Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Editora Nemo

Vale o Investimento: A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit

Untitled-1A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit é uma das HQ mais bonitas e delicadas que este editor teve a chance de ler nos últimos anos.

Os Inuit são uma nação indígena esquimó que habitam as regiões árticas do Canadá, Alasca e Groenlândia. Estão em sintonia com seu meio ambiente há milhares de anos e tem suas tradições e costumes passados de geração em geração através da tradição oral.

A pequena Buniq é uma esquimó muito curiosa, que ao ouvir as aventuras de um contador de histórias que chega em sua aldeia, decide desbravar o “país dos homens”, como seu povo chama a região, e para se tornar uma “narradora”, cujo importante papel é contar histórias e entreter a aldeia.
Para empreender essa viagem de aprendizado, Burniq convence seu amigo Taq – uma aspirante a caçador – e seu avô Ukioq a seguirem com ela. Assim o trio esquimó parte em sua aventura no pais dos homens.

Inuit-Mythology-Project-Portraits_08Ao fazer uma parada para descansar numa aldeia, Buniq é sequestrada por um caçador violento que quer desposá-la à força. Taq sai em busca da amiga, mas ambos acabam presos em uma tempestade de neve e precisarão dos talentos se uma simpática xamã para sobreviverem.

A jornada apresentada de Burniq é conduzida de forma leve e emocionante, com uma arte belíssima. Aos poucos e de forma fluída o leitor descobre detalhes da mitologia, hábitos e tradições da cultura esquimó.

Untitled-2Uma história de amizade, amor, escolhas e descobertas, A Narradora das Neves é um convite para a emoção, na mesma linha de O Apanhador de Nuvens, que nos apresentou a cultura do povo dogon. Os dois álbuns já lançados pela Nemo fazem parte de uma coleção que narra histórias completas, passadas em diferentes lugares e culturas da Terra.

Os roteiristas – Béka é o pseudônimo da dupla francesa Bertrand Escaich e Caroline Roque. Ele nasceu em 1973, em St-Girons, e ela, em 1975 em Perpignan. Ela fazia seu doutorado em Biologia enquanto ele já escrevia roteiros para quadrinhos. Quando vence um concurso de arte em Toulouse com um de seus romances, Caroline abandona de vez as ciências. Unidos na paixão pelas danças africanas, Caroline e Bertand criaram juntos várias séries de sucesso que já ultrapassaram um milhão de exemplares vendidos.

O desenhista – Marc Armspach, conhecido como Marko, nasceu em 1969 em Bordeaux. Ilustrador e produtor audiovisual, foi vencedor do prêmio “Jovens autores” do Salão de Artes, em 2001 e, em  2003, tem outro trabalho premiado: o álbum “Garxot”, vencedor do Festival Mediterrâneo de Ajaccio, co-produzido com Asisko Urmeneta. Em 2009, seu álbum “Godillots” recebe o prêmio “melhor álbum” no Salão de Bédécines. Em seguida lança-se em uma turnê mundial com os Béka pela coleção Geo. Sua arte, delicada e expressiva, caiu como uma luva nesta HQ.

A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit (Editora Nemo) de Béka com desenhos de Marko e cores de Maëla Cosson, foi traduzida por Fernando Scheibe, tem 48 páginas e o preço camarada de R$ 24,00. Uma HQ linda, vale o investimento.

Vale o investimento: O Mundo de Edena 1. Na Estrela

_Edena Depois de 30 anos da publicação original na França, chegou ao Brasil o primeiro volume da série O Mundo de Edema, pelas mãos competentes da Editora Nemo.

Moebius – pseudônimo do francês Jean Giraud – é um dos maiores criadores dos quadrinhos (o maior na opinião deste humilde editor), e curiosamente produziu esta série a partir de uma encomenda para o portfólio da marca de automóveis Citroën, que pretendia inovar para fugir dos tradicionais brindes de fim de ano.

Só um gênio da grandeza de Moebius poderia transformar um projeto desses numa odisseia fantástica, grandiosa e introspectiva.

