Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Arrow

“Mundo dos Super-Heróis” traça panorama do Batman no Brasil

Mundo71_capa

Do Press-Release

Nas bancas brasileiras, Batman sempre teve lugar de destaque. O personagem ajudou as revistas em quadrinhos a se estabelecerem no país e, desde 1940, praticamente não deixou de ser publicado. Hoje, com 75 anos de uma sólida carreira de edições mensais e especiais, o Homem-Morcego tem muitos motivos para ser um dos personagens mais conhecidos das HQs.

A revista Mundo dos Super-Heróis 71 (outubro/2015) traz uma reportagem de capa com a trajetória do Homem-Morcego no Brasil, que mostra os bastidores das editoras em que o personagem passou, as traduções bizarras e as edições memoráveis publicadas no país, como Cavaleiro das Trevas, Ano Um, Piada Mortal e muitas outras publicações.

O pôster que acompanha a edição traz ainda mais Batman, com uma linha do tempo com os momentos mais importantes da carreira do personagem no Brasil, desde sua estreia na revista Lobinho até a nova publicação semanal da Panini, Batman Eterno. No verso, uma incrível ilustração do  Homem-Morcego feita pelo talentoso desenhista brasileiro Caio Cacau.

Outras matérias

Para quem está esperando as principais séries de TV de super-heróis, a reportagem “Invasão em Série” traz os detalhes das novas temporadas de The Flash, Arrow, Gotham, Agents of Shield, entre outras, além de falar das estreias de Supergirl e Legends of Tomorrow.

Em visita ao Brasil, o artista britânico Peter Milligan conversou com a Mundo sobre seu legado na Vertigo e de seus vários trabalhos com super-heróis, como Batman/Superman e Liga da Justiça Dark, o que rendeu uma entrevista exclusiva.

Confira 10 curiosidades sobre Deadpool, o herói mais politicamente incorreto da Marvel. A seção Action-Figures traz as novas estátuas da DC produzidas pela Iron Studios, com design de Ivan Reis. A linha do tempo traz a carreira de Shang-Chi, o lutador de artes marciais da Casa das Ideias conhecido como Mestre do Kung Fu.

Completam esta edição: Peneira Pop, com a cobertura da ComicCon RS, notícias e curiosidades sobre os super-heróis; quiz para testar os conhecimentos dos leitores; a trajetória de Tom DeFalco, editor-chefe e roteirista de um dos períodos mais lucrativos da Marvel; resenhas, dicas de leitura e cartas dos leitores.

Sobre a revista

A Mundo dos Super-Heróis é a única revista brasileira especializada no universo dos super-heróis nas mais diferentes mídias: quadrinhos, livros, séries de TV, desenhos animados, internet e cinema. É também a mais duradoura publicação sobre o gênero, distribuída em bancas desde 2006 e com mais de 70 edições lançadas

SERVIÇO:

Mundo dos Super-Heróis 71

68 páginas

Formato 20,5 x 27,5 cm

Preço: R$ 12,50.

À venda em bancas de jornal, livrarias e lojas especializadas de todo o país. Assinaturas e compra de números atrasados podem ser feitas pelos telefones (11) 3038-5050 e 0800-888508 ou pelo site www.europanet.com.br/superheroi.

Disponível também em versão digital na Apple Store e site www.iba.com.br (assinantes da revista impressa têm acesso gratuito ao conteúdo digital).

Conheça também a revista nas redes sociais: facebook.com/revistaMSH e Twitter @superherois.

A roupa nova do Arqueiro

arrow-suit-49b6b

Se você assistiu à terceira temporada de Arrow, pode ter se sentido dividido como nós. Roteiro confuso, mau aproveitamento do vilão, muita discussão desnecessária e um final que não condiz com o tom sombrio da série.

Antes de embarcar rumo à felicidade ensolarada acompanhado da radiante Felicity, OIiver Queen diz aos amigos que “é hora de se tornar outra pessoa”. Claro que ninguém acreditou que o herói sairia de cena, mas sim que passaria por algum tipo de transformação.

A primeira pista veio na noite deste sábado (11), com a revelação do traje para a quarta temporada da série no painel da Warner, na San Diego Comic Con.

O visual afasta-se de vez do estilo rústico da minissérie Green Arrow: Year One (2007) e se aproxima da reformulação feira por Neal Adams em 1969 (The Brave and The Bold 85). A trama deve assumir um ar mais leve.

“Nós sempre dissemos que o progresso de Oliver é do Arqueiro para o Arqueiro Verde, e este é o próximo passo”, disse o produtor Greg Berlanti durante o painel. Outro produtor, Andrew Kreisberg, acrescentou que Oliver está num lugar muito melhor quando a quarta temporada começa. “Ele está feliz, ele está apaixonado”. Haverá mais humor no programa, mas “ele ainda atira flechas, ainda haverá cenas na chuva”.

