Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Fabio Yabu

2015: O que vem aí pela JBC

ageha

A editora anuncia várias novidades nacionais e internacionais, entre one-shots, minisséries e séries fechadas e de linha. Veja as confirmadas até o momento:

Kizu (one-shot): de Otisuichi e Hiro Hiyohara (mesmo desenhista de Another);

Sailor V (2 volumes): spin-off da série Sailor Moon;

Ageha (2 volumes), de Koshi Rikudo (Excel Saga): mistura drama e comédia ao mostrar como o jovem Tateha tenta mudar o final trágico de sua amada Ageha a cada novo capítulo (imagem acima);

Love in The Hell (3 volumes): Rintaro morre após uma noitada de bebedeira e vai parar no Inferno. Agora, aceita todo tipo de ajuda para voltar ao plano dos vivos;

Steins Gate (3 volumes) – A famosa série dos games e animes foi adaptada para mangá em 2009 e, segundo a editora, a edição brasileira vem sendo muito solicitada pelo público;

Enigma (7 volumes), de Kenji Sakaki: O estudante Sumio tem a habilidade de prever o futuro em sonhos. Mas eles e seus amigos terão que enfrentar a entidade Enigma se quiserem sair da escolar com vida;

Zetsuen no Tempest (10 volumes): Mahiro Fuwa e seu amigo Yoshiro Takigawa decidem ajudar o líder do clã Kusaribe abandonado por seus membros, que pretendem acordar a “Árvore do Êxodo”. O mangá tem referências a duas obras de Shakespeare: Hamlet e A Tempestade;

Nanatsu no Taizai – The 7 Deadly Sins: série de grande sucesso no Japão, onde já foram publicados 11 volumes.

Robô Esmaga: versão impressa das webtiras publicadas pelo carioca Alexandre Lourenço.

Combo Rangers 2: O álbum dá continuidade à saga Combo Rangers – Somos Heróis, de Fabio Yabu, lançada em 2013 pela JBC. Segundo o autor, a meta é fazer uma trilogia.

Vale o investimento: Branca dos Mortos e os Sete Zumbis

Quem lê os livros infantis ou assiste às adocicadas animações da Disney hoje em dia nem imagina que os contos de fadas e fábulas têm uma origem mais macabra.

Nascidas na tradição oral e passadas de geração para geração, estas histórias eram inventadas para incutir medo e a noção de certo e errado nas crianças – e o final nem sempre era “felizes para sempre”.

Branca dos Mortos e os Sete Zumbis, de Abu Fobiya (pseudônimo de Fabio Yabu) resgata esta origem sombria em 11 contos inéditos. O livro é o mais recente lançamento do Nerdbooks, selo editorial do portal Jovem Nerd.

Mais que adaptar as histórias para crianças, o autor toma emprestado elementos delas para criar versões recheadas de personagens vis, bruxas demoníacas e cenários assustadores.

Nesta versão, os Sete Anões são zumbis imortais saídos do próprio inferno; a magia que transforma Cinderela (aqui chamada de Cindehella, de “hell”, inferno) tem raiz no próprio Mal e a pobre órfã encontra um meio de se vingar da madrasta perversa; Rapunzel (rebatizada de Samarapunzel) é filha do demônio e o príncipe encantado não passa de um aproveitador safado.

Mas o melhor são os contos que reservam surpresas. Envolvido pela trama macabra, apenas no final o leitor descobre a que fábula a história se refere.

Em sua participação no Nerdcast de 27 de julho (O Inominável Universo de H.P. Lovecraft), Yabu relatou que a ideia do livro surgiu depois que ele assistiu ao desenho da Branca de Neve pela enésima vez na companhia do filho pequeno.

Extremamente bem escrito, cheio de ótimas figuras de linguagem, Branca dos Mortos e os Sete Zumbis oferece uma experiência de leitura agradável, divertida – pelo menos para quem é fã do gênero de terror. Em O Monstro, por exemplo, o autor chega ao requinte de emular o poema O Corvo, de Edgar Alan Poe

E para quem não está associando o nome à pessoa, Abu Fobiya – ou melhor, Fabio Yabu – é velho conhecido dos leitores de quadrinhos por seu trabalho Combo Rangers, e autor de vários livros infantis; entre eles, Princesas do Mar, que virou desenho animado.

Branca dos Mortos e os Sete Zumbis tem 240 páginas, capa dura, preço de R$ 45 e está à venda exclusivamente na Nerdstore, loja virtual do Jovem Nerd. Vale o investimento.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019