 23,90), obra que transformou Tsutomu Nihei em um dos maiores mangakás da atualidade, na Comic Con Experience 2016 (1 a 4 de dezembro, em São Paulo).

Assim como nas aventuras de Nagate Tanikaze em sua batalha contra os Gaunas em Knights of Sidonia, o gênero escolhido por Tsutomu Nihei para Blame! também foi a ficção científica.

Usando como referência clássicos do cinema como Matrix e Alien – O Oitavo Passageiro, Nihei-sensei criou um ambiente claustrofóbico para contar a história de Killy, um aventureiro solitário que tem uma missão fundamental para o futuro da raça humana.

Com uma narrativa ágil e muita aventura, a trama se passa dentro de uma superestrutura vertical repleta de andares, escadarias, paredes de aço e até cavernas. É nela que Killy passa seus dias enfrentando criaturas sanguinárias e ciborgues assassinos para encontrar uma maneira de acessar a central de computadores local e tentar localizar a informação necessária para a sobrevivência da humanidade.

Publicado originalmente a partir de 1998 pela Editora Kodansha, Blame! foi encerrado com 10 volumes. No Brasil, a obra receberá tratamento especial pela JBC, com sobrecapa igual à original japonesa e páginas internas em papel Luxcream.

Nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, Tsutomu Nihei estará na Comic Con Experience para promover o lançamento de Blame!, dar autógrafos e conversar com os fãs.

“Macbeth” chega em versão mangá pela Galera Record

macbethmanga

Do press-release

Um dos maiores clássicos sobre ambição e busca desmedida pelo poder, Macbeth (216 páginas R$ 39,90), de William Shakespeare, chega às livrarias neste mês em formato de mangá.

O livro é parte da série Mangá Shakespeare, lançada pela Galera (selo jovem do Grupo Editorial Record) desde 2011, e que reimagina as tramas escritas pelo bardo inglês em estilo dos quadrinhos japoneses.

Na obra adaptada por Richard Appignanesi, Macbeth é um guerreiro samurai vivendo num futuro pós-mutação nuclear. Depois que três bruxas profetizam que ele será rei, o protagonista se lança numa trajetória assassina com desfecho trágico.

O livro utiliza o texto original de Shakespeare, combinado com as ilustrações de Robert Deas. A tradução é do poeta Alexei Bueno.

Outras obras de Shakespeare que a Galera já publicou em versão mangá são Ricardo III, A tempestade, Hamlet, Romeu e Julieta e Sonho de uma noite de verão.

2016: O que vem por aí pela NewPop

newpop2016

Aqui tem também preview de mangá. E a NewPop anuncia um grande número de lançamentos para todos os gostos: franquias dos animes e videogames, clássicos de Osamu Tezuka, yaoi, hentai e guias para desenhar mangás.

Respire fundo e prepare o bolso porque a lista é grande:

Log Horizon: A editora traz para o Brasil as duas versões: novel (de Mamare Touno) e mangá (Kazuhiro Hara), ambas em publicação no Japão. Na trama, Elder Tale, o maior MMORPG da atualidade, acaba de lançar sua décima segunda expansão, mas algo curioso acontece e trinta mil jogadores são teleportados para o mundo virtual. Agora, Shiroe e seus amigos Naotsugu e Akatsuki irão se juntar para tentar voltar à realidade e superar os muitos desafios.

Corpse Party – Another Child, de Makoto Kedouin e Shunsuke Ogata: Baseado no game Corpse Party. Com o fechamento de seu colégio, os alunos de uma cidadezinha se veem forçados a se separar. Decididos a se reencontrarem, eles fazem um feitiço, mas algo sai errado, o chão se abre sob seus pés e eles são engolidos pela escuridão. História em 3 volumes.

Calling, de Miu Ootsuki: ayoi (romance entre homens) focado em Kazuaki, jovem que tem uma vida muito sem graça e séria. Um dia, no caminho de volta do trabalho, ele começa a ouvir sons embaraçosos e chama atenção. No dia seguinte, descobre que se tratava de uma filmagem de um filme pornô, e o ator Aratani Kira parece ter se interessado por ele. Volume único.

Morte, de Keika Hanada, com ilustrações de Yone Kazuki: novel com três volumes até o momento. Uma em cada 10 mil pessoas sofre dessa doença chamada “Morte” em sua adolescência, que a compele a cometer suicídio. O garoto Sasha é enviado para um orfanato gerenciado na Europa, mas que está intimamente conectado com “morte”. Ele vive seus dias em solidão, odiando todos os adultos, até quando uma linda garota aparece perante ele, Manon. Conforme sua relação se fortalece, Sasha começa a duvidar se Dudu, o sombrio conselheiro de Manon, não a estaria machucando. E, ao decidir ajudá-la, começa a descobrir a verdade por trás do orfanato e seus residentes.

