Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Galera Record

2017: O que vem por aí pela Record

record2017

Livro também tem lugar na prévia do Papo de Quadrinho, ainda mais se for desses temas que a gente tanto gosta…

O Grupo Editorial Record, por meio do selo Galera (que também publica quadrinhos) tem dois lançamentos engatilhados para agradar os fãs de séries, filmes e games. Confira:

The Walking Dead: Busca e Destruição, de Jay Bonansinga: Nesse sétimo volume da série, Lilly Caul e seu bando acreditaram que a paz estava mais próxima. Uma velha ferrovia que ligava Woodbury e Atlanta permitiu um projeto de reconstrução que acarretaria uma nova era de trocas, progresso e democracia. Isso até a cidade ser mais uma vez atacada e todas as crianças raptadas.

Quem seria capaz submeter inocentes a tal violência gratuita, e por quê? As respostas para tais perguntas revelam que os mortos-vivos não são o maior problema do mundo pós-apocalipse.

Assassin’s Creed: Livro Oficial do Filme, de Christie Golden: Novelização do roteiro de Assassin’s Creed, um dos filmes mais aguardados do ano e que finalmente chega às telas brasileiras na próxima semana (12). Baseado na série de videogames homônima, a trama mostra como Animus, uma tecnologia revolucionária que desbloqueia memórias genéticas, ajuda Callum Lynch a presenciar as aventuras de seu ancestral Aguilar, na Inquisição Espanhola do século XV.

Callum descobre ser descendente de uma misteriosa sociedade secreta, a Irmandade dos Assassinos, que luta pelo direito do livre-arbítrio dos homens. Ao longo dos anos, a irmandade acumulou incríveis conhecimentos e habilidades usados no combate à poderosa e tirana Ordem dos Templários.

“Macbeth” chega em versão mangá pela Galera Record

macbethmanga

Do press-release

Um dos maiores clássicos sobre ambição e busca desmedida pelo poder, Macbeth (216 páginas R$ 39,90), de William Shakespeare, chega às livrarias neste mês em formato de mangá.

O livro é parte da série Mangá Shakespeare, lançada pela Galera (selo jovem do Grupo Editorial Record) desde 2011, e que reimagina as tramas escritas pelo bardo inglês em estilo dos quadrinhos japoneses.

Na obra adaptada por Richard Appignanesi, Macbeth é um guerreiro samurai vivendo num futuro pós-mutação nuclear. Depois que três bruxas profetizam que ele será rei, o protagonista se lança numa trajetória assassina com desfecho trágico.

O livro utiliza o texto original de Shakespeare, combinado com as ilustrações de Robert Deas. A tradução é do poeta Alexei Bueno.

Outras obras de Shakespeare que a Galera já publicou em versão mangá são Ricardo III, A tempestade, Hamlet, Romeu e Julieta e Sonho de uma noite de verão.

Vale o investimento: Leviatã: A Missão Secreta

Não conhecia o autor Scott Westerfeld, autor da série Feios, que criou essa pequena pérola Steampunk.

Para quem não conhece o gênero Steampunk (Steam é vapor em inglês) é uma espécie de “retrô futurista”, ou seja a ciência da Era Vitoriana avançou, porém com o que já havia disponível naquela época, com a tecnologia mecânica a vapor evoluindo até o computador.

São muitos os atrativo de Westerfeld nesta história. Começando pelo cenário elaborado neste livro, onde o caldeirão político em que o Steampunk é inserido reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial, com a trama fictícia seguindo em paralelo com a história oficial do primeiro grande conflito mundial.

A divisão geopolítica sugerida nessa trama, tem raízes etnicas, filosóficas e religiosas, dividindo a as nações “mekanistas”, que lutam com aparatos mecânicos movidos à combustível e “darwinistas”, nações que usam imensos animais geneticamente fabricados e adaptados para a todos tipo de uso.

Os personagens são muito bem construídos e interessantes. O príncipe do império austro-húngaro, Alek Ferdinand, perdeu seu título e o apoio do povo e está em fuga para um país neutro, graças a um grupo leal de homens, usando um imenso “tanque” mekanista, o ciclope Stormwalker.
Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica, para servir no monumental Leviatã, uma espécie de “dirigível” darwinista. Os caminhos dela e de Alek se cruzam de maneira inesperada em uma missão que muda a vida de ambos que pode mudar também os rumos da guerra.

Esse livro é o primeiro da Trilogia Leviatã. É uma leitura ágil e divertida, sem ser superficial. Também chama a atenção a beleza da edição, onde os capítulos são intercalados com as ilustrações de Keith Thompson.

Uma aventura misturando H.G. Wells, Julio Verne com a Grande Guerra em sua versão Steampunk.

Leviatã – A Missão Secreta de Scott Westerfeld (Editora Galera Record), tem 368 páginas, formato brochura e preço estimado de R$ 34,90. Vale o investimento.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019