parabola

Num mundo que mistura ficção científica e mitologia grega (com pitadas de astrologia), um inexplicável fenômeno provoca o desaparecimento de um dos 12 deuses/príncipes que dominam a geopolítica daquela realidade.

Em busca de respostas, um grupo de emissários se vê obrigado a enfrentar a fúria da deusa da Lua, Ártemis, quando um novo e inusitado jogador surge e coloca tudo de pernas para o ar.

Este é um resumo do primeiro verso do primeiro capítulo de Parábola, nova HQ digital com roteiro e arte do cearense Demétrio Braga.

A sinopse chama os deuses/príncipes de “demônios” e o jovem misterioso de “exorcista”, o que talvez seja uma pista de que os eventos mostrados nessa primeira parte da história não sejam de fato o que parecem.

Demétrio tem um traço firme e uma narrativa bastante dinâmica em que cabe até uma brincadeira metalinguística.parabola_pag

O autor garante que sua meta é atualizar a HQ com pelo menos um “verso” de aproximadamente 10 páginas por mês.

A criação do logo e a revisão são de Zé Wellington, premiado roteirista de Quem matou João Ninguém? e Steampunk Ladies.

Vale muito a pena conhecer Parábola. A HQ está disponível aos assinantes do serviço Social Comics e pode ser lida gratuitamente também no site oficial , aqui e aqui.

Comentários