Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Categoria: Debate

Agenda: Santander Cultural recebe ComicCON-RS Pocket

Com o sucesso da estreia do formato em janeiro, a ComicCON RS Pocket ganha sequência com uma nova edição no dia 20 de março. A atividade marca o início da parceria entre a CCRS e o Santander Cultural (Rua 7 de Setembro, 1028 – Centro Histórico, PoA-RS), que cede sua confortável estrutura localizada bem no centro de Porto Alegre para os fãs de quadrinhos e cultura pop em um domingo de confraternização e muitos debates.12801499_923517701100375_863116607312287685_n

Às vésperas da estreia mais aguardada do ano, o evento tem como destaque o painel  ‘Batman versus Superman: A Origem da Justiça’, produção que reúne dois dos maiores heróis do universo DC e chega aos cinemas no dia 24.

Já o debate “A força das super-heroínas” aproveita o mês comemorativo para falar sobre a representação feminina as HQs. A programação conta ainda com um debate sobre HQs regionalistas com a presença de artistas locais. A entrada é franca e acontece das 13h às 16h, com distribuição de senhas para cada sessão.

Consolidada como a principal convenção de quadrinhos e cultura pop do Rio Grande do Sul, a ComicCON RS realiza mini-edições em diferentes datas e locais, servindo de aquecimento para o evento principal em agosto. Batizada de CCRS Pocket, a iniciativa propõe maior continuidade e descentralização, oferecendo ao público opções variadas e gratuitas de entretenimento nerd.

3ª Odisseia de Literatura Fantástica

cartaz
Após décadas de esforços, o Brasil vive um período de consolidação editorial dos gêneros fantásticos, como são conhecidos o Horror, a Fantasia e a Ficção Científica. Novos escritores e editoras dedicadas à Literatura Fantástica surgem por todo o país, enquanto a massa de leitores cresce a cada dia.

Para aproveitar esse excepcional momento de nossa literatura, a Argonautas Editora, criada por Duda Falcão e Cesar Alcázar, idealizou ao lado de Christopher Kastensmidt um evento que visa reunir escritores, editores e leitores de diversas localidades do país com o intuito de solidificar o cenário Fantástico brasileiro, além de transformar Porto Alegre em um pólo do Fantástico nas artes.

Serviço:
Onde: O Memorial do Rio Grande do Sul, um prédio histórico no Centro de Porto Alegre.
Quando: 11 a 13 de abril de 2013.
Na sexta-feira (dia 11 de abril) o evento ocorrerá das 10h00 até às 19h00; e no sábado e domingo das 14h00 às 19h00.

Revista Mundo dos Super-Heróis: Capitão América está de volta

Capa-Mundo-53

A Mundo dos Super-Heróis53 traz um dossiê especial com os bastidores do filme Capitão América: O Soldado Invernal. A revista apresenta detalhes da trama e os comentários da equipe sobre a produção.
Além disso, explica a fundo o Soldado Invernal e o Falcão, os novos personagens do filme, além de muitas curiosidades sobre o próprio Sentinela da Liberdade.

Confira alguns destaques da edição:

Bate-papo com Ivo Milazzo
Grande autor de fumettis, o desenhista e escritor italiano fala de sua carreira e de Ken Parker, sua obra-prima, numa entrevista exclusiva.

Raros e valiosos
Descubra como funciona a venda de quadrinhos antigos e artes originais, um mercado que rende milhões de dólares todo ano.

Sucesso do diabo
A homenagens ao herói Hellboy, que completa 20 anos de existência

Grandes sagas DC
Os detalhes das sagas Quando os Mundos Colidem, Zero Hora, A Vingança do Submundo e A Noite Final, trabalhos em que a DC voltou a mostrar qualidade.

Toque de nostalgia
As estatuetas da coleção Classic Marvel Characters, com os maiores ícones da Marvel em suas primeiras versões.

Lançamento às cegas
O escritor Roberto Guedes comenta a trajetória do Demolidor, o herói do universo Marvel que completa 50 anos.

Heróis subversivos
O jornalista Maurício Muniz analisa o trabalho do britânico Warren Ellis na série Stormwatch.

Peneira POP
O relançamento de Ken Parker em cores, a cosplayer Gabriela Almeida como Gata Negra e os vídeos da internet protagonizando o Capitão América.

Serviço:
A Mundo dos Super-Heróis 53 chega às bancas em 24/3 em São Paulo capital e Rio de Janeiro capital. No restante do país, a revista será lançada nos dias seguintes.

Para assinar ligue (11) 3038-5050 ou 0800 8888 508 ou visite www.europanet.com.br/superheroi

Todo o conteúdo da Mundo dos Super-Heróis está a venda em www.europadigital.com.br. Assinantes têm acesso gratuito ao material.

 

Star Trek, Cultura e Sociedade é tema de palestra na Livraria da Vila

Star_Trek_2009

Quase 50 anos após sua criação, o universo de Jornada nas Estrelas (Star Trek), série de ficção científica criada por Gene Roddenberry, continua a expandir-se com um vigor quase inesgotável.

