fewcursedcronicas

Na prévia deste ano, Papo de Quadrinho anunciou que a editora Novo Século lançará um álbum com as seis edições de Os poucos e os amaldiçoados (The Few and Cursed), de Felipe Cagno e Fabiano Neves.

Para a compilação ficar pronta, as quatro edições finais ainda precisam ser produzidas de forma independente, com financiamento via Catarse. Faltando menos de seis meses para o fim do ano, o roteirista e criador da série, Felipe Cagno, garante que o planejamento não mudou.

Bem, na verdade, mudou. Mas foi para melhor.

Felipe e o artista Fabiano Neves decidiram lançar uma edição extra do universo de Os poucos e os amaldiçoados chamada As Crônicas de the Few and Cursed – uma espécie de spin-off que explora outros personagens.

A HQ, atualmente em busca de financiamento coletivo no Catarse, vai reunir sete histórias curtas, de sete páginas cada, desenhadas por diferentes artistas, como Luke Ross, José Luis, Pedro Mauro, Andrew Dalhouse, Adriano Di Benedetto, Sam Hart, Felipe Watanabe, Geraldo Borges e outros.

“Quando terminei o roteiro da terceira edição da série principal, Os Corvos de Mana’Olana, percebi que tinha criado alguns personagens interessantes que eu mesmo queria conhecer melhor. Além disso, tem todo um mundo além da Ruiva que também sofreu com o sumiço de 90% da água no planeta da noite pro dia. Eu não queria esperar a conclusão dos Corvos para só então explorar mais esse mundo, e como já tive duas experiências bem positivas com antologias antes, surgiu a ideia das Crônicas”, diz Cagno.

Crônicas se passa no mesmo cenário pós-apocalíptico da série principal, onde praticamente toda a água desapareceu do planeta há setenta anos, em 1840. A fim de sobreviver, a humanidade desenterra antigas maldições. As histórias desse título derivado exploram outras regiões do mundo, como a Pérsia, Austrália e Egito, ao mesmo tempo que introduzem personagens que passarão a integrar a série principal no futuro.

As Crônicas de The Few and Cursed terá 64 páginas e formato americano. Faltando 20 dias para o final da campanha, o projeto já alcançou 77% da meta de R$ 18 mil. As cotas variam de R$ 30 (HQ impressa + PDF) a R$ 500 (duas edições impressas com capas diferentes + PDF + workshop virtual com os autores).

Cagno garante que ao final dessa campanha, entra no ar a busca de financiamento para a próxima etapa da série principal.

Por ora, interessados em colaborar com Crônicas podem fazê-lo neste link.

Comentários