“Nunca sei muito bem para onde vou, e a coisa sai bem acabada”, revelou o artista.
Intuitivo, como numa espécie de diário íntimo codificado, a primeira história do livro, Consertos, apresenta uma aventura narrada por Stel e Atan, dois “mecânicos espaciais”._edena02

Ao consertar a nave “Mestre dos Caminhos”, Stel descobre que a falha da máquina é decorrente de falta de manutenção psíquica: o drama de um menino que teve seu submarino quebrado!

Ao final, este primeiro volume, Na Estrela, se apresenta como uma obra aberta, visualmente impactante, em que cada leitor faz suas próprias projeções. Esse conjunto filosófico pode ou não ter paralelo no segundo volume da série, O Mundo de Edena: 2. Os Jardins de Edena, que deve sair ainda em 2013.

Vale lembrar que a Editora Nemo brindou os leitores brasileiros com a Coleção Moebius (Arzach, Absoluten Calfeutrail & Outras Histórias, O homem é bom?, As Férias do Major, A Garagem Hermética, O Homem do Ciguri e Crônicas Metálicas), material indispensável para colecionadores e só por isso já merece toda a deferência.

O lançamento desta nova série vem alentar os fãs antigos e reforçar a figura genial de Moebius: arguto e sentimental como roteirista, criativo e grandioso como ilustrador.

O Mundo de Edena: 1. Na Estrela de Moebius (tradução de Fernando Scheibe) tem capa dura, 64 páginas coloridas e preço estimado de R$ 49,00. Vale o investimento!

2013: O que vem por aí pela Editora Nemo

Mais uma vez, Papo de Quadrinho consultou as editoras que publicam quadrinho no Brasil para saber quais as novidades que planejam para o novo ano.

A partir de hoje e nos próximos dias, os leitores vão conhecer em primeira mão os lançamentos e programar a leitura do ano.

A prévia começa pela Nemo, que se destacou muito rapidamente no mercado – a editora começou as atividades em 2011. Só no ano passado foram 20 lançamentos; para 2013, a editora prevê outros 30.

Nacionais

A Nemo anuncia a série As Aventuras do Capitão Nemo, com dois volumes previstos, arte de Will e diferentes roteiristas. Força Animal, que estreou em 2012, também ganha duas novas edições (roteiro do editor Wellington Srbek e arte de Kris Zullo). O roteirista Daniel Esteves (Nanquim Descartável) estreia na Nemo em 2013 com a HQ histórica A Luta Contra Canudos (arte de Jozz).

A coleção Shakespeare em Quadrinhos será expandida com dois novos títulos: Hamlet (Wellington Srbek e Alex Shibao) e Rei Lear (Jozz e Octavio Cariello).

Estrangeiros

Em 2013, a Coleção Moebius ganha três volumes inéditos: O Homem do Ciguri, Crônicas Metálicas e Caos. Outras novidades são os três volumes da série Peter Pan (roteiro e desenhos de Loisel), e o álbum Bolland Strips!, coletânea de HQs curtas do quadrinhista inglês Brian Bolland (imagem da capa acima).

Com foco nos novos leitores, a Nemo programa três títulos da nova Coleção Geo, sendo primeiro O Apanhador de Nuvens (Béka e Marko), e mais quatro volumes da série belga Boule & Bill.

Estrangeiros e brasileiros são lançados pela Nemo

É gratificante ver quando uma editora investe positivamente em um mercado tão apaixonante como o de quadrinhos.

Com um portfólio que mistura mestres consagrados dos quadrinhos, como Bilal e Moebius, com grandes nomes do mercado nacional – Will, Lilo Parra, Wellington Srbek, entre outros – a editora Nemo fecha o último semestre de 2012 com ótimos lançamentos para todos os gostos e bolsos.

Papo de Quadrinho conferiu os lançamentos e destaca aqui os seguintes álbuns:

As Férias do Major
(Moebius, 72 páginas, formato: 24 x 32 cm, miolo preto e branco, R$ 49,00)

Este novo título da coleção vem no formato da edição europeia, com capa dura e papel especial, e fecha a Coleção Moebius.

