Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: HQ independente

HQ com heróis nacionais clássicos busca financiamento

AlfaPrimeiraOrdem

Depois da bem-sucedida campanha de financiamento coletivo da HQ Protocolo: A Ordem, o editor Elenildo Lopes deu início há pouco mais de um mês à captação de recursos para produzir a sequência Alfa: A Primeira Ordem.

Alfa dá sequência ao projeto anterior e à reunião, até então inédita, de mais de 20 super-heróis nacionais numa mesma história. A diferença, agora, é que a trama vai possibilitar a inclusão de personagens clássicos como Capitão 7, Flama, Raio Negro, Homem-Lua e Capitão Gralha – esse último uma criação contemporânea que remete à Era de Ouro.

A HQ de 48 páginas traz a primeira parte da trama, com roteiro de Gian Danton, arte de Marcio Abreu e cores de Vinicius Townsend. Segundo Elenildo, dividir o projeto em mais de um volume foi uma decisão para baratear os custos e criar cotas mais acessíveis para os apoiadores.

Os valores variam de R$ 20 (Alfa e outra revista, em formato digital) até R$ 505 (Alfa mais revistas diversas, todas impressas, e arte original autografada).

Até o momento, o projeto recebeu 72 apoios e captou 26% da meta de R$ 20 mil. O prazo final é 21 de abril e, caso o projeto consiga o financiamento, a previsão de lançamento é agosto. O link para apoio é: https://www.catarse.me/ALFA.

Lançado em 2016, Protocolo: A Ordem ganhou o troféu Ângelo Agostini na categoria Melhor Lançamento Independente.

HQ independente “Volkan” confirmada para a CCXP 2016

 

Sem título-1.indd

Pouco mais de um ano depois do anúncio oficial, o pessoal do selo independente TopComics confirma o lançamento de Volkan na Comic Con Experience (1 a 4 de dezembro, em São Paulo), onde os autores ocuparão uma mesa no Artist’s Alley.

Durante este ano de produção, Volkan recebeu colaboração do público na construção de alguns personagens e pôde palpitar no roteiro.

De acordo com a sinopse, depois de entrar em contato com o “otter”, um organismo desconhecido que ressurgiu das profundezas do planeta Terra, os três protagonistas (Dan, Lucas e Ric) adquirem habilidades especiais e passam a ser perseguidos por uma poderosa organização americana (veja preview abaixo – clique nas imagens para ampliar).

Uma semana antes da CCXP, as 34 páginas da HQ estarão disponíveis gratuitamente no site oficial. A versão impressa, em formato americano, será vendida exclusivamente no evento e no site, e uma versão adaptada para deficientes visuais fica pronta no dia 22 de dezembro, também no site.

Volkan tem criação e roteiro de Allan Albuquerque, desenhos de Eduardo Vienna e arte-final de Omar Viñole, com cores de Adriano Augusto. A capa foi produzida pelo craque Nestablo Ramos.

Projeto de HQ independente procura desenhistas

dicecomics

Um grupo de alunos do curso de roteiro ministrado pelo Raphael Fernandes (Ditadura no Ar), o Dice Club, está tocando a produção da HQ Dice Comics. Para a ideia ir adiante, eles estão recrutando desenhistas.

Por se tratar de um projeto independente, o pagamento será feito na forma de exemplares.

A HQ tem 14 histórias com 6 páginas cada, com tramas definidas a partir de um rolar de dado.

Os roteiristas envolvidos são Lucas Ferraz, Carlos Vázquez, Larissa Palmieri, Claudia Dugim, Daniel Gerecht, J.C. De Lucca, Allan Passador, Wilson Faws, Fernando Molina, Lia Viegas, Ricardo André, Samuel Sajo, Brão Barbosa e Felipe Sales. Os portfólios serão avaliados até o dia 2 de julho, com a colaboração do editor Raphael Fernandes.

Interessados devem entrar em contato pelo e-mail coletaneadicecomics@gmail.com ou pelo facebook.com/dicehq.