Girls & Panzer, de Ryouichi Saitaniya: Baseado no famoso anime, no mundo de Girls & Panzer a arte militar de usar tanques é algo que toda mulher prendada deve saber. Mas Nishizumi Miho não tem interesse, e acaba sendo forçada pela presidente do conselho estudantil a participar do time escolar. Agora ela terá que aprender essa estranha arte junto com suas colegas muito excêntricas. Em 4 volumes.

Puella Magi Madoka Magica: The Rebellion Story, de Hanokage: Versão mangá em 3 volumes do terceiro filme das garotas mágicas The Rebellion Story (Hangyaku no Monogatari). Após o sacrifício de Madoka, o círculo vicioso das garotas mágicas foi quebrado finalmente. Ainda assim, elas continuam sua luta contra as magias malignas que ameaçam o mundo.

Puella Magi Suzune Magica, de Gan: No seu dia a dia, Suzune parece uma garota como qualquer outra, mas ela tem um grande segredo: é uma mágica assassina. Um grupo de garotas mágicas notam os assassinatos em série e começam a investigar, mas com isso chamam atenção de Suzune. Em 3 volumes.

Puella Magi Madoka Magica: Homura Revenge, de Masugitsune e Kawazukuu: Mais uma vez, Homura falha em impedir os acontecimentos fatídicos que custam a vida de Madoka. Mas ao voltar ao passado, ela segura Madoka, que retorna com suas lembranças também intactas. Agora elas farão de tudo para salvar todas as garotas mágicas e impedir que mais sejam criadas. Em 2 volumes.

Helter Skelter, de Kyoko Okazaki: História de volume único sobre a efemeridade da beleza e o culto às celebridades, que chegou a ser adaptada em live-action para o cinema. Após várias plásticas extensivas e manutenção vigorosa, Ririko se tornou a beleza em pessoa: modelo, atriz e cantora de enorme sucesso. No entanto, logo seu corpo começa a reagir mal a tantas cirurgias e ela se vê em decadência física. Agora, Ririko é obrigada a encarar as consequências do que fez e o inevitável fim.

Star of Eroman, de Morihito Kanehira: Kusomushi Gorota quer fazer mangás eróticos, mas não sabe por onde começar. Apesar das muitas críticas de sua editora, ele vai aprendendo e pouco a pouco conhece vários truques e estratégias valiosas para qualquer mangaká. Embora recheado de comédia, referências e loucura, Star of Eroman é um guia de produção de mangá que aborda dicas sérias e valiosas, desde o roteiro até a finalização da arte. Em 2 volumes.

Velvet Kiss, de Chihiro Harumi: Hentai sobre um trabalhador honesto forçado a aceitar os abusos de uma mulher para pagar sua dívida. Finalmente tudo está indo bem para Shin Nitta: sorte no trabalho, com a namorada e até na loteria. Mas por causa de um erro bobo, ele acaba devendo milhões para uma empresa. Como alternativa ao pagamento, Shin aceita fazer companhia para uma mulher. Ao encontrá-la, ele se surpreende com a beleza da moça, e logo descobre que está mais para escravo sexual do que acompanhante. Série em 4 volumes.

Tomb Raider, de Gail Simone e Rhianna Pratchett: Conto que retoma de onde o popular game de 2013 parou. Após sua terrível provação no reino perdido de Yamatai, Lara Croft e os outros sobreviventes do Endurance tentam reconstruir suas vidas. Mal sabem eles que uma nova força terrível está surgindo, determinada a arrastá-los de volta para a ilha de que eles tinham acabado de escapar por pouco. Ainda sendo publicado nos Estados Unidos, está no terceiro volume.

The Last of Us, de Neil Druckmann e Faith Erin Hicks: Dezenove anos atrás, o surto de um fungo parasita matou a maioria da população mundial. Em umas das poucas zonas de quarentena restantes, Ellie, de treze anos, começa sua nova vida como aluna de uma escola militar onde uma amizade com a colega Riley a levará ao seu primeiro passeio no lado de fora. Além dos paredões da ordem civil que elas conhecem, Ellie e Riley logo se confrontam com a violenta forma de viver do grupo insurgente Vaga-Lume e com as monstruosas vítimas da infecção. Volume único.

Halo: Initiation, de Brian Reed: Antes de se tornar um supersoldado Spartan em defesa da humanidade, Sarah Palmer era um ODST que realizava as missões mais perigosas atrás das linhas inimigas. Junte-se a ela em sua jornada dramática desde um dos fuzileiros mais durões da humanidade até o mais alto escalão de guerreiros de elite da galáxia. Volume único.