Vamos poder conferir tudo isso a partir do dia 7 de outubro, quando a nova temporada estrear no canal CW nos Estados Unidos.

Séries de quadrinhos lideram estreias da TV paga no Brasil

twd5

Levantamento exclusivo do Notícias da TV comprova que o gênero de super-heróis está em alta.

De acordo com o site, o primeiro episódio da quinta temporada de The Walking Dead, baseada na série em quadrinhos de Robert Kirkman (publicada no Brasil pela editora HQM), lidera o ranking da “fall season”, como é chamada a temporada de estreias – e reestreias – nos Estados Unidos (veja quadro abaixo).

Entre as novatas, The Flash lidera, logo em segundo lugar no ranking geral, seguida de Gotham e – surpresa! – Constantine (empatada com Revenge). Agents of Shield ficou na 15º colocação. A surpresa é que Arrow não aparece na lista das 20 melhores estreias da temporada.

Será interessante esperar pelo ranking dos segundos e terceiros episódios, que indicam, com mais precisão que a estreia, se uma série caiu ou não no gosto do público.

Ranking Estreia Séries 2014

Escolhido ator de Ra’s Al Ghul em “Arrow”

arrowghul

Que Liam Neeson, que nada! Quem vai interpretar o vilão na série de TV do Arqueiro Verde é o australiano Matt Nable, que estrelou no ano passado o filme Riddick ao lado de Vin Diesel.

A estreia de Nable como Ra’s Al Ghul se dará no quarto episódio da terceira temporada de Arrow, The Magician, previsto para ir ao ar nos Estados Unidos no dia 29 de outubro. É também o episódio de número 50 da série.

Ghul é o grande vilão da temporada e deve se converter na maior ameaça já enfrentada pelo Arqueiro Verde. Ele foi citado várias vezes ao longo programa como o temido líder da Liga dos Assassinos, que treinou personagens como o Arqueiro Negro (Malcolm Merlyn) e Canário Negro (Sarah Lance).

O canal CW descreve assim o vilão: “Orgulhoso e impiedoso, Ra’s é um estrategista implacável, um mestre das artes marciais e um manipulador da história. Ele carrega a sabedoria das eras, e protege alguns dos seus maiores segredos”.

A terceira temporada de Arrow estreia no dia 8 de outubro nos Estados Unidos e no dia 17 no Brasil, pela Warner Channel.

Warner TV vai ter “pacote” de super-heróis

warner

A partir do final deste mês, a Warner passa a exibir algumas das séries mais aguardadas do ano: Gotham, The Flash e a terceira temporada de Arrow.

Os programas estreiam no canal, respectivamente, 29 de setembro, 16 e 17 de outubro. O hiato com relação aos Estados Unidos será, em torno de apenas uma semana.

Gotham é ambientada numa época anterior ao surgimento do Batman, e terá como protagonista o jovem tenente James Gordon. The Flash apresenta as aventuras do investigador forense Barry Allen depois que é atingido por um raio e ganha poderes de supervelocidade.

Arrow já consolidou sua imagem como uma das melhores adaptações de quadrinhos de super-heróis para a TV. O seriado vem num crescendo de qualidade e é alta a expectativa para a terceira temporada.

Segunda temporada de “Arrow”, finalmente, estreia no Brasil

arrow-movie-wallpaper

Demorou, mas chegou. A partir desta segunda-feira, 21, os fãs que não são adeptos do download ilegal finalmente poderão acompanhar a segunda temporada de uma das melhores séries baseadas em quadrinhos da atualidade.

Arrow estreia no canal Warner, às 22h25. Serão exibidos dois episódios inéditos por semana, às segundas e terças-feiras.

O programa chega ao Brasil com bastante atraso. Nos Estados Unidos, a segunda temporada estreou em outubro do ano passado. Curiosamente, a primeira temporada foi exibida pela Warner brasileira a partir de 2012 com apenas 10 dias de diferença em relação à TV norte-americana.

Esquadrão Suicida em “Arrow”

suicidesquad-b125c

Atualmente em hiato nos Estados Unidos – os episódios inéditos voltam a ser exibidos na próxima semana (26) –, a série televisiva do Arqueiro Verde vem com novidades.

O site Comic Book Resources divulgou a estreia do Esquadrão Suicida no programa no episódio do dia 19 de março (Suicide Squad). A equipe de vilões será comandada por Amanda Waller (num visual semelhante ao da linha Novos 52 dos quadrinhos), Pistoleiro, Tigre de Bronze e Granada – todos já vistos em Arrow.

A surpresa fica por conta de Diggle, atual parceiro do Arqueiro, e Lyla Michaels, sua ex-esposa. A relação de Lyla com Amanda e a agência governamental A.R.GU.S. foi mostrada no episódio Keep Your Enemies Closer, da segunda temporada.

Segundo o produtor-executivo Andrew Kreisberg, Amanda recruta Diggle e Lyla para uma missão, e diz que ele vai precisar de um time: o Esquadrão Suicida.

