frauzioparaiso

Marcatti, o mais udigrudi dos quadrinhistas brasileiros, decidiu dar a sacaneada definitiva no não tão querido Frauzio e por fim a 15 anos de humilhação a seu principal personagem.

No mais recente lançamento Frauzio no Paraíso (24 páginas, R$ 12), o anti-herói finalmente encontra seu destino fatal ao comer uma coxinha estragada que jazia há um mês no chão fétido do boteco de Acrinésio.

Mas nem a abundante além-vida no Paraíso satisfaz o eterno insatisfeito Frauzio. Uma metáfora divertida sobre crenças, sonhos, plenitude e felicidade. Recomendado para estômagos fortes.

Como diz Marcatti, “vaso ruim não quebra”, e ele já trabalha na próxima desventura de Frauzio.

Essa e outras HQs de Marcatti podem ser adquiridas na loja virtual do autor, em lojas especializadas ou em sua mesa no Festival Guia dos Quadrinhos, neste final de semana.

Comentários