Com diferentes histórias, a coletânea mostra mais sobre o Major e suas sandices, além de histórias surreais e bem humoradas. Um trabalho que, somado aos lançamentos anteriores, é item obrigatório para os apaixonados por boas histórias em quadrinhos.

A Tempestade
(Lillo Parra, adapta a obra de William Shakespeare, desenhos de Jefferson Costa, 64 páginas, Formato: 20 x 28 cm, com miolo colorido, R$ 39,00)

O roteiro de Lillo Parra (Sonho de uma Noite de Verão, Quadro a Quadro) é bem desenvolvido e preserva toda a carga de dramaticidade da imortal criação de Shakespear.

Para narrar a vingança do mago Próspero, antigo Duque de Milão deposto por seu ambicioso irmão Antônio, o quadrinhista Jefferson Costa caprichou na arte, com delicadeza dos traços, precisão das texturas e leveza das cores. Um dos mais bonitos trabalhos lançados em 2012.

Macbeth
(Marcela Godoy adapta a obra de William , desenhos de Rafael Vasconcellos, 64 páginas, Formato: 20 x 28 cm, com miolo colorido, R$ 39,00)

Já na tragédia MacBeth, Rafael Vasconcelos carrega na paleta de cores sombrias para contar uma trama maligna selando o destino da Escócia, envolvendo traição, assassinato e loucura. O roteiro destaca a dramaticidade de Macbeth quando três bruxas profetizam: “Macbeth será rei”, e tem início aí uma trama maligna. Uma HQ com reis e nobres, exércitos em guerra e uma bela e letal mulher. Uma história que nos fala da essência do Mal, em sua forma mais sedutora.

Os dois álbuns fazem parte da Coleção Shakespeare em Quadrinhos, outra coleção que merece deferência.

Força Animal – A Aventura Começa!
(roteiros de Wellington Srbek, desenhos de Kris Zullo, 24 páginas, com miolo colorido, formato 20 x 28 cm, R$ 14,90)

Uma aposta interessante em um quadrinho infantil de qualidade. O grupo Força Animal é formado por quatro jovens amigos, apaixonados pelos esportes, que têm suas vidas transformadas quando conhecem Naturalis, uma elemental protetora da natureza que lhes entrega quatro amuletos mágicos com poderes de animais brasileiros.

Estes simpáticos super-heróis nacionais são conduzidos por um roteiro divertido e ecológico, mas sem exageros politicamente corretos tão comuns aos “eco-chatos” atuais.

Há ainda para o público infantil/juvenil, o segundo volume de Boule & Bill – Semente de Cocker, de Laurent Verron, 48 páginas, miolo colorido e formato: 20 x 28 cm com preço de R$ 14,90

A série infantil Boule & Bill foi feita para agradar crianças e adultos. A série mostra um menino de 10 anos, esperto e aventureiro, e seu melhor amigo, um cocker preguiçoso e bagunceiro que não tem medo de nada, a não ser de tomar banho.

Com tantos lançamentos de qualidade, os presentes de Natal estão garantidos.

Dossiê HQ com editor da Nemo

Nesta sexta-feira (19), o historiador, pesquisador, quadrinhista e roteirista Wellington Srbek será entrevistado na Gibiteria, a partir das 19h.

Srbek é também editor da Nemo, selo de quadrinhos do Grupo Autêntica, que vem lançando ótimas HQs – de autores como Moebius, Enki Bilalu e Hugo Pratt a adaptações de obras de William Shakespeare (veja aqui os lançamentos da editora no Fest Comix).

Duas destas adaptações – Sonhos de uma noite de Verão e A Tempestade – foram escritas por Lillo Parra, do blog Gibi Rasgado, que é quem vai conduzir o papo de mais este Dossiê HQ.

O formato do encontro é interativo e permite que leitores conheçam mais o trabalho de autores e façam perguntas.

