Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Bilheteria

“Quarteto Fantástico” fracassa na estreia americana

THE FANTASTIC FOUR

É triste, mas previsível. Um diretor inexperiente, mudanças desnecessárias na mitologia dos quadrinhos, um reiterado desdém com os fãs. Isso tudo e mais alguns ingredientes acenderam a luz amarela quanto ao sucesso de Quarteto Fantástico nos cinemas.

A resposta veio rápida e implacável: no fim de semana de estreia nos Estados Unidos, a produção dirigida por Josh Trank (Poder sem Limites) faturou apenas US$ 26,2 milhões nas bilheterias.

É pouco, muito pouco para uma produção milionária que se propunha a devolver a dignidade à superequipe dos quadrinhos depois de duas tentativas relativamente frustradas, em 2005 e 2007.

Para se ter uma ideia, a abertura de Quarteto Fantástico ocupa a 32ª segunda posição numa lista de 40 filmes estrelados por personagens da Marvel – isso em valores nominais, sem correção pela inflação.

Os filmes anteriores – Quarteto Fantástico e Quarteto Fantástico e O Surfista Prateado – faturaram, no primeiro final de semana, US$ 56 milhões e US$ 58 milhões, respectivamente. No site agregador de resenhas Rotten Tomatoes, o filme detém a incrível marca de 8% de críticas positivas, contra 27% e 37% de seus antecessores.

Nesta semana, à medida que as críticas negativas viralizavam na internet, Josh Trank publicou no seu Twitter (e depois apagou) que sua versão do filme seria muito melhor do que a que foi parar nas telas.

Boatos dão conta de que houve, sim, interferência de executivos da Fox, mas só porque o diretor parecia perdido, sem saber o que fazer com o filme e que mal se comunicava com elenco e equipe.

É previsível, mas ainda assim triste. A Fox perde dinheiro e os fãs perdem a oportunidade de assistir a um bom filme de uma das equipes de super-heróis mais bacanas dos quadrinhos.

O melhor que o estúdio tem a fazer é assumir sua incompetência, seguir os passos da Sony e chegar a um acordo para devolver os personagens à Marvel Studios. Quem sabe, assim, todos voltam a ganhar.

Assista ao trailer de Quarteto Fantástico:

“Vingadores – Era de Ultron” já é o terceiro filme mais assistido da Marvel Studios

M

O mais recente filme da principal equipe de super-heróis da editora faturou US$ 77,2 milhões entre os dias 8 e 10 de maio, de acordo com estimativa do site Box Office Mojo. O valor representa queda de 59% em relação ao fim de semana de estreia, entre os dias 1 e 3.

O resultado invejável continua abaixo do primeiro Os Vingadores. O longa de 2012 registrou queda menor, de 50%, entre os dois primeiros finais de semana, e acumulou US$ 373 milhões nos 10 primeiros dias de exibição – contra US$ 312,5 de Vingadores – Era de Ultron.

Na bilheteria mundial, Era de Ultron acumula US$ 876 milhões. Com isso, em apenas 10 dias superou as várias semanas de exibição dos ótimos Capitão América 2 – O Soldado Invernal (US$ 714,8 milhões) e Guardiões da Galáxia (US$ 774,2 milhões), e já se posiciona como o terceiro filme mais rentável da Marvel Studios, atrás apenas de Homem de Ferro 3 (US$ 1,21 bilhão) e Os Vingadores (US$ 1,5 bilhão).

Leia nossa crítica do filme aqui.

“Vingadores – Era de Ultron” fatura US$ 187 milhões na estreia americana

vingadores_eradeultron

Depois de estrear com ótimo resultado em mais de 40 mercados, Vingadores – Era de Ultron desembarcou nos Estados Unidos na última sexta-feira (1). A bilheteria ficou quase 10% menor que a do primeiro Os Vingadores (US$ 207 milhões), em 2012.

Leia nossa crítica do filme aqui.

Mesmo assim, a Marvel não tem do que reclamar, pois detém os três maiores faturamentos em fins de semana de estreia todos os tempos nos Estados Unidos – os dois Vingadores e Homem de Ferro 3 (2013), este último com US$ 174 milhões.

