Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Angelo Agostini

Secretaria de Cultura SP tem programação para o Dia do Quadrinho Nacional

angeloagostini

A data é comemorada em 30 de janeiro, em homenagem à primeira publicação de As aventuras de Nhô-Quim ou Impressões de uma viagem à corte, no Jornal Vida Fluminense, pelo cartunista Angelo Agostini.

Confira a programação:

Casa das Rosas: realiza no dia 28 de janeiro, das 14h às 17h, mais uma edição da Feira de Troca. O público será convidado a dar um novo destino aos livros, revistas e gibis, poderá produzir suas próprias tiras e debater técnicas e recursos narrativos das histórias em quadrinhos. Local: Av. Paulista, 37, Bela Vista.

Museu do Futebol: oferece diversas brincadeiras vividas nos gibis, como amarelinha, cabra-cega, esconde-esconde, pega-pega e futebol de rua, todas no espaço de férias organizado em parceria com a Turma da Mônica. De quinta a domingo até 29 de janeiro, das 10h às 17h, com entrada gratuita, o público poderá conferir também os bonecos dos personagens de Maurício de Sousa expostos no local. Local: Praça Charles Miller, S/N – Pacaembu.

Casa Guilherme de Almeida: oficina “Mangá e os clássicos da literatura mundial” no dia 02 de fevereiro, às 19h. Participam a tradutora Drik Sada e o editor Alexandre Boide, que abordarão as especificidades das adaptações para os quadrinhos e tradução de obras quadrinizadas. Gratuito. Local: Rua Macapá, 187 – Pacaembu.

Biblioteca Parque Villa-Lobos: No dia 19 de janeiro, às 16h, jovens e adultos poderão conhecer curiosidades sobre o tema: qual foi o primeiro quadrinho brasileiro, quais os principais quadrinhistas do país e curiosidades sobre as adaptações das HQs para o cinema. Atividade gratuita e não é necessário se inscrever. Local: Av. Queiroz Filho, 1205, Alto de Pinheiros.

Fábrica de Cultura do Itaim Paulista: Nos dias 18 e 20 de janeiro, das 14h às 17h, acontece a oficina de introdução ao mangá, em que os participantes poderão aprender as técnicas fundamentais desse estilo.  Para participar, é necessário realizar inscrição na recepção da Fábrica, apresentando documento de identificação com foto e comprovante de residência. Gratuito e limitado a 15 vagas. Local: Rua Estudantes da China, 500.

Votação para Troféu Angelo Agostini vai até dia 15

 

angelo-agostini-33

Interessados em ajudar a escolher as melhores HQs e artistas nacionais em mais uma edição da tradicional premiação têm até o dia 15 de janeiro para registrarem seus votos (clique aqui para acessar a cédula – é obrigatório ter uma conta no Google).

São oito categorias e não é necessário indicar nomes em todas elas:

Melhor Lançamento

Melhor Lançamento Independente

Melhor Fanzine sobre Quadrinhos

Web Quadrinhos

Melhor Roteirista

Melhor Desenhista

Melhor Cartunista ou Caricaturista

Prêmio Jayme Cortez (dedicado a profissionais reconhecidos por sua contribuição ao Quadrinho Nacional)

Uma mudança desta edição é que o vencedor da categoria “Mestre do Quadrinho Nacional” será escolhido pelos membros da AQC-SP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo), que promove e organiza o Troféu Angelo Agostini, e não por voto popular.

Neste ano, o grande homenageado da premiação será Rodolfo Zalla, falecido em junho do ano passado. A data e local da cerimônia de entrega dos troféus devem ser anunciados em breve.

Conheça os vencedores do 31º Troféu Angelo Agostini

31agostini

A votação foi encerrada no último dia 15 e recebeu um total de 7.302 votos. No próximo dia 31 acontece a cerimônia de entrega do prêmio no Memorial da América Latina, em São Paulo.

A programação completa será divulgada em breve pela AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo), organizadora da premiação.

