Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Categoria: Fantasia

Vale o Investimento: Letal Mágico

1012792_568369173251879_74691195_n

Nos anos 1980 surgiram publicações importantes de humor como Chiclete com Banana e Geraldão, que chamavam a atenção com seus quadrinhos de humor escrachado, incômodo e suas críticas ácidas. Revelou ainda artistas do calibre de Laerte, Glauco e Angeli, e marcou toda uma geração de leitores.

Com o passar dos anos essas publicações escassearam até desaparecerem das bancas, ficando restritas aos relançamentos pontuais ou em formato livro. Já no underground, em formato impresso ou digital, quadrinhos nesses moldes continuam sendo produzidos e rendem boas revistas/sites independentes.

É o caso do fanzine impresso Letal Mágico, criação do quadrinhista Gabriel Renner – que reza a lenda, não tem nenhuma ligação parental com a maior rede de varejo de roupas do Brasil.

O zine tem capa colorida, miolo preto e branco e reúne histórias de diferentes personagens. Esse primeiro número trás a história Perecível, HQ premiada no salão de humor carioca em 2005. Além dela, temos um conjunto de tiras sobre as fadas, personagens míticos que, segundo o autor, sofrem por nossa falta de fé no mundo da fantasia e precisam se virar no mundo real. O LM ainda abre espaço para poemas e resenhas de bandas independentes.

O zine chama a atenção por suas qualidades: bem editado, com uma arte caprichada, que emoldura com perfeição os roteiros sacanas. É uma revista que bombardeia o leitor com um humor ácido, inteligente e divertido.

Editado pela editora independente de Renner, a Pinel Comics, o fanzine Letal Mágico custa módicos R$ 4,00 e vale o investimento.

Para adquirir via correio, entre em contato com o criador: pinel.gabriel@gmail.com

3ª Odisseia de Literatura Fantástica

cartaz
Após décadas de esforços, o Brasil vive um período de consolidação editorial dos gêneros fantásticos, como são conhecidos o Horror, a Fantasia e a Ficção Científica. Novos escritores e editoras dedicadas à Literatura Fantástica surgem por todo o país, enquanto a massa de leitores cresce a cada dia.

Para aproveitar esse excepcional momento de nossa literatura, a Argonautas Editora, criada por Duda Falcão e Cesar Alcázar, idealizou ao lado de Christopher Kastensmidt um evento que visa reunir escritores, editores e leitores de diversas localidades do país com o intuito de solidificar o cenário Fantástico brasileiro, além de transformar Porto Alegre em um pólo do Fantástico nas artes.

Serviço:
Onde: O Memorial do Rio Grande do Sul, um prédio histórico no Centro de Porto Alegre.
Quando: 11 a 13 de abril de 2013.
Na sexta-feira (dia 11 de abril) o evento ocorrerá das 10h00 até às 19h00; e no sábado e domingo das 14h00 às 19h00.

Revista BANG! chega ao Brasil

RevistaBang_0_Brasil-1

A revista Bang! tem sua gênese em um fanzine editado no início da década de 2000 em Portugal, chamado Dragão Quântico.
O zine evoluiu até se tornar uma revista produzida por diferentes editores portugueses com uma coisa em comum: o grande amor por quadrinhos, ficção científica e todo o universo nerd.

Luís Corte Real, Nuno Fonseca, Rogério Ribeiro, Safaa Dib, estão entre as cabeças pensantes da revista que é publicada nos formatos digital e impresso, e que apesar de existir há 8 anos e ter 15 edições portuguesas, só ganhou sua primeira edição brasileira neste finzinho de setembro, com a chegada ao Brasil da editora que a produz, a Saída de Emergência.

RevistaBang_0_Brasil-7Uma curiosidade é que embora a revista seja produto de uma editora, não funciona como um simples catálogo; sua pauta é recheada de temas interessantes: contos, artigos, ilustradores do gênero fantástico e entrevistas. Tem um visual bonito e leitura agradável. A revista tem distribuição gratuita e foi adaptada para o português brasileiro (adaptada, já que não chegamos a um acordo ortográfico!).

Além do texto em “brasileiro”, a versão nacional trás diversos temas bacanas e um dos destaques do número zero é a participação de dois importantes autores brasileiros de literatura fantástica e ficção-científica, Eduardo Spohr e Gerson Lodi-Ribeiro, respectivamente.

Entre as revistas impressas estão os números: #0 (Novembro, 2005), #1 (Março, 2006), #2 (Novembro, 2006), #7 (Fevereiro, 2010), #8 (Outubro, 2010), #9 (Fevereiro, 2011), #10 (Junho, 2011), #11 (Outubro, 2011), #12 (Março, 2012), #13 (Julho, 2012), #14 (Julho, 2013), #15 (prevista para Outubro 2013), #0 Edição Brasil (Setembro, 2013).

O ponto negativo é que infelizmente a BANG! é uma publicação quadrimestral. Mas como o material anterior é inédito por aqui,  todos os números acima podem ser encontrados e baixados em formato digital gratuitamente aqui neste link, mediante a um rápido cadastro.

Os portugueses tem acesso a um número muito maior de publicações de Fantasia e FC, o idioma é (tecnicamente) o mesmo e é muito interessante acompanhar escritores e publicações da Pátria Mãe, ou que chegaram por lá antes. Vale uma conferida.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017