HQ reconta a luta do revolucionário mexicano Emiliano Zapata

Capa Zapata

Do Press-Release

Não é possível contar a história moderna do México sem levar em conta a vida e o legado de Emiliano Zapata (1879-1919). O revolucionário lutou contra a ditadura que vigorava naquele país no início do século 20 e pegou em armas para defender os direitos dos camponeses à terra e à liberdade.

O livro em quadrinhos Por mais um dia com Zapata (Zapata Edições, 136 páginas, R$ 25), de Daniel Esteves (roteiro), Alex Rodrigues e Al Stefano (arte), refaz os passos do revolucionário desde os primeiros confrontos com os soldados do ditador Porfirio Díaz até seu assassinato numa emboscada em Chinameca.

A história é contada pelo ponto de vista do brasileiro conhecido apenas como “Brasileño”, que fugiu para o México e se converteu num dos principais companheiros de Zapata. O personagem, fictício, faz o elo entre a Revolução Mexicana e outro evento histórico envolvendo a opressão aos mais pobres – no caso, o massacre da comunidade de Canudos, ocorrida no interior da Bahia entre os anos de 1896 e 1897.

A narrativa se dá em dois momentos distintos e intercalados: nos flashbacks que constroem a ascensão de Zapata como líder do Exército Libertador do Sul, e outro que acompanha a busca de “Brasileño” por seu líder e amigo, quando o movimento já havia perdido a força. A convergência das duas linhas temporais forma um mosaico que lança um novo olhar sobre este importante momento histórico da América Latina.

Fruto de extensa pesquisa bibliográfica, Por mais um dia com Zapata traz como extras a íntegra do “Plano de Ayala” e da “Ley Agraria”, documentos que contaram com a colaboração de Zapata e serviram de base para reforma agrária no México em meados do século passado.

O livro foi um dos projetos selecionados pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), em 2014, e realizado com apoio da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Outros lançamentos

O lançamento de Por mais um dia com Zapata acontece entre os dias 11 e 15 de novembro no Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), em Belo Horizonte, Minas Gerais, com presença dos autores.

Depois disso, será lançado dia 26 de novembro em São Paulo, na Livraria Azteca, e na CCXP 2015 (Comic Con Experience), megaevento de cultura pop que acontece na capital paulista de 3 a 6 de dezembro.

Durante o FIQ, uma das mais importantes plataformas de divulgação da produção nacional e independente de quadrinhos, Daniel Esteves lança outras duas HQs: 147 (24 páginas, R$ 10), com arte de Hugo Nanni, e Archimedes Bar (32 páginas, R$ 10), uma coletânea com vários autores, como Danilo Pereira, ex-aluno da escola HQ em FOCO, de Esteves.

Sobre os autores

Daniel Esteves: Roteirista e professor de histórias em quadrinhos na escola HQ em FOCO, é membro do coletivo de quadrinhos PETISCO e responsável pelo selo independente da Zapata Edições. Editou e escreveu diversos quadrinhos, entre eles: KM Blues, São Paulo dos Mortos, Nanquim Descartável. Sua produção independente foi contemplada com quatro Troféus HQ Mix, principal premiação do segmento. Publicou também pela Editora Nemo e ganhou o troféu Angelo Agostini em 2009 e 2012 como melhor Roteirista Nacional.

Alex Rodrigues: Desenhista e designer, atua há nove anos como ilustrador atendendo diversas editoras e agências de publicidade. Ministrou aulas, palestras e oficinas de desenho e quadrinhos durante quatro anos na escola HQ em FOCO. Como quadrinista colaborou para edições da HQ em FOCO, como Nanquim Descartável, Pelota: Futebol e Quadrinhos, São Paulo dos Mortos volumes 01 e 02, entre outros.

Al Stefano: Desde 1991, vem atuando em diversos ramos das artes gráficas: animação, criação de material promocional, design de produtos, ilustração para livros didáticos, paradidáticos e literários, criação de storyboards, personagens e embalagens para publicidade, e professor de ilustração. Trabalhou para diversas editoras e ilustrou textos de autores como Ruth Rocha, Wagner Costa, Walcyr Carrasco e outros. Nos quadrinhos participou da coletânea Metal Pesado, de séries como Nanquim Descartável e São Paulo dos Mortos, da coletânea Mônica(s) e de cards para a Marvel Comics.