No final, tem sessão de autógrafos. E se a Aninha Costa estiver de bom humor, rola uma cervejinha.

SERVIÇO:
Dossiê HQ – Lillo Parra entrevista Wellington Srbek
Data: 19 de outubro
Horário: a partir das 19h
Local: Gibiteria (Praça Benedito Calixto, 158 – primeiro andar)
Entrada franca
 

Fest Comix 2012: muitos lançamentos em quadrinhos

Várias editoras reservaram novidades para mais esta edição do evento. É bem provável que os lançamentos estejam com, no mínimo, o desconto padrão de 20%.

Veja a extensa lista e acompanhe aqui a agenda de autógrafos:

 

INDEPENDENTES

Petisco Apresenta – Volume 1: iniciativa coletiva, começou como webcomic e ganhou versão impressa graças ao financiamento coletivo via Catarse. Reúne as séries Nova Hélade, de Cadu Simões; Nanquim Descartável, de Daniel Esteves e vários desenhistas; Demetrius Dante, de Will; Terapia, de Mario Cau, Rob Gordon e Marina Kurcis; Beladona, de Ana Recalde e Denis Mello; e Macacada Urbana, de Vencys Lao (96 páginas, R$ 30).

Tex no Brasil – Justiça a qualquer preço (Editora Sal da Terra): O novo livro de G.G. Carsan, colecionador e estudioso do lendário pistoleiro da Bonelli Editora, faz uma viagem por dois títulos: Tex Coleção e Tex a Cores. O autor analisa os pilares que garantiram o sucesso de Tex no Brasil e outros aspectos do personagem. Traz entrevista com o tradutor e colecionador Júlio Schneider e as colaborações de Gervásio Santana e Rodrigo Bratz, do site TexBR – além de ilustrações de Emir Ribeiro, Mike Deodato e Jack Herbert (230 páginas, preço não divulgado).

EDITORA NEMO

Animal’Z: A história escrita e desenhada por Enki Bilal se passa num futuro em que um cataclismo ecológico altera radicalmente nosso planeta. Os sobreviventes se lançam ao mar em busca de uma nova terra prometida (104 páginas, R$ 54).

Hip Flask – Seleção não natural: Conta a origem dos Hip Flask e Elephantmen, híbridos de animais e homens que se comportam como assassinos bestiais e seres de sentimentos nobres. Roteiro de Richard Starkings, com a participação de Joe Casey nos diálogos e arte de Ladrönn (48 páginas, R$ 42).

As Férias do Major: Título que completa a Coleção Moebius da editora, é uma coletânea de histórias com diferentes traços; entre eles, a clássica “Escala em Pharagonescia”. Formato da edição europeia, capa dura e papel de qualidade (72 páginas, R$ 49).

Força Animal – A Aventura Começa!: HQ nacional produzida por Wellington Srbek (roteiro) e Kris Zullo (arte), conta a história de quatro jovens atletas que ganham poderes com as características de animais brasileiros (24 páginas, R$ 14,90).

Das Areias do Tempo: Também escrita por Wellington Srbek com arte de Will, especula sobre a origem dos textos escritos (24 páginas, R$ 19).

A Tempestade: Mais um título da Coleção Shakespeare em Quadrinhos. O conto narra as desventuras da tripulação de um navio lançada ao mar por uma terrível tempestade, e que encontra abrigo numa ilha povoada por monstros e espíritos. Roteiro de Lillo Parra e arte de Jefferson Costa (64 páginas, R$ 39).

Macbeth: Da mesma série, adapta o clássico em que a profecia de que Macbeth será rei desencadeia uma trama cheia de assassinato, ambição e loucura. Roteiro de Marcela Godoy e arte de Rafael Vasconcellos (64 páginas, R$ 39).

Boule & Bill – Semente de Cocker: Segundo volume da série de sucesso na Europa, estrelada por um menino de 10 anos e seu melhor amigo, um cocker preguiçoso e bagunceiro. Roteiro e arte de Laurent Verron (48 páginas, R$ 14,90).