Halo: Escalation, de Chris Schlerf: Diretamente na sequência dos acontecimentos do game Halo 4, a tripulação do UNSC Infinity, nave principal da humanidade, está responsável pela segurança de uma cúpula de paz entre Elites e Brutes, alienígenas com uma longa história de inimizade. Quando uma força mercenária desconhecida ataca de surpresa as negociações, Comandante Sarah Palmer e seus colegas Spartans devem proteger os diplomatas. Ainda sendo publicado nos Estados Unidos, está no quarto volume.

Niji no Prelude: Shoujo de Osamu Tezuka em volume único, reúne cinco contos com temas artísticos, explorando clássicos de Shakespeare e Chopin. Uma coleção singular que apresenta um lado diferente dos clássicos de Tezuka.

Pinocchio: Shounen de Osamu Tezuka em volume único, reconta a história clássica do boneco de madeira que passa por aventuras e desventuras até merecer ser um menino de verdade.

Shin Takara-jima: Shounen de Osamu Tezuka em volume único, mostra como o menino Pete encontra um mapa do tesouro que seu falecido pai lhe deixou. Ele parte para uma viagem com “Capitão”, amigo de seu pai, para encontrar o tesouro. Mas as coisas começam a dar errado quando seu navio é atacado por piratas.

Manga Daigaku, guia de Osamu Tezuka em volume único. Existe melhor jeito de aprender a fazer mangá do que com o “deus do mangá”? Neste guia divertido, o autor explora o que é o mangá, dando dicas e exemplos. Uma oportunidade imperdível de descobrir o estilo do mestre nos mínimos detalhes.

Guia do Studio Seasons: elaborado pelo estúdio brasileiro, ensina a produção de um mangá desde o material necessário até acabamento e finalização.

Como se já não bastasse, a NewPOP vai relançar no formato padrão da editora os clássicos 1945 e Speed Racer, além de estrear um novo formato chamado MAX, com o relançamento de Dark Metrô.

“Boy’s Love”, da Draco, agora em mangá

boyslovehq

Depois de duas coletâneas de contos e uma light novel, a Editora Draco leva sua série Boy’s Love a outras paragens. A editora anunciou o lançamento do primeiro volume do mangá Boy’s Love em Quadrinhos.

Nas palavras da Draco, a HQ apresenta “casos que podem ser aconchegantes como um abraço esperado ou quentes como um beijo roubado. Amores que vêm do espaço ou fantasias que são mais palpáveis que as palavras podem expressar. A tensão de não entender o coração daquela pessoa especial, mesmo que ela não exista mais”.

As histórias são assinadas por Tanko Chan (que também organiza a coletânea e ilustra a capa), Rita Portugal, Talles Rodrigues, Márcio Moreira, Kurama-Chan, Yuu, F. Steffens, M. Steffens, Guilherme Smee, Ju Loyola, Blanxe e Raquel Sumeragi.

Boy’s Love em Quadrinhos tem 128 páginas, capa colorida, miolo preto e branco, formato 17 x 24 cm e preço de R$ 34,90. A loja virtual da Draco já está com o lançamento em pré-venda, com previsão de entrega no dia 21 de dezembro.

NewPOP promove dia de encontro com leitores

NewPOP Day

Anúncio de 19 lançamentos, promoções em títulos do catálogo, sorteios, caricaturas e bate-papos. Este é o resumo da programação do NewPOP Day, que acontece em São Paulo no dia 28 de novembro, a partir das 12h. A entrada é gratuita e as vagas, limitadas e preenchidas em ordem de chegada.

O evento marca também o aniversário do Studio Seasons, responsável, entre outros trabalhos, pelo ótimo mangá Helena. As artistas estarão disponíveis para autógrafos.

Quem comparecer ao NewPOP Day ganha um cupom de desconto exclusivo para compras na loja virtual da editora. Durante o evento, um estande da Draco realizará vendas de seus títulos.

Confira a programação:

13h – Abertura

14h – Bate-papo: “Quadrinho Nacional”, com Studio Seasons, Fábio Sakuda (autor de DeadZone), Raphael Fernandes (Editora Draco) e Fabrízio Yamai (Escola de Desenho AreaE).

15h – Bate-papo: “A visão da mídia especializada sobre o Mercado de Mangás no Brasil”, com Chuva de Nanquim, Crunchyroll, Genki Dama, JBox, JWave, Notícias Anime United e Suco de Mangá.

