Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Drácula

“Quarenta Caixões” chega ao Brasil pela Jambô

quarentacaixoes-capa

Do Press-Release

Nos meados da década de 1890, a escuna Deméter fez sua última viagem. Uma misteriosa carga de quarenta caixas de terra condenou a embarcação e sua tripulação.

Contando um trecho não explicado do famoso livro Drácula, de Bram Stocker, a graphic novel Quarenta Caixões, que a Jambô Editora traz para o Brasil, revela o que aconteceu com o navio e seus tripulantes, e o terrível segredo que acompanhou a embarcação da partida da Bulgária até a chegada acidentada na Inglaterra. Uma narrativa de horror e suspense e uma homenagem em quadrinhos a um dos maiores clássicos da literatura de terror.

Quarenta Caixões é uma história completa feita pelas mãos do premiado escritor e editor uruguaio Rodolfo Santullo, com a arte do também premiado quadrinhista argentino Jok. O livro tem 48 páginas coloridas, formato 17 x 26 cm, capa cartonada e preço de 25,00. A pré-venda começa no dia 16 de novembro.

Confira o preview:

A Mundo Nerd – Grandes Obras 3: Terror

_ Mundo Nerd TERROR 01_capa

A Mundo Nerd – Grandes Obras 3: Terror traz um guia imperdível para os fãs de produções sangrentas e tramas macabras. A edição reúne 50 filmes, 25 livros, 15 HQs, 15 séries e 10 games e informações curiosas sobre essas obras. Uma edição dos diabos para quem é possuído pela cultura nerd.

>> E ainda nesse volume da coleção

Banho de sangue
De que maneira Pinhead, Jason, Freddy Krueger e outros monstros transformaram o gênero terror em um fenômeno nos anos 1980.

10 vampiros
Drácula de Christopher Lee, Lestat de Tom Cruise, Adam de Tom Hiddleston… Conheça os mais icônicos sugadores de sangue do cinema e da TV.

Andrew Fukuda
Uma entrevista exclusiva com o autor da elogiada trilogia literária A Caçada.

Bastidores tétricos
Descubra algumas curiosidades bem macabras sobre as principais obras de terror.

Mundo Nerd – Grandes Obras 3: Terror completa a coleção Grandes Obras e já está nas bancas em São Paulo capital e Rio de Janeiro capital. No restante do país, a revista será lançada nos próximos 60 dias.

PARA REVISTA EM CASA, ligue (11) 3038-5050 ou 0800 8888 508 ou acesse www.europanet.com.br. Aproveite também nossas promoções na compra de edições anteriores. Todo o conteúdo da Revista Mundo Nerd está a venda também no site www.europadigital.com.br.

Vale o investimento: O Andarilho das Sombras

andarilhosdassombras

Vampiros são provavelmente as criaturas mais exploradas do mundo fantástico.

Suas lendas surgiram muito antes da Literatura existir, em diferentes culturas, com nomes distintos. Talvez por isso sua mitologia seja tão longeva e tenha saído da tradição oral e se fixado no imaginário popular de modo tão enraizado.

Versões góticas, monstruosas, sedutoras, cômicas, modernas, pornôs, espaciais, até versões purpurinadas… não seria um exagero dizer que todas as abordagens possíveis, ou a maioria delas, foram apresentadas ao leitor desde que Dracula, de Bran Stoker, desenvolveu literariamente o vampiro moderno em 1897.

Vários escritores brasileiros também se debruçaram sobre mito e alguns chegaram ao sucesso. Outros podem chegar. É o caso do paulista Eduardo Kasse com seu romance de estreia, O Andarilho das Sombras lançado pela editora Draco no ano passado como primeiro volume de uma série idealizada por ele e chamada “Tempos de Sangue”.

Diferentemente da corrente atual de histórias desenvolvidas por escritores nacionais, que posicionam os seres sobrenaturais no Brasil, o drama do nobre Harold Stonecross acontece na Europa Medieval – o que não é um demérito, e sim um posicionamento histórico e geográfico necessário para contar a origem do mito criada por Kasse.

Enquanto sobrevive nas florestas e cidades escuras da Europa na Idade das Trevas, Harold, um homem amaldiçoado, lembra-se do passado, ao mesmo tempo em que narra em primeira pessoa seu presente.

Imortal e com poucos medos, Harold comporta-se como um ator interpretando um texto, sem grandes espaços para improvisações, com a eternidade para refletir suas atitudes, recheadas com humor negro.  Sua realidade é crua, ele é um demônio em busca de sangue, e a imortalidade não parece afetar sua índole, ainda que matar seja uma necessidade tanto para os monstros, quanto para quaisquer outro homem na Idade Média.

Num misto de misticismo e história oficial, a verdade da existência dos “vampiros” naquele período confunde-se com as histórias de terror contadas pelos velhos. Tudo porque o jovem nobre Stonecross sacrificou sua alma por uma promessa maliciosa, em um jogo de poder entre deuses ancestrais e decadentes.

Curiosidade: em nenhum momento o termo vampiro é citado; nem existia naquele período.

A leitura é fluída sem ser rasa, um equilíbrio entre a contextualização histórica e o drama de Harold Stonecross. Outros personagens são interessantes e cativam o leitor; bons coadjuvantes, divertem, conduzem o monstro em sua história e apresentam alguns tipos comuns da Europa naquele período.

O livro não reinventa necessariamente o gênero de vampiros, mas é divertido, tem boas passagens, boa pesquisa histórica e vai agradar aos fãs de literatura fantástica. Tem que aproveitar também o bom momento que o gênero vive no Brasil, principalmente com autores nacionais, muitos deles, escritores de qualidade. A edição da Draco ficou bonita. É livro de estreia muito bom, e vale o investimento.

Em tempo: o segundo livro da série “Tempos de Sangue” está para ser lançado. Mais informações no site da Editora Draco.

Serviço:

O Andarilho das Sombras
Editora: Draco
Gênero: Fantasia Histórica
Páginas: 384
Preço sugerido: R$57,90 (papel)
ou R$ 24,90 (e-book)

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019