HQM (a confirmar)

The Walking Dead – Revista Mensal: a editora é responsável pela publicação no Brasil da premiada série em quadrinhos que virou fenômeno na TV. Até então, a HQ vinha sendo lançada a intervalos regulares na forma de encadernados com seis edições. Agora, a HQM anuncia o lançamento em edições mensais, com o título original e desde o primeiro número. Roteiro de Robert Kirkman e arte de Tony Moore (36 páginas, R$ 3,90),

Os Mortos-Vivos – Volume 10: O que nos tornamos: Mesmo com o lançamento da revista mensal, a HQM dá sequência à publicação dos encadernados. Neste 10º volume, o que sobrou do grupo de Rick Grimes decide seguir o militar Abraham até Washington. A viagem, claro, é cheia de dificuldades e Rick ainda decide rever os primeiros humanos que conheceu quando saiu do coma: Morgan e Duane. Roteiro de Robert Kirkman e arte de Charlie Adlard (148 páginas, R$ 34,90).

Invencível – Volume 4: O melhor da classe: Depois de um intervalo de mais de cinco anos, a HQM volta a publicar os encadernados de Invencível, outra criação de Robert Kirkman (com arte de Ryan Ottley). Este volume reúne as edições originais 14 a 19 e uma história curta criada para o Free Comic Book Day (172 páginas, R$ 39,90).

GAL EDITORA

Nação Fora da Lei – Sangue entre irmãos: De Jamie Delano, mais conhecido pelas HQs de John Constantine. A história mostra o retorno do escritor Story Johnson, dado como morto, para encontrar sua família de rebeldes imortais – que vêm desaparecendo misteriosamente. Publicada originalmente pelo selo Vertigo, da DC (256 páginas, R$ 49,90).

DEVIR

Spirit: Mais Aventuras: Sequência da série que a Devir vem publicando no Brasil com histórias contemporâneas do famoso personagem de Will Eisner. Nesta edição, participam autores como Paul Chadwick, John Ostrander, Paul Pope e muitos outros (128 páginas, R$ 56 capa dura e R$ R$ 43,50 brochura).

PANINI

O Astronauta – Magnetar: Primeiro número da série Graphic MSP, graphic novels com releituras de personagens de Mauricio de Sousa pelo olhar de outros artistas. Em O Astronauta, Danilo Beyruth empresa sua arte vigorosa para colocar o intrépido personagem em uma situação crítica, um náufrago no espaço lutando por sua sanidade (80 páginas, R$ 19,90 capa brochura).

JBC

Nura – A Ascensão do Clã das Sombras 1: Mangá lançado originalmente em 2007 em edição única, virou série no ano seguinte e até em anime, em 2010. A trama gira em torno de Rikuo Nura, um menino que é parte humano e parte Youkai – seja lá o que isso signifique. (200 páginas, R$ 11,90).

CLAMP – RG Veda: Com vários elementos da mitologia hindu, a história começa 300 anos atrás com a rebelião do Deus do Trovão e seu reinado de crueldade. A aparição da criança Ashura pode dar início a uma profecia que prevê a mudança no destino dos Céus (200 páginas, R$ 11,90).

CRIATIVO

A Arte de Desenhar 8 – Figura Feminina: Mais um livro técnico do pioneiro da arte-educação Renato Silva. A Criativo está fazendo um ótimo trabalho de resgate da obra publicada originalmente nas primeiras décadas do século passado (36 páginas, R$ 29,90).

Black White – O Processo Criativo de Eduardo Risso: Também na linha de arte-educação, este lançamento é o primeiro da editora de um autor estrangeiro. O livro, inédito, mostra o processo criativo de Risso, dos primeiros traços à arte na premiada série 100 Balas. Acompanha entrevistas exclusivas do autor aos editores da Criativo, e artigos assinados por gente do ramo. Edição de luxo, tamanho gigante, capa dura, papel de alta qualidade e texto (R$ 59).