Para debater as origens da série, analisando seus desdobramentos e impactos na Cultura Pop norte-americana e mundial, o professor Paulo A. Zoppi – bacharel em Ciências da Computação pela UNICAMP – comanda uma aula aberta sobre a série.

A aula  é dedicada a todos os interessados no tema, não apenas aos fãs da produção, e abordará como a série se destacou ao discutir questões de gênero, étnicas e sociais, utilizando referências históricas e políticas.

Intitulado Star Trek, Cultura e Sociedade, o encontro gratuito.

Sobre o palestrante
Paulo A. Zoppi é bacharel em Ciências da Computação pela UNICAMP. Tem 25 anos de experiência no mercado de TI (Tecnologia da Informação) e há 15 anos trabalha exclusivamente com treinamento, como instrutor, gestor de instrutores e coordenador técnico de treinamento. Trekker, possui extenso conhecimento a respeito do universo ficcional desenvolvido pela série original, pelos filmes para cinema e séries derivadas.

Serviço
Aula aberta: Star Trek, Cultura e Sociedade
Com Paulo A. Zoppi
Dia 18 de março de 2014, terça-feira, das 19h30 às 21h30.
Livraria da Vila – Shopping Pátio Higienópolis – Av. Higienópolis 618, São Paulo, SP.
GRÁTIS.

Justin Bieber como Robin?

e8a1bf69131674e30e9259e5145a7cbeSanto esculacho, Batman!

Depois da controversa escolha de Ben Affleck para viver o Batman no próximo filme da franquia, uma foto chamou a atenção dos nerds nessa madrugada.

O cantor teen Justin Bieber postou em seu instagram oficial uma foto onde exibe o que seria supostamente o roteiro de Batman versus Superman.
Seria uma dica aos seus fãs de que ele estaria sendo cotado para ser o novo Robin?

Como essa nota está sendo escrita durante a madrugada, não temos como confirmar com a Warner, mas a notícia já está causando furor na internet. Vamos aguardar!

Revista Mundo Nerd tem lançamento na loja Geek

Convite_Lançamento_MUNDO_NERD

Os editores do Papo de Quadrinho são colaboradores desta nova revista da Editora Europa e convidam a todos para o lançamento.

Debate: beijo gay nos quadrinhos e classificação etária

UNIVERSO-DC-10

A polêmica história que revelou a homossexualidade do super-herói Lanterna Verde (Alan Scott) no Restart da DC acaba de chegar ao Brasil. Quando foi lançada, em agosto do ano passado, a segunda edição de Earth-2 ganhou destaque na grande mídia tanto de fora como daqui.

A história foi publicada pela Panini neste mês no mix da revista Universo DC número 10. Como adiantado quando do lançamento dos Novos 52 no Brasil, a editora não fez menção ao conteúdo ou indicou a classificação etária na capa.

Nos Estados Unidos, Earth-2, recebe classificação T (Teen), que significa “conteúdo normalmente indicado para idade de 13 anos ou mais. Pode conter violência, temas sugestivos, humor grosseiro, pouco sangue, jogos de azar e/ou linguagem inadequada”.

Papo de Quadrinho pediu a opinião de dois colecionadores e estudiosos dos quadrinhos sobre a classificação etária em revistas de super-heróis com cenas de relacionamento gay. Veja as opiniões:

gl-scott

CONTRA

Antonio dos Santos, editor do blog de cultura pop Popground.

Acredito que um sistema que classifique histórias que lidam com violência e morte, elementos claramente danosos para leitores mais jovens, é de fato interessante. Mas quando se levanta esse questionamento logo após a representação de um simples beijo, um gesto consensual de afeto entre dois personagens adultos saudáveis, vemos um claro teor de preconceito aí.

Qualquer classificação etária deve seguir preceitos estabelecidos por profissionais de psicologia infanto-juvenil, não o posicionamento reacionário de certos setores da sociedade ou preceitos religiosos que não são partilhados por todos.

Relacionamentos humanos são por natureza complexos, multifacetados, e obras voltadas para diferentes idades devem, por necessidade, focar de forma diferente cada um desses elementos. Mas dizer que um tipo de relação não deve sequer ser citada em uma obra de livre classificação é invalidar essa relação no sentido social.

Se todos temos os mesmos direitos, então todos devem ser livres para manifestar suas inclinações sem represálias ou censura. E a representação dessas manifestações como algo normal é importante nesse processo de aceitação.

Apresentar uma relação homossexual como algo impróprio mesmo quando o foco não está na sexualidade é alegar diretamente que os homossexuais não devem ser representados. É ser, sim, preconceituoso.

Todo pai tem o direito de criar os filhos como quer, discutindo os assuntos que quiser quando quiser, mas esse pai não pode exigir que uma empresa ou o governo faça esse trabalho por ele; esse pai não pode exigir que entidades que não partilham de seu ponto de vista obedeçam às mesmas regras que ele segue em sua casa.

 

A FAVOR

Clayton Godinho, editor do blog Chamando Superamigos e colaborador da revista Mundo dos Super-Heróis

Livros, filmes, jogos eletrônicos, desenhos animados, todos eles possuem classificação indicando o conteúdo. Porque os quadrinhos não? Com a liberdade que os roteiristas estão tendo hoje para criarem situações que anos atrás seriam evitadas, vale a pena pensar nisso.

