Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Categoria: Estrangeiro

CCXP 2016: Lançamentos da Jambô

Confira os lançamentos que a Jambô editora reservou para a CCXP 2016:

ratqueensRat Queens vol. 2: Os Tentáculos de N’Rygoth (128 páginas coloridas, capa dura, R$ 55,00): As Ratas Rainhas estão de volta. Quando cultistas insanos, assassinos impiedosos e um deus cefalópode de outra dimensão ameaça a realidade, porque não é estranho que as quatro mercenárias mais desbocadas dos quadrinhos estejam envolvidas?

animaAnima (240 páginas em preto e branco, brochura, R$ 29,90): Uma nova visão de um dos contos de fadas mais queridos da literatura, pelas mãos de Fran Briggs e Anna Giovannini.

mercenariosMercenário$ Especial (96 páginas em preto e branco, brochura, R$ 19,90): Esta edição especial marca a volta dos anti-heróis bem pouco heroicos da fantasia, quando são contratados para investigar uma praga mágica terrível. Mais uma obra de Fran Briggs e Anna Giovannini.

40caixoesQuarenta Caixões (48 páginas coloridas, brochura, R$ 25,00): Um navio condenado chega a Inglaterra com uma carga sinistra, que levará o medo e o horror para o novo mundo. Uma homenagem ao livro clássico do terror
Drácula, por Santullo e Jok.

psoldierP•Soldier (96 páginas preto e branco, capa dura, R$ 45,00): Marcelo Cassaro e Eduardo Francisco apresentam uma nova história de ficção científica futurista do mesmo universo de Espada da Galáxia e Projeto A.Y.L.A.

CCXP 2016: Lançamentos da JBC

 

ccxpjbc

Presente ao evento desde a primeira edição, em 2014, a JBC anunciou três lançamentos para a CCXP 2016.

The Ghost in The Shell: escrito e desenhado por Masamune Shirow, é um dos mangás mais famosos e cultuados do mundo. Já teve animação e, no ano que vem, vai virar filme estrelado por Scarlett Johansson.

A edição única especial da JBC terá formato 17 x 24 cm (maior que os mangás regulares publicados no Brasil), papel especial, sobrecapa e 352 páginas (R$ 64,90).

Saint Seiya – Cavaleiros do Zodíaco – Kanzenban: Série completa em 22 edições de luxo, com média de 240 páginas, formato 14 x 21 cm, papel especial, páginas coloridas e capa dura (R$ 64,90 cada edição).

Blame!: obra que projetou Tsutomu Nihei ao estrelato. Completa em 10 volumes (216 páginas cada), a série vem em papel especial e sobrecapa (R$ 23,90 cada edição). O autor estará no estande da JBC para autografar Blame! e também Knights of Sidonia, que a editora vem publicando no Brasil.

A CCXP 2016 acontece de 1 a 4 de dezembro no SP Expo (Antigo Centro de Exposições Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5).

Veja aqui informações sobre ingressos.

“Quarenta Caixões” chega ao Brasil pela Jambô

quarentacaixoes-capa

Do Press-Release

Nos meados da década de 1890, a escuna Deméter fez sua última viagem. Uma misteriosa carga de quarenta caixas de terra condenou a embarcação e sua tripulação.

Contando um trecho não explicado do famoso livro Drácula, de Bram Stocker, a graphic novel Quarenta Caixões, que a Jambô Editora traz para o Brasil, revela o que aconteceu com o navio e seus tripulantes, e o terrível segredo que acompanhou a embarcação da partida da Bulgária até a chegada acidentada na Inglaterra. Uma narrativa de horror e suspense e uma homenagem em quadrinhos a um dos maiores clássicos da literatura de terror.

Quarenta Caixões é uma história completa feita pelas mãos do premiado escritor e editor uruguaio Rodolfo Santullo, com a arte do também premiado quadrinhista argentino Jok. O livro tem 48 páginas coloridas, formato 17 x 26 cm, capa cartonada e preço de 25,00. A pré-venda começa no dia 16 de novembro.

Confira o preview:

“Nijigahara Holograph” chega em novembro pela JBC

nijigahara-holograph

Entre os títulos que a JBC coloca nas bancas em novembro, chama atenção Nijigahara Holograph, de Inio Asano.

Publicada inicialmente em episódios na revista japonesa QuickJapan entre 2003 e 2005, só agora a história chega ao Brasil, em volume único.

A trama trata de eventos ocorridos onze anos antes, quando uma menina caiu num poço durante uma perigosa brincadeira com os colegas de classe.