No total, o segundo longa-metragem da superequipe acumula US$ 626 milhões nos 10 dias da estreia mundial. Com isso, o universo cinematográfico da Marvel já conquistou o posto de franquia mais rentável ao superar Harry Potter: US$ 7,78 bilhões contra US$ 7,27 bilhões.

Vingadores – Era de Ultron ainda não estreou em dois importantes mercados: China (dia 12) e Japão (só dia 4 de julho). É quase certo que a sequência empate ou até supere os US$ 1,5 bilhão faturados pelo primeiro filme.

“Vingadores – Era de Ultron” fatura mais de US$ 200 milhões na estreia mundial

av291

O filme chegou a 44 países uma semana antes dos Estados Unidos, na próxima sexta-feira (1). Os dados ainda são preliminares: segundo a Disney, os US$ 201,2 milhões de bilheteria de Vingadores – Era de Ultron superam em 44% o primeiro fim de semana mundial do primeiro Os Vingadores e em 24% o de Homem de Ferro 3.

Ainda de acordo com o estúdio, os países em que o filme teve melhor desempenho até o momento foram Coreia do Sul (US$ 28,2 milhões), Reino Unido (US$ 27,3 milhões) e Rússia (US$ 16,2 milhões), seguidos de Brasil e Austrália (US$ 13,1 milhões), França (US$ 12,4 milhões) e Alemanha (US$ 9,3 milhões).

Pelo levantamento, Vingadores – Era de Ultron é a segunda maior bilheteria num fim de semana de estreia de todos os tempos no Brasil, em moeda local.

Leia nossa crítica aqui.

Guardiões da Galáxia detona e é o filme mais assistido do ano nos EUA

902239-product-feature1-740x448

A liderança já havia sido conquistada na sexta-feira. Agora, com a estimativa do fim de semana completo, o filme ultrapassou, e muito, Capitão América 2 – O Soldado Invernal: US$ 274,6 milhões contra US$ 259,7.

O extraordinário é que Guardiões da Galáxia alcançou em cinco semanas um resultado que Capitão levou 20. E não se está falando de um filme qualquer: para muitos fãs, a segunda aventura do Sentinela da Liberdade era o melhor filme da Marvel até então.

Leia nossa crítica de Guardiões da Galáxia aqui.

A decepção fica mais uma vez para Sin City 2 – A Dama Fatal. No segundo fim de semana, o filme baseado nas HQs de Frank Miller desabou 65%, fez só US$ 2 milhões na bilheteria e ficou em 14º lugar.

No Brasil, Sin City 2 foi adiado de 11 para 15 de setembro.

Bilheteria EUA: Guardiões da Galáxia retoma liderança no 4º final de semana

GOTG082408

O resultado já era esperado. A nova aventura cinematográfica da Marvel, recuperou o primeiro lugar de As Tartaruga Ninja neste final de semana (22 a 24 de agosto).

Guardiões da Galáxia faturou US$ 17,6 milhões contra US$ 16,8 dos répteis mutantes, segundo estimativa do site Box Office Mojo.

Na prática, significa que o boca-a-boca do primeiro vem funcionando melhor. Guardiões da Galáxia está no quarto final de semana de exibição, e havia perdido o posto para As Tartarugas Ninja na estreia deste (8 a 10) e no fim de semana seguinte (15 a 17).

No agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme da Marvel mantém cotação altíssima de 92% de avaliações positivas dos profissionais e 95% do público – As Tartarugas Ninja amarga cotação de 20% e 60% respectivamente.

A nota triste fica para a fraca estreia de Sin City 2 – A Dama Fatal, que estreou em oitavo lugar no fim de semana, com bilheteria de US$ 6,4 milhões. Os Mercenários 3 também não decolou: depois de fazer US$ 15,7 milhões no primeiro de fim de semana (15 a 17), neste faturou apenas US$ 6,6 milhões, e ficou com o sétimo lugar.

Até o momento, Guardiões da Galáxia acumula US$ 251,8 milhões nas bilheterias norte-americanas, e é o terceiro filme mais assistido do ano naquele país (atrás de Capitão América 2 – O Soldado Invernal e LEGO Movie). A bilheteria mundial está em US$ 489,5 milhões.

Estreia de Tartarugas Ninja desbanca Guardiões da Galáxia

GdGTN

A nova incursão dos répteis mutantes no cinema faturou estimados US$ 65 milhões no fim de semana de 8 a 10 de agosto.