SERVIÇO:

Por mais um dia com Zapata

Autores: Daniel Esteves, Alex Rodrigues e Al Stefano

Editora: Zapata Edições

Páginas: 136

Formato: 20,4 x 29,5 cm

Preço: R$ 25,00

Lançamento: Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), de 11 a 15 de novembro (Serraria Souza Pinto, Belo Horizonte – Minas Gerais)

Lançamentos em São Paulo: 26 de novembro, na Livraria Azteca (Rua Bartira, 351 – Perdizes), das 18h às 22h, e 3 a 6 de dezembro, na CCXP 2015 (São Paulo Expo Exhibition & Convention Center)

Mais informações: www.zapataedicoes.com.br

“Quando a noite fecha os olhos” marca primeira parceria de André Diniz e Mario Cau

Noite-Capa-lores

Faltam 20 dias para o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, e começam a se intensificar as notícias de lançamentos programados para o evento.

Não é para menos: entre suas muitas qualidades, o FIQ se notabilizou como uma plataforma importante para a produção nacional. Segundo levantamento do Blog dos Quadrinhos, do jornalista Paulo Ramos, na edição de 2011 foram lançadas pelo menos 136 HQs nacionais.

Um dos lançamentos que chegaram ao nosso conhecimento é Quando a noite fecha os olhos, obra independente que marca a primeira parceria de André Diniz (roteiro) e Mario Cau (arte). O prefácio é de Laudo Ferreira Jr.

Segundo a sinopse, “Camilo leva a vida adiante, uma vida que não sabe mais se é sua. Uma vida sem luz, onde o Sol não nasce e onde as únicas vozes que ele consegue ouvir são ecos de seu inconsciente”. Na definição de Cau, é “um drama cotidiano estilo slices-of-life”.

Quando a noite fecha os olhos tem 72 páginas, capa colorida e miolo preto e banco. O preço não foi divulgado.

Selo independente TopComics anuncia “Volkan”

Volkan

O grupo responsável pela produção do álbum, com previsão de lançamento no ano que vem, reúne nomes conhecidos dos leitores de quadrinhos: Eduardo Vienna (arte), Omar Viñole (arte-final), Adriano Augusto (cores) e Allan Albuquerque (criação e roteiro). Dois outros artistas participam como convidados: André Bdois e Nestablo Ramos.

Volkan acompanha a mudança drástica na vida de jovens que inadvertidamente entram em contato com o otter, um organismo poderoso e desconhecido, que pode ter surgido durante o processo de resfriamento do planeta Terra, há milhões de anos.

Os autores propõem um processo de criação participativo, em que os interessados podem interagir com os autores pelo site oficial ou página no Facebook.

Detalhes como formato, número de páginas, preço e data de lançamento estão prometidos para breve.

Quanta Academia e SESI-SP Editora fazem parceria para publicar quadrinhos nacionais

sesi-quanta

Artistas brasileiros acabam de ganhar mais um canal para tentar publicar seus trabalhos: o selo SESI-QUANTA, fruto da parceria firmada entre SESI-SP Editora e Quanta Academia.

De acordo com o material de divulgação, “o selo se apresenta como um espaço aberto a gêneros e estéticas narrativas diferentes, e é direcionado ao público infanto-juvenil e juvenil, sem engessar as possibilidades desta linguagem única ou limitar a criatividade”.

O SESI-QUANTA estreia já com duas obras: Quantoon, coletânea de tiras dos artistas Matteo Papaiz, Alexander Santos, Ronaldo Barata, Lilian Carmine, Thiago Cruz e Artur Fujita; e Sobrenatural Social Clube, primeiro álbum solo da série criada por Ronaldo Barata, diretor de Arte do Quanta Estúdio.