O passado e presente dos envolvidos, todos alunos de uma escola, se entrelaçam intensamente e podem ter relação com o boato de um monstro que vive nos túneis sob a cidade.

Nijigahara Holograph tem 296 páginas e preço de R$ 24,90. A classificação etária é 18 anos e a previsão de chegada às bancas, dia 10 de novembro.

JBC anuncia lançamento de “Blame!” na CCXP

 

blame

Do Press-Release

Depois do sucesso de Knights of Sidonia, a JBC irá lançar Blame! (216 páginas, R$ 23,90), obra que transformou Tsutomu Nihei em um dos maiores mangakás da atualidade, na Comic Con Experience 2016 (1 a 4 de dezembro, em São Paulo).

Assim como nas aventuras de Nagate Tanikaze em sua batalha contra os Gaunas em Knights of Sidonia, o gênero escolhido por Tsutomu Nihei para Blame! também foi a ficção científica.

Usando como referência clássicos do cinema como Matrix e Alien – O Oitavo Passageiro, Nihei-sensei criou um ambiente claustrofóbico para contar a história de Killy, um aventureiro solitário que tem uma missão fundamental para o futuro da raça humana.

Com uma narrativa ágil e muita aventura, a trama se passa dentro de uma superestrutura vertical repleta de andares, escadarias, paredes de aço e até cavernas. É nela que Killy passa seus dias enfrentando criaturas sanguinárias e ciborgues assassinos para encontrar uma maneira de acessar a central de computadores local e tentar localizar a informação necessária para a sobrevivência da humanidade.

Publicado originalmente a partir de 1998 pela Editora Kodansha, Blame! foi encerrado com 10 volumes. No Brasil, a obra receberá tratamento especial pela JBC, com sobrecapa igual à original japonesa e páginas internas em papel Luxcream.

Nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, Tsutomu Nihei estará na Comic Con Experience para promover o lançamento de Blame!, dar autógrafos e conversar com os fãs.

“Macbeth” chega em versão mangá pela Galera Record

macbethmanga

Do press-release

Um dos maiores clássicos sobre ambição e busca desmedida pelo poder, Macbeth (216 páginas R$ 39,90), de William Shakespeare, chega às livrarias neste mês em formato de mangá.

O livro é parte da série Mangá Shakespeare, lançada pela Galera (selo jovem do Grupo Editorial Record) desde 2011, e que reimagina as tramas escritas pelo bardo inglês em estilo dos quadrinhos japoneses.

Na obra adaptada por Richard Appignanesi, Macbeth é um guerreiro samurai vivendo num futuro pós-mutação nuclear. Depois que três bruxas profetizam que ele será rei, o protagonista se lança numa trajetória assassina com desfecho trágico.

O livro utiliza o texto original de Shakespeare, combinado com as ilustrações de Robert Deas. A tradução é do poeta Alexei Bueno.

Outras obras de Shakespeare que a Galera já publicou em versão mangá são Ricardo III, A tempestade, Hamlet, Romeu e Julieta e Sonho de uma noite de verão.

Reprodução de 1973, “Manual do Mickey” já está nas bancas

 

manual-do-mickey

Do Press-Release

Seguindo o grande sucesso de outros manuais Disney, como o do Escoteiro Mirim (que já vendeu mais de 20 mil exemplares neste ano) e do Professor Pardal, está de volta o Manual do Mickey, uma edição de colecionador para ler e se divertir com a família.

A reprodução fiel do original, lançado no Brasil em 1973, leva o leitor a uma viagem pelo mundo da espionagem e do combate ao crime – um passo a passo repleto de história e ficção para grandes investigadores.

O fac-símile de 250 páginas pode ser adquirido em bancas, livrarias, revistarias e sites de e-commerce por R$39,90.

Mickey também figura nas páginas de As Grandes Aventuras de Mickey, por Paul Murry – um dos maiores e mais admirados ilustradores de quadrinhos. Com a missão de ambientá-lo aos roteiros de mistério, aventura e investigação, Murry concedeu ao personagem novos traços e um visual contemporâneo.

A publicação, uma homenagem que agrupa em 480 páginas o melhor da parceria Murry e Mickey, pode ser encontrada em bancas, livrarias, revistarias e sites de e-commerce por R$59,90.

