Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Disney

Segunda temporada de Ultimate Spider-Man terá mais vilões

O desenho do Homem-Aranha, exibido pelo canal Disney XD é um dos mais legais da atualidade.

A segunda temporada, que estreia nos Estados Unidos na próxima semana (21), acaba de ganhar mais um clipe. Nele, aparece o Doutor Curt Connors (antes de se transformar no vilão Lagarto), que teve participação muito pequena na temporada anterior.

A Marvel dá a entender que nesta temporada veremos mais vilões da galeria do Homem-Aranha: Kraven, Electro e Rhino entre eles.

Mas este deve ser o menor problema do herói aracnídeo: no final da primeira temporada, o Duende Verde destruiu o aeroporta-aviões da SHIELD. Agora, Peter Parker terá que dividir seu quarto na casa da Tia May com os colegas Nova, Power Man, Punho de Ferro e Tigresa.

O episódio de estreia será especial com uma hora de duração. De acordo com a assessoria da Disney, no Brasil ainda não há data prevista para exibição da segunda temporada.

Texto obrigatório da Marvel: On his journey to become the Ultimate Hero, Peter Parker has handled tough challenges. From learning to team up with fellow Super Heroes (including The Avengers!), to fighting baddies from across the Marvel Universe, to remembering to pick up groceries for Aunt May, Spidey thought he had things all webbed up.  Now in Season 2, his world’s been turned upside down as his teammates become roommates, and they’re left to face foes without the help of S.H.I.E.L.D. But when iconic Marvel villains like The Lizard, Kraven, Electro, the Rhino and Doc Ock team up to take on the young heroes, it’s time for Spidey to discover the “great responsibility” of being a leader. Catch the one-hour SPECIAL PRIME TIME PREMIERE of Ultimate Spider-Man Season 2, January 21 at 7p/6c on Disney XD. And keep up with the team every Sunday at 11a/10c inside Marvel Universe.

Biografia de Walt Disney em promoção até sexta-feira

Se estivesse vivo, o criador do maior império de entretenimento da atualidade teria completado 111 anos na última quarta-feira (5).

Para lembrar a data, a editora Novo Século colocou a biografia Walt Disney – O triunfo da imaginação americana, escrita pelo professor e comentarista político norte-americano Neal Glaber, em promoção. Até sexta-feira (7), o livro sai por R$ 59,90 – depois volta ao preço normal, R$ 129,90.

Em 944 páginas, o autor reconta a origem humilde do criador do Mickey Mouse, seus primeiros trabalhos em Hollywood, a fórmula inovadora que imprimiu à animação e ao cinema, o empreendedorismo na construção da Disneylândia. O livro apresenta desenhos, cartas, e documentos até então parcialmente divulgados.

Walt Disney foi empresário, produtor, diretor, roteirista, dublador e animador. Seu império combinou cinema televisão, parques temáticos, música, livros e merchandising.

Recentemente, a Disney esteve em destaque na mídia pela compra da LucasArts; dois anos antes, a empresa adquiriu a Marvel pelo mesmo valor, cerca de US$ 4 bilhões.

Gabler é autor de outros livros ligados à indústria do entretenimento e à cultura das celebridades de Hollywood. Walt Disney – O triunfo da imaginação americana consumiu sete anos de pesquisa.

Artigo: Por que a compra pela Disney é a melhor coisa que poderia acontecer para o universo Star Wars?

por Antonio Santos, especial para o Papo de Quadrinho

A grande notícia no mundo do entretenimento na semana passada foi a compra da LucasArts pela Disney. Assim como aconteceu quando a empresa do Mickey Mouse adquiriu a Marvel em 2009, as preocupações dos fãs se manifestaram imediatamente internet afora, com alegações de que agora o universo Star Wars iria pro buraco mesmo, que as histórias do universo seriam infantilizadas e todos os outros argumentos pré-prontos que aparecem toda vez que uma novidade é anunciada.

