Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Comix

Jack Kirby ganha biografia nacional por ocasião do seu centenário

kirby_capa

Se estivesse vivo, Jack Kirby completaria 100 anos no próximo dia 28 de agosto. Dono de um traço marcante e personalidade idem, Kirby deixou uma marca insuperável na história das histórias em quadrinhos.

Seu centenário não passou em branco, mesmo aqui no Brasil. De um livro de luxo com ilustrações de brasileiros (editado por Edson Diogo, do site Guia dos Quadrinhos) até uma série de matérias especiais na publicação especializada Mundo dos Super-Heróis, Kirby vem sendo lembrado – como se algum dia tivesse sido esquecido – por artistas, leitores, jornalistas, pesquisadores.

Eis que chega mais uma obra para engrossar o coro de homenagens. Nas próximas semanas, será lançado, pela novíssima Editora Noir, O Criador de Deuses – Jack Kirby, escrito pelo pesquisador, roteirista e escritor Roberto Guedes.

Autor da primeira biografia brasileira de Stan Lee, em 2012, Guedes repete o feito e garante que, assim como o outro, também este livro traz informações inéditas para os leitores.

Nesta entrevista para o Papo de Quadrinho, ele conta como este projeto nasceu e algumas curiosidades.

Seu livro está sendo lançado numa data bem próxima ao aniversário de 100 anos de Jack Kirby. Esse era um projeto que você já vinha gestando ou foi produzido especialmente para a ocasião?

No final do segundo semestre de 2016, um editor da Noir entrou em contato comigo para saber se eu tinha vontade de escrever algum livro para a editora. Comentei que gostaria de escrever sobre a carreira de Kirby, cujo centenário seria no ano seguinte. Os editores adoraram a ideia, e fechamos o negócio.

Muito se tem falado sobre Kirby nas últimas décadas e em especial neste ano. Que tipo de informação inédita o leitor poderá encontrar nessa biografia?

A vida particular de Kirby é um objeto praticamente inexistente para o grande público, mas no livro há uma radiografia abrangente do cidadão Kirby. Desde seus dias no Lower East Side (o bairro pobre e barra-pesada onde cresceu), com seus pais, seu quase desconhecido irmão mais novo, seu namoro e casamento com Rosalind. Conta bastante também sobre sua amizade e parceria com Joe Simon. Enfim, o livro apresenta as várias facetas de Kirby, que antes de ser um artista genial, era também um ser humano, com suas falhas e qualidades. Alguém que transmutava sua fúria interior em obras de arte sequencial.

Além, claro, da participação imprescindível de Kirby na gênese do Universo Marvel nos anos 1960, que outros momentos da vida do “Rei” mereceram mais atenção em seu livro?

 Acredito que os anos que antecederam a criação do Universo Marvel, bem como sua carreira posterior em Hollywood também têm um bom destaque na obra. E não tenho dúvidas que muita gente vai se admirar com a quantidade de coisas que ele fez para a DC, além do Quarto Mundo.

Como você tratou um dos temas mais polêmicos da biografia de Kirby, a desavença com o parceiro Stan Lee?

Procurei registrar o maior número possível de depoimentos de outras pessoas que testemunharam aqueles momentos, e que acompanharam de perto a carreira daqueles dois incríveis autores. São pontos de vistas distintos de colegas de profissão, amigos e familiares que, quando entrecruzados com a visão particular de Stan e Jack para certos tópicos, oferecem uma nova e surpreendente perspectiva para o que realmente foi a Era Marvel. Nem teorias sobre a real utilidade do charuto do Kirby ficaram de fora.

Na sua visão, qual é a percepção que os jovens leitores de quadrinhos têm de Jack Kirby? Eles reconhecem sua importância?

Acho que a grande maioria ainda não soube mensurar a real importância de Kirby para os quadrinhos de super-heróis. Espero que a leitura do livro ajude a esclarecer isso.

O Criador de Deuses – Jack Kirby tem 220 páginas e preço de R$ 49,90. A Comix Book Shop vai vender uma edição limitada do livro com essa capa exclusiva abaixo, que retrata Night Fighter, personagem criado por Joe Simon e Jack Kirby nos anos 1950, e que jamais foi lançado.

kirby_capa_comix

Autor e editora ainda não definiram quando será o evento de lançamento seguido de sessão de autógrafos. Fiquem ligados nas redes sociais do Papo de Quadrinho para não perder a data!

Tem Virada Nerd + Dia do Quadrinho Grátis neste final de semana

 

viradanerd

Numa iniciativa da Devir com editoras e lojas parceiras, acontece neste fim de semana, dias 19 e 20, em diferentes pontos do país, a primeira edição da Virada Nerd + Dia do Quadrinho Grátis.

Serão 24 horas de atividades: sessões de autógrafos, jogos de tabuleiro, mesas de RPG, cosplay, debates, promoções. Cada loja ou ponto participante define sua própria agenda.

Em São Paulo, por exemplo, o jornalista Paulo Ramos faz sessão de autógrafos da nova edição de seu livro Bienvenido – Um Passeio Pelos Quadrinhos Argentinos na Comix, no dia 19h, às 15h.

No mesmo horário, o Instituto dos Quadrinhos realiza o debate O Jornalista e o Mercado de HQs, com presença de Gabriela Franco (Minas Nerds), Renan Martins Frade (Judão) e do editor do Papo de Quadrinho, Jota Silvestre.