Confira os vencedores:

Melhor Desenhista: Mario Cau (Morphine)

Melhor Roteirista: Felipe Cagno (321 – Fast Comics)

Melhor Cartunista: DaCosta

Melhor Lançamento: Yeashuah – Onde tudo está (Laudo Ferreira Jr. e Omar Viñole)

Melhor Lançamento Independente: Nenhum dia sem um traço (Ernani Cousandier)

Melhor Fanzine: 3ADFZPA – Terceiro Anuário de Fanzines, Zines e Publicações Alternativas

Melhor Web Quadrinhos: Blue e os gatos (Paulo Kielwagen)

Prêmio Jayme Cortez: Confraria do Gibi

Mestres do Quadrinho Nacional: Gustavo Machado, Carlos Edgard Herrero e Murilo Marques Moutinho

Aberta a votação para o Troféu Angelo Agostini

31angeloagostini

A premiação mais tradicional do quadrinho brasileiro chega à 31ª edição em 2015. Desde ontem (15), a cédula de votação está disponível no site da Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas dos Estado de São Paulo (AQC-ESP), organizadora da premiação.

Para votar, clique aqui.

São oito categorias, sendo que seis delas se referem aos melhores trabalhos publicados em 2014 – Desenhista, Roteirista, Cartunista, Lançamento, Lançamento Independente e Fanzine – e outras duas prestam tributo a profissionais com longa contribuição à produção nacional: Mestre do Quadrinho Nacional e Prêmio Jayme Cortez.

Para conhecer os critérios de votação, clique aqui.

A votação está aberta até o dia 15 de janeiro e a cerimônia de entrega, com programação ainda a ser divulgada, agendada para 31 de janeiro no Memorial da América Latina. Neste dia, é comemorado o Dia do Quadrinho Nacional.

Como não há controle eletrônico de endereço IP, número de documento ou e-mail dos votantes, os organizadores dizem que vão manter o mesmo sistema das últimas edições para evitar fraudes: monitorar e descartar votos sequenciais com intervalos curtos.

Começou a votação do 30º Prêmio Angelo Agostini

AngeloAgostini

A Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP) disponibilizou em seu site a cédula eletrônica para escolha dos melhores trabalhos nacionais de 2013.

Para votar, clique aqui.

São oito categorias: Lançamento, Lançamento Independente, Roteirista, Desenhista, Fanzine, Cartunista/Chargista, Mestre do Quadrinho Nacional e Prêmio Jayme Cortez – as duas últimas seguem critérios específicos, como tempo no mercado ou contribuição significativa para o desenvolvimento do quadrinho nacional.

A votação vai até o dia 20, e a cerimônia de entrega do prêmio está agendada para dia 1 de fevereiro, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

A exemplo do ano passado, a votação e apuração serão automatizadas – o que permitiu um recorde de participantes (quase 15 mil) e redução no tempo de apuração.

Os organizadores ainda não conseguiram criar um controle automático para evitar fraudes, como cadastro prévio ou controle do endereço IP. Porém, comprometem-se a supervisionar a votação e eliminar votos que configurem má fé (um autor votar várias vezes no seu próprio trabalho, por exemplo).

Dia do Quadrinho Nacional e a lei das cotas

O dia 30 de janeiro foi estabelecido como Dia do Quadrinho Nacional em 1984 pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP).

A data representa a publicação da primeira HQ no Brasil, As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte, de Angelo Agostini, no jornal Vida Fluminense, em 1869.

Por conta disso, vários eventos comemorativos acontecem no País. Também voltou a circular nas redes sociais a petição “pela aprovação de Leis de Incentivo e ou Cotas para produção de Quadrinhos Nacionais”.

Papo de Quadrinho aproveita a ocasião para atualizar o status de tramitação do Projeto de Lei 6060/2009 (veja aqui o debate promovido pelo blog entre os profissionais do quadrinho em 2011).

Em setembro, o suplente Rogério Marinho (PSDB/RN) assumiu a relatoria do Projeto de Lei 6060/2009 na Comissão de Educação e Cultura no lugar do deputado federal Rui Costa (PT/BA), que se licenciou para assumir o cargo de secretário da Casa Civil do Governo da Bahia.

Dois meses depois, foi a vez de Marinho afastar-se da Câmara para ocupar a secretaria de Desenvolvimento Econômico de seu Estado. O posto de relatora foi designado à deputada Fátima Bezerra (PT-RN), que no dia 12 de dezembro apresentou seu substitutivo e o parecer favorável à aprovação da lei.

No texto, a relatora segue o parecer de Rui Costa e sugere pequenas alterações. Entre elas, fixa o prazo de cinco anos para que as editoras passem a cumprir a cota de destinar 20% de seus quadrinhos à produção nacional (escalonado a 4% por ano) e prevê a inclusão de obras de histórias em quadrinhos nacionais nos programas suplementares de material didático escolar – que, entre outras coisas, distribui livros para os alunos da rede pública de ensino.