Mas a realidade é que essa é provavelmente a melhor coisa que poderia ter acontecido com o universo Star Wars – e o universo do Indiana Jones também, além de todas as outras propriedades intelectuais menores da LucasArts.

Em primeiro lugar, vamos tirar o preconceito do caminho. Embora o nome Disney seja amplamente associado a produtos e personagens infantis, a realidade é que as empresas Disney são o maior conglomerado de entretenimento do planeta, atendendo os públicos mais diversos em todo o mundo. Assiste esportes na ESPN? Disney. Lê quadrinhos ou vê filmes Marvel? Disney. Se emociona com as obras de arte cinematográfica da Pixar (que são muito mais que filmes infantis)? Disney.

Graças a todo esse poder (e a grana que ele gera) a Disney tem entre seus funcionários alguns dos melhores contadores de histórias da cultura pop atual. Além disso, a empresa possui uma forma de administração muito eficiente, permitindo quase total independência para as empresas que adquire e inserindo os principais executivos destas empresas em seu conselho de diretores. Uma empresa adquirida pela Disney não só continua livre para fazer o que faz melhor: ela também ganha voz ativa nas decisões que afetam a empresa-mãe. E ainda ganha apoio em áreas como marketing, TV e licenciamento, o que não faz mal algum, pelo contrário.

Não que a LucasArts precise de ajuda com esses campos. Star Wars é uma franquia que abrange alguns dos jogos, animações e livros mais populares do mundo, alcançando um sucesso enorme por todo o planeta. Mas a realidade é que mesmo assim, o universo não alcança todo o seu potencial porque o carro-chefe da franquia – os filmes – permanecem presos à estrutura definida pelo criador, George Lucas.

Aí vem aquele fato incômodo que quase todo fã de Star Wars tem que encarar: George Lucas perdeu o contato com seus fãs. Antes um criador certeiro e profundamente conectado com seu público, Lucas se tornou um obcecado por novas tecnologias e por corrigir “erros” em suas obras que só ele mesmo vê. Embora a franquia possua muitos produtos diferentes, coordenados por diversas mentes criativas, a realidade é que Lucas sempre foi centralizador. Sendo assim, muitas das ideias geniais do Universo Expandido, o grande pano de fundo que abrange jogos, quadrinhos e livros fica relegado a esses produtos, sem jamais chegar aos cinemas e ao grande público. O universo Star Wars cresceu e foi muito além de George Lucas, mas era a voz dele que filtrava o que o grande público via desse universo.

Se o Batman ainda fosse limitado apenas pela visão de Bob Kane, nunca teríamos Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, ou os filmes da trilogia de Chris Nolan. Se os X-Men ainda tivessem a formação inicial de Stan Lee e Jack Kirby, nunca teríamos lido sobre o fascinante Magneto de Chris Claremont, ou personagens como Wolverine e Noturno. É mais ou menos o que ocorre com Star Wars no cinema. Acompanhamos com prazer a saga dos Skywalker por seis filmes e numerosos produtos, mas já é hora de ir além, acompanhando tudo que foi explorado nos livros e jogos. E, depois, ir ainda mais além. Esse universo é infinito em potencial. Isso é uma raridade no mundo do entretenimento e merece ser explorado plenamente. Nós, fãs, agradecemos.

Com a compra, a Disney ganha o poder de explorar todo esse arsenal criativo sem as limitações impostas por Lucas. Ao mesmo tempo, a empresa já tem uma ampla experiência em administrar novos materiais sem descaracterizar o que os faz únicos (afinal, o Pateta ainda não entrou para os X-Men). O universo Star Wars é tão amplo e tão cheio de potencial que ele precisa de mais vozes e pontos de vista diferentes para crescer. George Lucas não permitia isso. Já a Disney não tem outra opção a não ser permitir isso, já que o melhor para a empresa é explorar o potencial criativo de todos os seus funcionários.