Também no sábado, a loja Terramédia mantém o Beco do Artistas, com presença de Laudo Ferreira, Omar Vinõle, Mario Cau, Al Stefano, Daniel Esteves, Cadu Simões e Will Sideralman.

Confira AQUI a programação até o momento.

Quadrinhos grátis

O Dia do Quadrinho Grátis, que integra a programação da Virada Nerd, foi inspirado no Free Comic Book Day dos Estados Unidos.

Durante esse dia, livrarias distribuem gratuitamente HQs produzidas pelas editoras especialmente para o evento. A Devir, por exemplo, está oferecendo revistas com 32 páginas de Umbrella Academy (Gerard Way e Gabriel Bá) e Piratas do Tietê (Laerte).

Os leitores devem ficar atentos: levar um desses quadrinhos para casa sem pagar nada depende da quantidade de exemplares que a loja participante recebeu e de quantas pessoas passaram pelo local.

Confira AQUI a relação de lojas participantes.

Streaming

Também como parte da programação da Virada Nerd, acontecem streaming com autores nacionais e internacionais. Os papos serão transmitidos ao vivo para as lojas participantes e o público presente poderá interagir enviando perguntas.

Os artistas que participam do streaming (no sábado) são:

11h: Klaus Wrede: Designer do Jogo Carcassonne.

20h às 21h: Matt Fraction, Fábio Moon, Gabriel Bá

21:30h às 22:30h: Gerard Way e Gabriel Bá

Na página do evento no Facebook há mais informações sobre como mandar perguntas antecipadamente.

Segundo a Devir, estas duas iniciativas foram criadas “com a intenção de divulgar e prestigiar as lojas especializadas em quadrinhos e um sistema de distribuição que atende centenas desses pontos que concentram formadores de opinião do mercado nerd”.

“Modelo Vivo”, de Laerte, tem lançamento neste fim de semana em SP

modelo-vivo_laerte

O lançamento acontece no sábado (5), na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 – próximo ao metrô Consolação), das 15h às 17h, com sessão de autógrafos. É a primeira obra autoral de Laerte a ser lançada pelo Barricada, selo de quadrinhos da editora Boitempo.

Modelo Vivo (88 páginas, R$ 49) reúne desenhos baseados em modelos humanos, produzidos no decorrer de um curso livre organizado em 2013 por Laerte e o filho, Rafael Coutinho.

Ao mesmo tempo, o livro faz um resgate histórico ao reintroduzir para novos leitores HQs publicadas nas décadas de 1980 e 1990 (algumas conhecidas, outras nem tanto e uma inédita) em fanzines e revistas icônicas da Circo Editorial, como Chiclete com Banana, Piratas do Tietê, Geraldão, Circo e Cachalote. A organização é de Toninho Mendes, ex-editor das revistas da Circo Editorial.

modelo-vivo_tira

Exposição 

De 26 de novembro a 9 de dezembro, a Ugra Press (Galeria Ouro Velho – Rua Augusta, 1371, loja 116) abriga uma exposição de retratos de Laerte por Rafael Roncato. Com entrada gratuita, a mostra pode ser visitada de segunda à sexta, das 12 às 20h, e aos sábados, das 10 às 19 horas.

Draco promove “Sábado de Boy’s Love” na Comix

boys-love-comix

O evento está marcado para este sábado, dia 26, e tem presença confirmada de alguns autores da série de livros: Dana Guedes Karen Álvares Claudia Dugim Fabio Baptista e Agatha Yukari.

O encontro entre autores e leitores vai servir também para o lançamento de mais dois volumes da série Boy’s Love publicada pela Editora Draco: a antologia Boy’s Love: Sem Preconceitos, Sem Limites e a light novel Boys’ Love: Flor de Ameixeira. Os novos títulos se juntam ao já lançado Boy’s Love: Histórias de Amor sem Preconceito.

As obras ilustradas celebram a diversidade e exploram o yaoi, gênero japonês que abrange diversas mídias – contos, quadrinhos, animações e games – direcionados para o público feminino e com foco no romance entre rapazes.

O “Sábado de Boy’s Love” acontece na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 – Cerqueira César – São Paulo – próximo ao metrô Paulista/Consolação, das 13h às 17h).

Laudo e Marcatti lançam “Dedos Mágicos”

dedos mágicos

Depois da parceria de Will e Sam Hart em 2 x 10, mais uma dupla de ícones dos quadrinhos nacionais se une em torno de um projeto independente.

Dedos Mágicos marca a primeira parceria da longa carreira de Marcatti com outro desenhista. Nesta HQ, ele ficou responsável pelo roteiro e o premiado Laudo Ferreira Jr., pela arte.

Nas palavras do artista, Dedos Mágicos é um “novelão”, ambientado no subúrbio e tendo como palco principal um típico boteco/mercearia de bairro.

A HQ tem 60 páginas, capa colorida, miolo em preto e branco, formato 15,5 x 23 cm e valor de R$ 35. O roteirista Lillo Parra assina o prefácio.

O lançamento acontece no dia 7 de março na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 – Cerqueira César – SP), a partir das 14h. Dedos Mágicos pode ser comprada também nos sites da Ugra Press e do cartunista Marcatti.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017