Num mercado concorrido e difícil como é o de quadrinhos, a editora independente MeuHerói vai contra a tendência de testar a popularidade de sua criação primeiro na Internet e parte direto para a versão impressa.

Ousa, também, ao investir no gênero de super-heróis, dominado pelos comics americanos.

Capitão R.E.D. – Distrito de Risco e Emergência foi lançada oficialmente ontem (25) e é estrelada pelo capitão do título e sua organização do mesmo nome. Segundo o autor e editor Elenildo Lopes, o herói enfrenta críticas já em sua primeira aventura, ambientada no Rio de Janeiro pós-Jogos Olímpicos e dominada pelo crime.

O personagem principal foi apresentado ao público no início do mês, por meio de um viral no Facebook. No dia 14, foi publicado um prólogo da Internet, que virá encartado na edição impressa de R.E.D.

O selo MeuHerói nasceu do site homônimo, especializado em quadrinhos brasileiros.

O roteiro é de Elenildo, com arte de A.Lima e cores de Gil Santos.

Capitão R.E.D. – Distrito de Risco e Emergência tem 40 páginas, formato americano, capa e miolo coloridos e preço de R$ 6,90 mais despesas de Correio. Até dia 1 de maio, está sendo vendida a R$ 5,90. Interessados podem comprar a HQ pelo site oficial.