Na TV, a equipe segue a mesma orientação dos quadrinhos: é formada por vilões condenados que aceitam trabalhar secretamente para o governo americano em troca de redução da pena.

No Brasil, a segunda temporada de Arrow não estreou e nem tem previsão.

Origem de Flash não será mais mostrada em “Arrow”

The Scientist

Os produtores do seriado baseado no Arqueiro Verde anunciaram ontem (18) que farão pequenas mudanças nos planos iniciais que envolvem o novo seriado do herói velocista Flash, que será vivido pelo ator Grant Gustin.

A participação do personagem nos episódios 8 (The Scientist) e 9 (Three Ghosts), nos dias 4 e 11 dezembro, ainda na identidade do cientista Barry Allen, foi mantida.

A mudança é em relação ao episódio 20, que funcionaria como uma espécie de piloto da nova série do Flash.

Agora, os produtores decidiram que a origem do herói será mostrada num piloto próprio, e não mais dentro de Arrow. Ainda não foi divulgado se o episódio 20 ainda terá relação com o novo seriado ou não.

Revista Mundo dos Super-Heróis traz tudo sobre “Thor: O Mundo Sombrio”

M

No dia em que o mais recente filme da Marvel estreia nos cinemas brasileiros, a dica é a revista Mundo dos Super-Heróis 48, que apresenta um dossiê completo sobre o Deus do Trovão.

São informações e bastidores da nova produção, detalhes sobre o vilão Malekith e o triângulo amoroso com Jane Foster e Lady Sif, 10 curiosidades sobre Thor e explicações sobre a versão Marvel dos reinos nórdicos.

A edição 48 traz também a seção Grandes Sagas DC, que estreia esmiuçando a saudosa Crise nas Infinitas Terras.

A revista antecipa detalhes sobre a segunda temporada do seriado Arrow (ainda sem previsão de estreia no Brasil) e uma entrevista exclusiva com Sean Howe, autor do polêmico livro Marvel Comics: A História Secreta, lançado no Brasil pela editora Leya.

O perfil do aclamado artista José Luis Garcia-Lopez, gibis do Kiss pela Marvel e uma homenagem aos 65 anos do cowboy Tex também estão entre os destaques da edição.

Mundo dos Super-Heróis 48 já está nas bancas de todo o País. Tem 68 páginas e custa R$ 10,90.

Crítica: Arqueiro Verde 1 – O reboot do reboot

ARQUEIRO-VERDE-1-600x917

Arquearia é uma paixão confessa deste editor.

Há um ano, o Papo de Quadrinho fez um homenagem aos grandes personagens da cultura pop que manejam o arco nesta seleta lista com os 10 maiores arqueiros da Cultura Pop. Entre os mais queridos e conhecidos, o Arqueiro Verde não poderia ficar de fora.

Inspirado no pai de todos os arqueiros, Robin Hood, o Arqueiro Verde foi criado por Mort Weisinger e Greg Papp em 1941, e esteve presente em numerosas publicações da DC ao longo dos anos. Mas foi na década de 1970 que ele se destacou com histórias de temática adulta, vividas com o Lanterna Verde, Hal Jordan. O material, hoje um clássico dos quadrinhos, foi escrito por Dennis O’Neil e ilustrado pelo mestre Neal Adams.

Com o sucesso do seriado Arrow inspirado em sua mitologia dos quadrinhos, o Arqueiro Verde ganhou fôlego novo em suas aventuras no reboot da DC Comics. Infelizmente, ao contrário de alguns super-heróis como o Aquaman, que se beneficiaram com a renovação dos títulos da editora, o tratamento do herói neste reboot foi muito aquém do esperado.

A atualização do visual inspirada no seriado, com o herói mais jovem e mudando o estilo “Errol Flynn” foi a primeira polêmica e dividiu opiniões entre os fãs. Mas o verdadeiro problema foi a arte sofrível de Dan Jurgens e o roteiro vexatório de J.T. Krul –  primeira dupla escalada para reformular o personagem. Nem a arte final de George Pérez ajudou. No Brasil, essas primeiras histórias fizeram parte do mix da revista Flash Nº1, lançada em junho de 2012.

Para não estragar nos quadrinhos um personagem bacana que está se dando bem na TV, o Arqueiro Verde acabou ganhando uma segunda chance após a décima sétima edição norte-americana, e entrou em nova fase, com outra equipe criativa convocada para salvá-lo: Jeff Lemire (roteiro) e Andrea Sorretino (arte).

Lançada neste mês em revista solo, Arqueiro Verde Nº 1, apresenta esse novo trabalho e uma substancial melhora de arte e roteiro, embora o traço ainda merecesse um tratamento mais refinado. O mix traz também o Exterminador e Aves de Rapina. Confira nas bancas e comente aqui.

Página 0 de 2

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017