No caso em questão fica claro que mesmo com toda abertura, o assunto ainda é passível de discussão. Quando defendo isso, não faço como forma de censura; pelo contrário: quadrinhos como esse vão parar na mão de crianças, seja comprado por algum responsável ou até mesmo em uma biblioteca pública.

E aí entram vários aspectos legais que regem a obrigação da informação, atribuição do Estado através da Constituição, do direito familiar garantido no Código Civil e do Estatuto da Criança e Adolescente que dá acesso à cultura e arte sempre levando em conta o indivíduo em formação intelectual.

Ao dizer o que vai ser encontrado nas páginas de uma HQ, dá-se aos pais e responsáveis o direito de decidir se isso é adequado para seus filhos, sempre garantindo a liberdade de expressão criativa. Nada mais justo numa sociedade democrática.

HQCon de Bolso 2012

Dia 24 de novembro, a cidade de Florianópolis terá a HQCon de Bolso 2012, evento sobre quadrinhos e cultura pop, que contará com a presença de artistas e profissionais dos quadrinhos da cidade.

Além de palestras, o HQCon terá em sua programação debates, exposições, oficinas voltadas aos quadrinhos, concurso de cosplay (e cospobre), atividades culturais, exibição de documentários, campeonato de RPG e feira de produtos.

Atenção: nem todos os eventos e concursos serão gratuitos, por isso, confira a programação completa do evento com valores e horários no link http://hqcon.com

 

 

Como anda a nova lei dos quadrinhos brasileiros?

No final de 2011, um pequeno avanço na tramitação do Projeto de Lei 6060/2009 – que “estabelece mecanismos de incentivo para a produção, publicação e distribuição de revista em quadrinhos nacionais” – causou um furor nas redes sociais.

A discussão acabou rendendo uma postagem no Papo de Quadrinho, em que foram coletadas opiniões de profissionais da área e, no início deste ano, ganhou o mundo real num debate ocorrido durante a entrega do Troféu Angelo Agostini.

Desde então, pouco ou nada se falou do projeto. A última atualização no site da Câmara dos Deputados data de 3 de abril, quando foi designado um novo relator, Rogério Marinho (PSDB/RN), no lugar Rui Costa (PT/BA), que se licenciou para assumir o cargo de secretário da Casa Civil do Governo da Bahia.

Agora, circula na Internet um abaixo-assinado dirigido à Presidência da República e aos Ministérios da Educação, Cultura e Comunicações, que pede “aprovação de leis de incentivo e ou cotas para produção de quadrinhos nacionais”.

A petição é encabeçada pelo Movimento DQB (Democracia ao Quadrinho Brasileiro) e pode ser assinado clicando aqui.

Curiosamente, o pedido não se refere ao Projeto de Lei 6060/2009, muito menos solicita seu desengavetamento. Ao contrário, o texto fala o seguinte do tema mais espinhoso do projeto: “A respeito da criação de cotas mercadológicas que orientem empresas públicas e privadas a patrocinarem, divulgarem e ajudar na distribuição de obras em quadrinhos disponíveis e lançadas, o resultado (dos debates nas páginas oficiais do movimento) ainda ficou dividido”.

No momento desta postagem, o abaixo-assinado contava com 524 assinaturas.

SUPER POWER CON, chegando!

O SUPER POWER CON, acontece agora nos dias 2 e 3 de Junho e pretende reunir Marvetes, DCenautas e todos os fãs de super-heróis.

Sábado, dia 2, será o dia Marvel, acontecendo em sua terceira edição. Garantindo presença obrigatória, os editores da Panini Fernando Lopes, Rogerio Saladino e Paulo França estarão abrindo a sessão de palestras falando sobre a nova grande saga da Marvel que começa nas revistas este ano e mais novidades sobre futuros lançamentos pela editora. Em seguida, teremos mais três apresentações de desenhistas que trabalham atualmente pra Casa das Ideias: Ibraim Roberson (Geração Esperança e Novos Mutantes). O segundo a palestrar é ninguém menos que Renato Guedes (Wolverine e Vingadores Secretos) e finalmente Will Conrad encerra o ciclo de palestras do dia, mostrando seus atuais trabalhos em X-Men e Novos Vingadores.

Domingo, dia 3, é a vez da DC, falando sobre o lançamento dos Novos 52, com os editores Levi Trindade, Bernardo Santana e Alexandre Callari. Em seguida, um painel especial da DC reunindo artistas brasileiros que ajudaram a construir esse reboot. Conversarão com o público Joe Prado, Ivan Reis, Rod Reis e Ed Benes.
O evento está sendo organizado Comic Book Shop, Universo Marvel 616, Terra Zero com o apoio da editora Panini e do Senac. e tem entrada franca.

Confira a programação completa no site do SUPER POWER CON.
Local: SENAC Lapa Scipião, Rua Scipião 67 – Lapa, São Paulo, SP.

Página 0 de 2

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017