Ambos têm lançamento e sessão de autógrafo marcados para o dia 26 de setembro, na livraria Geek.Etc.Br (Alameda Santos, 2152 – São Paulo), às 16h.

No mesmo dia, mais cedo (12h), os responsáveis pelo selo SESI-QUANTA batem um papo com o público no Auditório da Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2073 – 2º andar).

Outros lançamentos já estão engatilhados, de artistas como Psonha Camacho, André Diniz, Tainan Rocha e outros.

Em breve, serão divulgadas as informações sobre como autores de todo o país poderão enviar seus trabalhos à Quanta, que fará a curadoria e apresentação ao SESI para futura publicação.

Penitente está de volta em crossovers nacionais

Penitente Encontra

Depois de cinco anos sem ver a luz do dia, o anti-herói de Lorde Lobo retorna numa série intitulada Penitente encontra…., em que vai dividir histórias com outros personagens brasileiros dos quadrinhos.

No primeiro número, disponível já neste mês de agosto, o encontro é com Nova, criação do paraibano Emir Ribeiro, que assina a arte final da edição. O argumento, letreiramento e editoração são de Lobo, e o roteiro, de Edvânio Pontes.

O segundo volume, em produção, trará duas aventuras: uma na companhia de Penitência, de Marcos Franco, e outra do Lagarto Negro, de Gabriel Rocha.

“Não há uma periodicidade fixa e a impressão das edições é por demanda. Inicialmente, produzimos apenas 100 exemplares do número 1, mas se for bem aceito, faremos mais”, contou Lobo ao Papo de Quadrinho.

Outros personagens jpa acertados para fazer parte do projeto são Bispo (Rodrigo Fernandes) e Sepulcro (Alan Yango). Artistas interessados em ver suas criações dividindo as páginas com Penitente podem entrar em contato com o autor pelo e-mail contato@lordelobo.com.br

“A produção destes encontros poderá contar com artistas convidados, que não tenham envolvimento direto na criação dos personagens, atuando como roteirista ou artistas”, adianta Lobo.

Penitente encontra… #1 tem 24 páginas, formato 13,5 x 19,5 cm, capa colorida, miolo em preto e branco e preço de R$ 5,00, já com frete.

Laudo e Marcatti lançam “Dedos Mágicos”

dedos mágicos

Depois da parceria de Will e Sam Hart em 2 x 10, mais uma dupla de ícones dos quadrinhos nacionais se une em torno de um projeto independente.

Dedos Mágicos marca a primeira parceria da longa carreira de Marcatti com outro desenhista. Nesta HQ, ele ficou responsável pelo roteiro e o premiado Laudo Ferreira Jr., pela arte.

Nas palavras do artista, Dedos Mágicos é um “novelão”, ambientado no subúrbio e tendo como palco principal um típico boteco/mercearia de bairro.

A HQ tem 60 páginas, capa colorida, miolo em preto e branco, formato 15,5 x 23 cm e valor de R$ 35. O roteirista Lillo Parra assina o prefácio.

O lançamento acontece no dia 7 de março na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 – Cerqueira César – SP), a partir das 14h. Dedos Mágicos pode ser comprada também nos sites da Ugra Press e do cartunista Marcatti.

“Coelho Nero” ganha segunda edição impressa

Capa Nero simpático

Meio rabugento e muito crítico, o personagem criado em 2009 pelo quadrinhista Omar Viñole exclusivamente para um blog teve a primeira edição em papel no ano passado, com lançamento no FIQ.

Com a aproximação de outro grande evento de quadrinhos, a Brasil Comic Com (14 e 15 de novembro), o coelho mal humorado não quis ficar de fora, e chega em nova edição: Simpático só que não.

A coletânea reúne 48 tiras, entre material publicado no blog e inédito. O lançamento acontece pelo selo independente Quadro Imaginário, de Omar, Laudo Ferreira Jr. e Flávio Soares.

Simpático só que não tem 16 páginas coloridas, formato 14,8 x 21 cm e preço de R$ 5. O prefácio é do jornalista Paulo Ramos.

Página 0 de 2

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017