Apesar de ficar muito aquém da estreia dos Guardiões da Galáxia, foi suficiente para destronar o filme da Marvel em seu segundo final de semana.

Ainda assim, Guardiões mantém bom desempenho: os US$ 41 milhões faturados coloca o longa em pé de igualdade com outros blockbusters no mesmo período (segundo fim de semana), como Capitão América 2: O Soldado Invernal e O Homem de Aço, e à frente de Thor: O Mundo Sombrio e de O Espetacular Homem-Aranha 1 e 2.

Em apenas 10 dias de exibição, Guardiões da Galáxia já faturou R$ 175 milhões nos Estados Unidos.

“Guardiões da Galáxia” faz R$ 11,8 milhões na estreia brasileira

guardiões-da-galáxia

O filme começou a ser exibido no País na quinta-feira, 31 de julho. Segundo a Disney, foram 850 mil espectadores. Apesar de ficar em primeiro lugar no fim de semana, está longe de ser uma boa estreia nos cinemas brasileiros.

Leia nossa crítica do filme aqui.

Na comparação com outras aberturas de 2014, Guardiões da Galáxia fica na 11º posição, atrás de (nessa ordem): Homem-Aranha 2: A Ameaça de Elektro, Noé, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, Rio 2, Planeta dos Macacos: O Confronto, Capitão América 2: O Soldado Invernal, Como Treinar seu Dragão 2, 300: A Ascensão do Império, Malévola e A Culpa é das Estrelas.

Bem diferente dos Estados Unidos: no mesmo final de semana, o filme faturou US$ 94 milhões e já é a terceira melhor estreia do ano.

Por outro lado, Guardiões da Galáxia teve melhor desempenho de estreia que Godizilla, Robocop e Transformers 4: A Era da Extinção.

Bilheteria EUA: “Guardiões da Galáxia” é a terceira maior estreia do ano

G2

Saiu há pouco a estimativa das bilheterias norte-americanas para o fim de semana de 1 a 3 de agosto. Guardiões da Galáxia faturou US$ 94 milhões e é a terceira maior abertura do ano, atrás apenas de Transformers 4: A Era da Extinção (US$ 100 milhões) e Capitão América 2: O Soldado Invernal (US$ 95 milhões).

Leia nossa crítica do filme aqui.

Com isso, o filme da pouco conhecida superequipe ficou à frente de franquias consagradas que ganharam sequências em 2014, como Godzilla (US$ 93,2 milhões), O Espetacular Homem-Aranha 2 (US$ 91,6 milhões) e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (US$ 90,8 milhões).

A estimativa é que Guardiões da Galáxia rendeu mais US$ 66,4 milhões na soma dos outros países que fizeram a estreia neste fim de semana. No total, o filme já estaria praticamente pago em apenas três dias (o investimento divulgado na produção é de US$ 170 milhões).

“X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” tem ótima estreia nos EUA

D

O filme fez US$ 90,7 milhões entre os dias 23 e 25 de maio, segundo estimativa do site Box Office Mojo. Apesar do ótimo resultado, está abaixo dos US$ 100 milhões estimados por conta do fim de semana prolongado nos Estados Unidos – amanhã é comemorado o “Memorial Day”.

O primeiro fim de semana de Dias de um Futuro Esquecido ficou abaixo da estreia de outros filmes de super-heróis deste ano: Capitão América 2 (US$ 95 milhões) e Espetacular Homem-Aranha 2 (US$ 91,6 milhões), e também de Godzilla (US$ 93,2 milhões). Ou seja: perdeu só para os campeões e é a quarta maior abertura americana de 2014.

Na comparação com os demais filmes dos X-Men, perde apenas para O Confronto Final, de 2006 (US$ 102,7 milhões). Isso em termos nominais; em valores atualizados, fica atrás também de X-Men 2, de 2003 (US 112 milhões) e praticamente empata com X-Men: Origens: Wolverine, de 2009 (US$ 90,7 milhões).

A estimativa é que nos demais países, Dias de um Futuro Esquecido já faturou outros US$ 171 milhões.

Leia aqui nossa crítica de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido.

Página 0 de 3

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017