Nada garante, claro, que o Universo Expandido será realmente a base dessa nova fase, mas quer saber? Isso não importa realmente. O importante é a inovação, algo que a direção de Lucas já não oferecia. As novas histórias que surgirem muito provavelmente não vão se opor ao background que foi estabelecido, já que não é do interesse da Disney alienar os fãs, mas serão histórias novas e diferentes. Novamente: nós, fãs, agradecemos.

Antonio Santos escreve para o Popground, o mais novo site sobre cultura pop.

Os Vingadores: US$ 441 milhões de bilheteria ao redor do mundo

Quando o leitor soube aqui que o filme dirigido por Joss Whedom havia batido recordes nos Estados Unidos, os números dos outros mercados ainda não estavam fechados.

Pois bem: com as estreia deste final de semana, Os Vingadores está em exibição em outros 52 países e soma uma bilheteria estrangeira de US$ 441,5 milhões.

Faturamento total até o momento: US$ 654,8 milhões – contra um investimento na produção (sem contar o marketing) de US$ 220 milhões.

Já se fala que o filme vai bater a casa do bilhão, inclusive porque no Japão, considerado um grande mercado, chega às telas somente em agosto.

No Brasil, a bilheteria acumulada é de US$ 31 milhões (e quem enfrentou as filas nos cinemas sabe que é verdade). É o sexto maior faturamento mundial até agora, atrás de Estados Unidos, Reino Unido, México, Austrália e Coreia do Sul.

Com isso, Os Vingadores acaba de ultrapassar o único filme da franquia que faltava, Homem de Ferro 2.

Os Vingadores estreia com recorde nos Estados Unidos

Se é que alguém ainda tinha alguma dúvida, não tem mais. O melhor filme de super-heróis de todos os tempos vem se comprovando um fenômeno nas bilheterias.

Depois do ótimo resultado nos 39 países em que estreou na semana passada, havia a expectativa de como seria a receptividade do público norte-americano.

Segundo estimativas do site especializado Box Office Mojo, o faturamento de Os Vingadores no fim de semana de estreia nos Estados Unidos (4 a 6 de maio) foi de US$ 200,3 milhões. Com isto, o filme bate alguns recordes:

– Maior bilheteria no fim de semana de estreia, deixando para trás Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (US$ 169,2 milhões);

– O filme que atingiu mais rapidamente o faturamento de US$ 100 milhões, US$ 150 milhões e US$ 200 milhões;

– Maior bilheteria no sábado e no domingo de estreia;

– Maior faturamento médio por sala de exibição (US$ 46,057 milhões).

Em apenas três dias, Os Vingadores já superou a bilheteria doméstica de todo o período de exibição dos filmes do Thor, Capitão América e Incrível Hulk.

Vários fatores contribuíram para este resultado, a começar pelas fracas estréias do final de semana nos Estados Unidos.

Claro que não se pode negar que a Disney investiu milhões em marketing e fez um trabalho bastante competente para atrair o público não-leitor de quadrinhos. Mas certamente o volume de críticas positivas, tanto nos países em que foi exibido antes como nas prévias dos Estados Unidos, e o boca-a-boca entre os espectadores foram responsáveis por grande parte deste êxito.

Contando com a bilheteria ao redor do mundo, Os Vingadores já arrecadou US$ 611,8 milhões, mas ainda falta atualizar o faturamento da última semana em diversos países.

Vídeos legendados de Avengers

Muito bem, a espera está quase no fim. No dia 27 finalmente chega o filme dos Vingadores ao Brasil.

Na terça-feira (17), tem exibição para jornalistas, o que significa que o leitor vai poder saber o que achamos do filme uma semana antes da estreia.

Enquanto isso, a Disney disponibilizou mais alguns vídeos legendados em português. Não trazem nenhuma novidade, mas valem como aquecimento.

Mais um vídeo do novo desenho do Homem-Aranha

Você viu aqui um trecho principal animação de Marvel Universe, o novo bloco de programação do canal Disney XD americano.