“Nimona”: Íntrinseca publica premiada HQ de Noelle Stenvenson no Brasil

untitled Do Press-Release

Primeiro título de Noelle Stevenson, Nimona (272 páginas, R$ 49,90) chega às livrarias brasileiras pela Intrínseca. O álbum ganhou um Eisner Award, foi finalista do National Book Award e venceu o Slate Cartoonist Studio Prize de Melhor Web Comic.

A graphic novel conta a história de uma menina que decide se tornar comparsa de um supervilão, o Lorde Ballister Coração-Negro, e lutar contra a Instituição, o perverso órgão que comanda o reino em que vivem. Metamorfa, destemida e extremamente esperta, seu poder é maior que os dos mais bravos cavaleiros da região.

Nessa realidade medieval, com duelos e magia antiga, mas também televisões, armas a laser e tecnologia de ponta, Nimona pode assumir a forma de um gato, um dragão ou mesmo de uma criança. Ela coleciona diversos inimigos pelo caminho e ameaça causar uma destruição maior do que pode controlar.

Originalmente lançada on-line, a história teve seus direitos de adaptação para o cinema vendidos para a 20th Century Fox Animation. De forma descontraída e subversiva, Nimona une ação e ciência a um humor afiado e diálogos inteligentes, abordando de maneira reflexiva as relações entre os personagens e proporcionando uma narrativa ao mesmo tempo sombria e emocionante.

Noelle Stevenson é autora, ilustradora e quadrinista. Com Nimona, se tornou autora best-seller do New York Times e ganhou diversos prêmios. Formada pelo Maryland Institute College of Art, ela é também cocriadora da aclamada série de quadrinhos Lumberjanes e já colaborou com publicações da Disney, da Marvel e da DC Comics. Atualmente, Noelle mora em Los Angeles.

“Sendero Luminoso” apresenta retrato chocante da guerra civil no Peru

sendero_veneta

Do Press-Release

Durante uma década, de 1980 a 1990, o Peru foi devastado por uma guerra suja entre o grupo Sendero Luminoso e o governo do país. Nessa guerra, as maiores vítimas foram os camponeses, pegos no fogo cruzado entre militares e guerrilheiros. Cerca de 70 mil pessoas foram mortas e outras tantas,  presas e torturadas. Muitas desapareceram.

Sendero Luminoso – História de uma guerra suja (208 páginas, R$ 64,90), de Jesús Cossio, Luis Rossel e Alfredo Villar, que a Veneta traz ao Brasil, é um testemunho chocante desse período de violência.

Formado por jovens estudantes no Peru de fim dos anos 1960, o Sendero Luminoso surgiu como uma reação a medidas do então governo militar na área da educação, que limitavam o acesso da população ao ensino gratuito.

Secundaristas e universitários promoveram várias manifestações pelo país, mas a brutal repressão policial ajudou a transformar o grupo estudantil em uma das mais violentas organizações da América Latina.

Com tradução de Rogério de Campos e Bárbara Zocal, Sendero Luminoso narra episódios sangrentos e chocantes da guerra tomou o Peru nos anos 1980, fazendo vítimas tanto no campo quanto nas cidades. As histórias vêm acompanhadas de comentários sobre o contexto histórico e político dos acontecimentos narrados.

O lançamento acontece na Bienal dos Quadrinhos de Curitiba, que vai até domingo. Jesús Cossio está no Brasil para participar da programação do evento.

Marsupial lança HQ francesa “Senso (In)comum”

sensoincomum

A Marsupial Editora anuncia mais um título de seu catálogo pelo selo Jupati Books: Senso (In)comum, dos franceses Lejeune Yannick, Turalo e Jean-Philippe Peyraud.

O lançamento acontece na Bienal de Quadrinhos de Curitiba, de 8 a 11 de setembro, no Museu Municipal de Arte (MuMA).

São 48 páginas coloridas com questionamentos do tipo: Você realmente acredita que a Floresta Amazônica é o pulmão do mundo? Que a Guerra dos Cem Anos durou cem anos? Que os touros são atraídos pela cor vermelha? Que o espinafre é rico em ferro? Que os gatos sempre caem em pé?

Ao todo, a o livro revela a verdade sobre mais de 45 equívocos que fazem parte do senso comum. Senso (in)comum tem tradução de Pedro Bouça e está em pré-venda na Amazon.com com preço promocional. http://tinyurl.com/juojkrw

A Marsupial adianta que, em dezembro, lança Ruínas, do lendário Peter Kuper (Spy vs. Spy), durante a Comic Con Experience. A HQ venceu o Eisner Awards 2016 na categoria “Melhor Álbum”.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017