Cadernos de Desenho – Da Vinci / Michelangelo: série dedicada a mostrar o processo de trabalho de grandes mestres. O volume de Da Vinci é dedicado à Anatomia e o do Michelangelo, à Figura Humana (cada volume: 36 páginas, R$ 29,90).

CLUQ – EDITORA D-ARTE

Calafrio 57: A edição reúne oito histórias inéditas de autores como Rodolfo Zalla, Laudo Ferreira e Daniel Esteves, entre outros (48 páginas, R$ 30).

Almanaque Rocky Lane 1: Livro ilustrado por Primaggio Mantovi sobre a trajetória do caubói no cinema e nos quadrinhos, junto com a biografia de Allan Lane, que viveu o personagem nas telas. Mantovi conta um pouco de sua história profissional no livro, que vem com uma HQ de 24 páginas O Vaqueiro e o Garanhão Negro (48 páginas, R$ 30).

JAMBÔ EDITORA

Ledd 2: Segundo volume da nova HQ de Tormenta, mesmo cenário de Holy Avenger, O inimigo do mundo e diversas outras obras. Reúne os episódios 5 a 8 do mangá, mais conteúdo extra e exclusivo (preço não divulgado).

NEW POP

Muitos, muitos lançamentos: Da série Vertigo Crime, A Rica Indecente, de Brian Azzarelo, e Área 10, de Christos Gage; depois vem Dong Xoai – Vietnã 1965, de Joe Kubert, Cenas Marcantes, de Dave McKean, e Minha Madrinha Bruxa, de Jill Thompson. Na linha de magas: K-ON 4!, Red Garden – vol. 1, CLAMP – Pessoa Amada e Made in Heaven – Kazemichi. Ufa!

Editora Nemo amplia linha de quadrinhos “populares”

Lançada durante a Bienal do Livro de SP, em agosto, “Quadrinhos para Todos” tem a proposta de apresentar HQs de qualidade a preços acessíveis.

A estreia se deu com o primeiro número da série belga Boule & Bill e a adaptação de 20.000 Léguas Submarinas, com roteiro de João Marcos e arte de Will.

Agora, a Nemo anuncia os novos títulos da linha.

Boule & Bill: a série estrelada por um garoto e seu cão ganha nova edição ainda neste mês, Semente de Cocker; em novembro, a Nemo lança uma edição especial da série.

As Aventuras do Capitão Nemo: HQ com 30 páginas e histórias inéditas do famoso capitão da Nautilus. Arte de Will e roteiro de diferentes autores.

Força Animal: Série nacional estrelada por quatro heróis com poderes de animais da fauna brasileira. O primeiro número, A Aventura Começa, chega ainda neste mês, com roteiros do editor da Nemo, Wellington Srbek, e arte de Kris Zullo. A HQ terá 20 páginas e periodicidade quadrimestral.

Mitos Recriados em Quadrinhos: também escrita por Srbek, sem mais detalhes até o momento.

Dois encontros na Gibiteria neste fim de semana

A simpática loja de Octávio Costa promove mais uma edição do Dossiê HQ nesta sexta-feira (17), a partir das 19h. Desta vez, os convidados são João Marcos e Will, autores da mais recente adaptação de 20 Mil Léguas Submarinas, de Julio Verne, lançada pela Editora Nemo na Bienal do Livro de São Paulo.

A mediação será de Lillo Parra, do blog Gibi Rasgado e roteirista de outra adaptação, Sonho de uma Noite de Verão, de Shakespeare, também pela Nemo. Depois do papo com os leitores, rola sessão de autógrafo (na última vez teve sanduíche de metro também).

No mesmo dia, às 14h, João Marcos e Will autografam no estande da editora na Bienal do Livro.

No sábado (18), às 16h, acontece na Gibiteria o lançamento simultâneo de Privilégios e outras Histórias, de Gus Morais, e As 100 Primeiras e Melhores Tirinhas, de Andrício de Souza.

Os 100 primeiros compradores de qualquer um dos livros ganha, acreditem se quiser, um vale-coxinha!