Agora, vencido o prazo para os membros da comissão apresentarem emendas ao substitutivo da relatora, o projeto vai para discussão e votação na Comissão de Educação e Cultura e segue para a Comissão de Constituição e Justiça, última instância antes da apreciação no plenário da Câmara.

Ainda sobre o Dia do Quadrinho Nacional, em São Paulo a comemoração acontece no próximo sábado (2), com a entrega do 29º Prêmio Troféu Angelo Agostini.

No momento de publicação desta nota, a petição pela aprovação de Leis de Incentivo e ou Cotas para produção de Quadrinhos Nacionais apresentava quase mil assinaturas.

Troféu Angelo Agostini bate recorde de votos – Conheça os vencedores

O resultado da 29ª edição do prêmio foi divulgado pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo na semana passada.

Neste ano, a AQC-ESP adotou a cédula eletrônica e o resultado surpreendeu: 14.937 votos – houve edições anteriores em que o número não chegou a 500.

Em novembro, os organizadores garantiram ao Papo de Quadrinho que haveria controle contra possíveis fraudes, uma vez que nesta primeira experiência automatizada o sistema não fez checagem de voto único.

Segundo o quadrinhista Fernando dos Santos, houve algumas tentativas de fraude, mas foram menores do que o esperado. Também foram descartados os votos em categorias erradas e publicações que não foram lançadas em 2012. No total, os votos válidos ficaram em 12.000.

Confira os vencedores do 29º Troféu Angelo Agostini:

Desenhista: Danilo Beyruth

Roteirista: Petra Leão

Cartunista: Jean Galvão

Lançamento: O Astronauta – Magnetar (Panini)

Lançamento independente: Last RPG Fantasy

Prêmio Jayme Cortez: Gibicon Curitiba

Fanzine: Quadrante Sul (RS)

Mestre do Quadrinho Nacional: Marcos Maldonado, Júlio Emílio Braz e Jô Fevereiro.

A entrega do Troféu Angelo Agostini acontece em novo local, o Memorial da América Latina, no dia 2 de fevereiro.

Programação:

13h30: Abertura do espaço Banca da Comix e da Exposição Trapalhões – Estudio Ely Barbosa.

14h00: Abertura oficial do evento com João Batista de Andrade (presidente do Memorial) e Gonçalo Jr (gerente de Comunicação).

14h30: Mesa redonda Os Quadrinhos dos Trapalhões no Estudio Ely Barbosa, com Otávio Barbosa, Eduardo Vetillo, Bira Dantas, Alexandre Silva e Cidão Norberto.

16h30: Início da premiação

18h: Confraternização na área da exposição

SERVIÇO:
Entrega do 29º Troféu Angelo Agostini
Data: 02 de fevereiro
Horário: a partir das 14h
Local: Memorial da América Latina – Auditório do Anexo dos Congressistas. (Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – São Paulo – próximo à estação Barra Funda do Metrô) 
Entrada gratuita

Aberta votação para o 29º Troféu Angelo Agostini

Em cumprimento a uma promessa feita no início deste ano, a mais tradicional premiação brasileira dos quadrinhos modernizou seu sistema de votação.

Nesta edição, em vez de mandar os votos por e-mail, os interessados devem preencher a cédula eletrônica no site da ACQ-ESP (clique aqui para votar).

Pelo novo sistema, a apuração será automatizada – até então, os e-mails eram impressos e contabilizados manualmente.

Apesar do avanço, não existe ainda controle dos votantes (pelo endereço IP, cadastro prévio ou número de documento) para que sejam impedidos de preencher a cédula mais de uma vez. Isso deixa margem, por exemplo, para que determinado autor possa votar em seu próprio trabalho quantas vezes quiser.

Procurada pelo Papo de Quadrinho, a ACQ-ESP reconhece a falha, mas garante que há formas contorná-la: “Votos sequenciados com intervalos de segundos são abusivos e quando constatados serão discutidos entre nós”, respondeu Fernando dos Santos, quadrinhista e um dos integrantes da Comissão Eleitoral.

“Essa é a primeira tentativa de implementar o voto eletrônico e, ano que vem, devemos inserir o registro de IP do computador”, completou o veterano Bira Dantas, também da comissão.