16h – Bate-papo: “Novidades da NewPOP”

18h – Sorteios/Encerramento

Serviço: NewPOP Day
Data: 28 de novembro de 2015 – Horário: 13h às 19h
Local: Associação Beneficente Osaka Naniwa Kai (Rua Domingos de Morais, 1581 – Vila Mariana – a 200 metros do metrô) – Entrada gratuita

Novidades no portal de webmangás nacional Lamen

lamenposter02

Já falamos aqui do site coletivo de webmangás Lamen que pretende reunir o que tem sido feito de mais bacana em mangá com autores e artistas nacionais de diferentes estilos. Novos títulos chegaram esse mês.

SUPER, de Douglas MCT e Fabiano Ferreira (série, às segundas)
Edrik desperta em um hospital, conhece Silvano e finalmente descobre o que realmente aconteceu com Benito. De volta ao Morro da Bela Vista, o garoto se depara novamente com Colar de Tripa e terá que fazer uma escolha que pode mudar sua vida.
http://leialamen.com.br/webmangas/super/

Lunchtime – capítulo 01, de Nilton Simas (série, às terças) – estreia!
Takashi pesca sem querer uma sereia chamada Yumiko, e agora terá que arcar com as consequências e suportar a ira de Asuka, a dona do restaurante!

Dragon’s Tale – capítulo 02, de Igor Guanandy e Fabiano Santos (série, às terças)
Longe da cidade, num dojo isolado nas montanhas, um violento confronto ocorre entre discípulo e mentor. Suzako Shoryu possui grandes mágoas do Mestre Wong, o que culmina numa batalha feroz. Qual será a relação deles e Yan, o campeão da arena?
http://leialamen.com.br/webmangas/dragonstale/

Fred Guará – capítulo 01, de Felipe Marcantonio, (série, às quartas) – estreia!
Talita está em busca da agência de serviços Lobo Loco, liderada por Fred Guará, para salvar o seu irmão.
http://leialamen.com.br/webmangas/fredguara

Engrenagem Cristal – capítulo 02, de Henrique DLD (série, às quartas)
Os soldados sagrados, Larz, Gum e Musty, partem para realizar o teste da Tutora Luize, porém um inimigo misterioso aparece. Afinal, o que está havendo em Superstes?
http://leialamen.com.br/webmangas/engrenagemcristal/

Digude – capítulo 02, de Vinicius de Souza (série, às quintas)
Após a incrível jogada de Di, a escola começa a ficar movimentada de curiosos. Todos querem ver a tal “Tecada Certeira” e desafiar quem a fez. Mas Di só quer encontrar a pessoa que o ajudou a conseguir essa jogada.
http://leialamen.com.br/webmangas/digude/

S.P.Y. Project – capítulo 02, de Kari Esteves (série, às quintas)
Ricardo e Karen se encontram pela primeira vez. Pequena e delicada, Ricardo se pergunta se ela é capaz de substituir sua parceira anterior, mesmo sendo a filha do Major. E Karen não parece disposta com o acordo. Será que Ricardo conseguirá convencê-la a colaborar com ele?
http://leialamen.com.br/webmangas/spyproject/

LOKI – capítulo 02, de Heitor Amatsu (série, às sextas)
Um assassino misterioso perturba a paz de uma pequena cidade, sem deixar nenhum tipo de rastro.
http://leialamen.com.br/webmangas/loki/

Agora também é possível acompanhar os webmangás de Lamen no Social Comics:
https://www.socialcomics.com.br/lamen

Editora Draco abre seleção para coletânea de mangás nacionais

Dracomicsshonen

Quem estiver interessado em participar da coletânea Dracomics Shonen deve mandar suas histórias em estilo shonen (voltado não só, mas principalmente, para adolescentes do sexo masculino).

Gêneros como terror, fantasia, ficção científica, humor e outros também serão avaliados.  Será dada preferência a material inédito, e nudez e violência devem ser tratadas com moderação, tendo em conta o público-alvo infanto-juvenil.

Podem inscrever-se tanto artistas completos, que escrevem e desenham, como também duplas de criação, roteiristas e ilustradores – nesse caso, a editora vai tentar formar as duplas criativas.

Cada volume de Dracomics Shonen terá 128 páginas com 6 histórias de 20 páginas, impressão preto e branco, formato álbum e venda em livrarias. Os autores têm 40% de desconto para adquirir os exemplares e revendê-los em eventos, e participam da partilha dos royalties de 15% das vendas.

Interessados têm até dezembro para submeter seus trabalhos pelo e-mail editoradraco@gmail.com com o assunto “DRACOMICS”. Mais informações no site da editora.

Boa sorte!

 

Página 0 de 2

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017