A Gibiteria fica na Praça Benedito Calixto, 158, sobreloja, em São Paulo.

HQs na Bienal do Livro de SP: Lançamentos da Nemo

A editora destaca três novos títulos no evento literário (veja todas as capas na galeria abaixo):

Estórias Gerais, de Wellington Srbek (roteiro) e Flavio Colin (arte)

Lançada em 2001 e, depois, em 2007, este relançamento é considerado pela editora como a “edição definitiva”, já que será publicado pela primeira vez no tamanho da arte original (22,5 x 32 cm). A história se passa no sertão mineiro durante a década de 1920 e é dividida em seis capítulos mais uma HQ curta colorida. A edição vem acrescida de carta de Flavio Colin, falecido em 2002, falando de seu prazer em fazer este trabalho, e texto de Srbek sobre a trajetória da publicação ao longo de mais de dez anos (160 páginas, R$ 48).

20.000 Léguas Submarinas, de João Marcos (roteiro adaptado) e Will (arte).

A HQ reconta o clássico da literatura universal escrito por de Julio Verne no século 19. A história é centrada no capitão Nemo e seu submarino Nautilus, uma maravilha tecnológica muito à frente do seu tempo. O livro marca a estreia de uma nova linha da editora Nemo, Quadrinhos para Todos, voltada a leitores de diferentes idades e preço mais acessível (64 páginas, R$ 19,80).

Boule & Bill, de Laurent Verron (a partir da criação de Jean Roba)

Clássica série europeia criada em 1959 com histórias curtas sobre o menino e o cachorro que dão título à obra. Trata de temas da infância com humor, ternura, ingenuidade e ironia. A série alcança 33 álbuns publicados, com tradução em 11 idiomas e 25 milhões de exemplares vendidos. A Nemo lança na Bienal do Livro o primeiro deles, Ao Ataque!, e promete um novo volume para outubro. Boule & Bill também faz parte da linha Quadrinhos para Todos (48 páginas, R$ 14,90).

Durante a Bienal do Livro de São Paulo, haverá sessões de autógrafos com os autores: Wellington Srbek no dia 10, às 19h; João Marcos e Will no dia 17, às 14h.

SERVIÇO:

A Bienal do Livro de São Paulo acontece de 9 a 19 deste mês no pavilhão do Anhembi. O ingresso custa R$ 12 — professores, bibliotecários, profissionais do livro, maiores de 60 anos e crianças com até 12 anos não pagam.

Para chegar, prefira o metrô. Há traslado gratuito para o pavilhão nas estações Barra Funda e Tietê. O estacionamento costuma ser caro e lotado.

Mais informações aqui.

2012: O que vem por aí pela Editora Nemo

O selo de quadrinhos do grupo editorial Autêntica surgiu em 2011 com a proposta de publicar nomes consagrados dos quadrinhos (Moebius, Hugo Pratt) e produções nacionais originais (O senhor das histórias, Ciranda Coraci) ou adaptadas de clássicos (Coleção Shakespeare).

Em 2012, a Nemo dá continuidade ao trabalho e programa mais dois títulos do francês Moebius, O homem é bom? e A Garagem Hermética, mais um título de Corto Maltese de Hugo Pratt, As Helvéticas, e um de Mike Mignola, O Incrível Cabeça-de-Parafuso & Outros Objetos Curiosos.

A Coleção Shakespeare ganha mais quatro adaptações feitas por autores brasileiros: Hamlet, Macbeth, Rei Lear e A Tempestade. Outra linha de revistas, a Coleção História & Quadrinho, ganha neste ano o título A Guerra de Palmares.

O destaque do ano fica mesmo para A Triologia Nikopol, do iugoslavo Enki Bilal. O encadernado de luxo vai reunir três álbuns – A Feira dos Imortais, A Mulher Armadilha e Frio Equador – uma saga futurista que mistura autoritarismo, ficção científica e religião egípcia. As duas primeiras partes foram publicadas no Brasil pela Martins Fontes no final dos anos 1980.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017