A organização manterá os controles existentes no antigo sistema. Serão desconsiderados, por exemplo, votos para “Mestre do Quadrinho Nacional” em profissionais que já venceram na categoria em anos anteriores, ou os votos em trabalhos que não se encaixam na respectiva categoria.

Outra mudança em relação à premiação do ano passado é que a ACQ-ESP não publicou a lista com os indicados. Os interessados devem consultar os lançamentos do ano no blog da associação, e autores poderão avisar seus leitores e pedir votos.

Os vencedores serão anunciados em janeiro; a festa de premiação acontece em fevereiro, em datas ainda a serem divulgadas.

Debate sobre a nova lei dos quadrinhos vai acontecer no Angelo Agostini

Um polêmico projeto de lei datado de 2009 prevê, entre outras coisas, incentivos fiscais e a obrigatoriedade de uma cota de publicação de quadrinhos nacionais

O debate, que ganhou força na Internet nos últimos meses (veja aqui, aqui e aqui) dividiu a opinião de autores, editores e jornalistas especializados na cobertura deste segmento.

No próximo dia 4 de fevereiro, às 14h30, a discussão se dará de forma presencial dentro da programação do 28º Prêmio Angelo Agostini, no Instituto Cervantes,em São Paulo.

Para debater os prós e contras do projeto, foram convidados os cartunistas JAL (presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil), Márcio Baraldi (criador dos personagens Roko Loko, Adina-Lina, Rap Dez e outros) e Spacca (autor dos livrosem quadrinhos D.JoãoCarioca, Jubiabá e Santô e os Pais da Aviação), e o editor Guilherme Kroll, da Balão Editorial (que publicou os títulos brasileiros Os Passarinhos, Entrequadros e Nós).

Os dois primeiros são a favor da nova lei; os outros, contra. A mediação será do editor deste blog.

A programação do 28º Prêmio Angelo Agostini prevê também o lançamento e exibição de um trecho do documentário produzido por Baraldi, Ao Mestre com Carinho, sobre a vida do veterano artista Rodolfo Zalla (com presença do homenageado); a produção de uma HQ coletiva; exposição de telas de William MR com o tema Angelo Agostini; estandes da livraria Comix e do coletivo Quarto Mundo; e a entrega dos troféus para os vencedores deste ano.

O Instituto Cervantes fica na Avenida Paulista, 2439, próximo ao metrô Consolação. O evento terá início às 14h.

Veja os ganhadores do Prêmio Angelo Agostini 2011

Atualizado em 16/01: O cartunista Bira Dantas deixou comentário corrigindo o número de votos: 480; em relação aos 240 do ano passado, o aumento foi de 100%.

O resultado foi divulgado na madrugada de hoje (15), no blog da Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo, entidade que promove a premiação.

Prevista para a semana passada, a apuração precisou ser adiada em razão da grande quantidade de votos – a maioria de última hora. Segundo os organizadores, foram enviadas 400 cédulas no total, quase 60% a mais que na última edição.

Veja a lista dos ganhadores do 28. Prêmio Angelo Agostini:

Melhor desenhista: Maurilio DNA

Melhor roteirista: Daniel Esteves

Melhor Cartunista: Gustavo Duarte

Melhor Lançamento: Ação Magazine

Melhor lançamento Independente: Love Hurts (Murilo)

Melhor Fanzine: Miséria

Prêmio Jayme Cortez: FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos)

Mestres do Quadrinho Nacional: Bira Dantas (Dom Quixote), Fernando Gonsales (Níquel Náusea), Lourenço Mutarelli (Quando meu pai se encontrou com o ET fazia um dia quente) e Moacir Torres (Turma do Gabi)

A votação iniciada dia 12 de dezembro é aberta a qualquer pessoa, seja ligada aos quadrinhos ou não. É comum autores fazerem campanhas via Internet pedindo votos.

A festa de premiação está marcada para dia 4 de fevereiro, no Instituto Cervantes, em São Paulo, e faz parte das comemorações do Dia do Quadrinho Nacional (30 de janeiro).

Os organizadores irão anunciar em breve a programação do evento. O que se sabe, até o momento, é que, além da entrega dos troféus, estão previstos a exibição de um documentário sobre a vida de Rodolfo Zalla, produzido por Márcio Baraldi, e um debate sobre a nova lei dos quadrinhos brasileiros.

Página 0 de 2

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017