Hoje a Marvel divulgou mais um vídeo do desenho, desta vez com breves depoimentos de produtores e atores que emprestarão suas vozes aos personagens. Confira abaixo.

O que este vídeo tem de legal é a confirmação de que outros heróis poderão fazer aparições no desenho do Aranha. Até Stan Lee parece ter uma ponta como zelador do colégio em que Peter Parker estuda.

O agente Coulson, que tem sido o elo entre os recentes filmes da Marvel, vai fazer parte da animação – caracterizado e dublado pelo próprio ator Clark Gregg.

E J.K. Simmons voltará a interpretar seu personagem nos filmes do Homem-Aranha, J.J. Jameson. Cool!

Ultimate Spider-Man tem tudo para ser uma ótima animação. Daqui a pouco mais de uma semana, 1º de abril, será possível conferir se a expectativa foi correspondida.

Agora, o texto obrigatório da Marvel:

The most anticipated new animated series of the year, Ultimate Spider-Man, premieres on Disney XD on April 1 at 11a/10c. Go inside the show with this exclusive look behind the scenes with the powerhouse creators and the superstar voice cast.

Want even more? Stop by one of the ULTIMATE SPIDER-MAN LAUNCH PARTY EVENTS on March 31, in NYC and LA, to meet some of the featured talent including Jeph Loeb, Paul Dini, Joe Quesada, Man of Action, Clark Gregg and more!

New York – March 31 12-4pm
Midtown Comics Downtown (64 Fulton Street, NYC)

Featuring Joe Quesada (Marvel Chief Creative Officer), Joe Kelly (Man of Action) and Chris Eliopoulos (Ultimate Spider-Man Premiere Comic)

Los Angeles – March 31 12-4pm
Meltdown Comics (7522 Sunset Blvd, Hollywood)

Featuring Jeph Loeb (Marvel’s Head of TV), Paul Dini (Creative Consultant), Duncan Rouleau & Steven T. Seagle (Man of Action), Clark Gregg (Agent Coulson) and Misty Lee (Aunt May)

Head over to Marvel.com for all the details: http://marvel.com/news/story/18388/ultimate_spider-man_kickoff_parties_in_ny_la

A volta do desenho dos Vingadores: Veja o primeiro trailer

A Marvel liberou hoje (22), um vídeo com as primeiras imagens da segunda temporada de Avengers: Earth’s Mightiest Heroes, que estreia nos Estados Unidos no dia 1 de abril dentro do bloco de programação Marvel Universe do canal Disney XD. Assista:

Pelas imagens do trailer, dá para notar que os produtores cumpriram a promessa de expandir o Universo Marvel na animação.

Os Vingadores ganharão dois novos membros, Capitã Marvel e Visão,  e Quarteto Fantástico, Skrulls, Sutur e outros personagens vão começar a dar as caras.

As cenas misturam uniformes tradicionais com novos, o que leva a crer que a transição se dará aos poucos, ao longo dos episódios.

Finalmente, um dos desenhos animados mais legais da atualidade está de volta. Avengers: Earth’s Mightiest Heroes será exibido juntamente com a nova animação do Homem-Aranha.

A seguir, o texto obrigatório da Marvel:

Assemble!! Marvel’s The Avengers hits the big screen May 4… But in the meantime, get your hero fix with Marvel TV’s trailer for season 2 of The Avengers: Earth’s Mightiest Heroes, premiering April 1 inside Marvel Universe on Disney XD!  The Avengers have fought against some of the most powerful and dangerous super villains in the world. But just when the team thought they had things under control, new threats emerge… Caught in the crossfire between two warring alien empires – Earth’s Mightiest Heroes must make a stand. But whom can they trust when they learn not everyone is who they seem to be?

Tune in for The Avengers: Earth’s Mightiest Heroes season two premiere, along with the series premiere of Ultimate Spider-Man inside Marvel Universe on Disney XD April 1 beginning at 11am/10c.

