Diário de um Banana | Papo de Quadrinho
Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Diário de um Banana

2018: O que vem por aí pela V&R Editoras

vrenriqueta

Neste ano, a V&R lança Escrito e Desenhado por Enriqueta, segundo título do argentino Liniers publicado pela editora no Brasil.

Neste trabalho, Liniers faz uma homenagem ao processo de criação de uma obra. Como diz o título, a história de uma jovem valente que enfrenta monstros e outras ameaças é contada por Enriqueta, uma das protagonista da série de tiras Macanudo.

A editora vai lançar também o 13o volume de Diário de um Banana e uma edição especial com o primeiro volume da coleção, em comemoração aos 10 anos de publicação no Brasil.

Papo de Quadrinho viu Diário de Um Banana 2

Por Eduardo Marchiori

Diário de Um Banana 2 – Rodrick é o Cara, que estreia no Brasil nesta sexta, dia 16, exclusivamente na rede Cinemark, é uma adaptação do best-seller homônimo do autor Jeff Kinney, lançado em 2008.

Este é o segundo de uma série que chega à sua sexta edição nos Estados Unidos, e que conta também com o especial Faça Você Mesmo, um livro interativo em que o leitor faz o seu próprio diário, seguindo as orientações do personagem principal, Greg.

O número 2 no título do filme talvez cause um pouco de estranheza, uma vez que o primeiro nunca chegou aos cinemas brasileiros e foi lançado diretamente em DVD – mesmo tendo desbancado, nos Estados Unidos, Alice no País das Maravilhas de Tim Burton. A continuação demorou bastante para chegar por aqui, uma vez que estreou lá fora em março. Ainda assim, o filme continua sendo subestimado pelos distribuidores, e só será exibido na Rede Cinemark.

De qualquer forma, o público poderá acompanhar as confusões de Greg (Zachary Gordon), um garoto de 13 anos e sua tentativa de ser o mais popular da escola. Mesmo para quem não viu o primeiro filme, não há qualquer prejuízo, pois a história é totalmente independente.

Desta vez, o foco é no relacionamento turbulento entre Greg e seu irmão mais velho Rodrick (Devon Bostick), baterista de uma banda de rock chamada “Fräwda Xeia” (com essa mesma grafia) que, como em toda família, não é lá dos melhores, apesar dos esforços dos pais para fazer com que os filhos se dêem bem.

O filme mostra o ingresso de Greg na sétima série, onde ele reencontra os amigos: o inseparável Rowley (Robert Capron), Fregley (Grayson Russel) e o indiano Chirag (Karan Brar), além da nova aluna do colégio, Holly Hills (Peyton List), por quem Greg se apaixona.

As tentativas do garoto para conquistar a popularidade na classe e atrair a atenção de sua pretendente resultam numa sequência impagável de gags e provocam o efeito contrário: ele só consegue provar que é um verdadeiro banana.

Ao mesmo tempo, um concurso de talentos promovido pela escola se torna a única oportunidade para Rodrick divulgar sua banda. A mãe dos garotos (Rachel Harris), que tem uma coluna no jornal do bairro sobre relacionamento familiar, usa os ensaios como pretexto para aproximar os irmãos. Evidentemente, a convivência forçada só causa mais confusão.

O grande sucesso da série está exatamente na identificação do público com as situações vividas por Greg; afinal, todo adolescente já passou por elas. É com a simplicidade de enfocar esse cotidiano que a série O Diário de Um Banana mostra como a vida pode ser divertida, desde que olhemos para ela com bom humor. É uma comédia leve e engraçada, que prova que não é necessário ter sexo e termos chulos para fazer rir.

Uma dica: o autor do livro, Jeff Kinney, faz uma ponta no filme, como o pai de Holly Hills. Preste atenção nele na cena da igreja, uma das mais engraçadas do filme todo. Vale informar também que, no próximo dia 21, chega às livrarias brasileiras, o quinto livro da série: A Verdade Nua e Crua. Decididamente, este setembro será um mês embananado.

Antes dele, já foram lançados: Diário de um Banana (2008), Rodrick é o Cara (2009), A Gota D’Água (2010), Faça Você Mesmo (2010) e Dias de Cão (2011), sempre pela V&R Editoras.

Eduardo Marchiori é jornalista, editor do blog “O X da Questão” e colaborador da revista Mundo dos Super-Heróis e do site Meu Herói.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2018