Disney XD estreia programação com desenhos da Marvel

O anúncio foi feito hoje e começa a valer a partir de primeiro de abril nos Estados Unidos.

Batizado de Marvel Universe, o bloco de programação vai reunir séries animadas inéditas, caso do novo Ultimate Spider-Man, e a tão aguardada segunda temporada de Vingadores: Os Heróis mais Poderosos da Terra.

O desenho do Homem-Aranha será baseado nas histórias do herói no Universo Ultimate com Peter Parker como protagonista – em vez da atual identidade, Miles Morales.

Porém, segundo as informações divulgadas pela Marvel, a animação vai apresentar algumas diferenças, como o fato de o Homem-Aranha integrar a SHIELD juntamente com outros quatro jovens super-heróis, sob supervisão de Nick Fury e ajuda do agente Coulson.

Assim, a Marvel vai promovendo na TV uma integração que ainda não é possível no cinema.

O desenho será produzido pela Marvel Studios, com a parte técnica a cargo da Man of Action Studios (a mesma de Ben 10) e envolvimento de nomes como o chefão Joe Quesada, Paul Dini (conhecido por seus desenhos para a Warner/DC), Joe Casey, Joe Kelly, Duncan Rouleau, Steven T. Seagle e Brian Michael Bendis, principal roteirista do Homem-Aranha Ultimate nos quadrinhos.

Os créditos da dublagem dão mais algumas pistas interessantes: Stan Lee interpretará o personagem Stan the Janitor e JK Simmons será J. Jonah Jameson, o mesmo papel que interpretou no cinema na trilogia do Homem-Aranha de Sam Raimi.

A iniciativa é, sem dúvida, uma resposta ao DC Nation, bloco de programação com heróis da DC anunciado para breve no Cartoon Network.

Vamos ver se uma ou outra chegam ao Brasil…

“Pateta Faz História” volta às bancas com aventuras inéditas

Ótima notícia para os fãs dos quadrinhos em geral e da Disney em particular.

A Editora Abril acaba de confirmar, por meio do editor Paulo Maffia, o primeiro volume de Pateta Faz História para a próxima semana, dia 12.

Sucesso nos anos 1980 e1990, asérie será relançada em 20 edições semanais, ao preço de R$ 9,95. Cada volume (com exceção dos números 12, 19 e 20) trará uma história já publicada junto com outra inédita no Brasil.

O primeiro número virá acompanhado do segundo como brinde.

Pateta Faz História apresenta o atrapalhado personagem da Disney vivendo engraçadas aventuras no papel de alguma personalidade da História ou da Literatura.

Veja a lista completa da coleção e clique nas miniaturas para ver a capa das cinco primeiras edições:

Volume 1: Leonardo Da Vinci / Isaac Newton

Volume 2: Cristóvão Colombo / Johann Strauss

Volume 3: Galileu Galilei / Vasco da Gama

Volume 4: Beethoven / Daniel Boone

Volume 5: Benjamin Franklin / Gustave Eiffel

Volume 6: Dr. Frankstein / Cleópatra

Volume 7: Louis Pasteur / Dom Quixote deLa Mancha

Volume 8: Gutenberg / Casanova

Volume 9: Marco Polo / Goethe

Volume 10: Ulisses / Aníbal

Volume 11: 20.000 Léguas Submarinas / P.T. Barnum

Volume 12: O Homem Invisível / Ascensão e Queda do Império Romano

Volume 13: Arquimedes / Hércules

Volume 14: Rei Arthur / Ali Babá

Volume 15: Tutancâmon / Rip Van Winkle

Volume 16: Genghis Khan / Antonio Stradivari

Volume 17: Guilherme Tell / Robinson Crusoé

Volume 18: Rei Midas / O Médico e o Monstro

Volume 19: A Volta ao Mundo em 80 Dias / Aladim

Volume 20: Teatro Disney (Completo)

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017