Por meio do selo Quadrinhos na Cia, a Companhia das Letras reservou três lançamentos em quadrinhos para a Bienal do Livro de SP: dois nacionais e um estrangeiro. Confira:

magdacialetrasMagda, de Rapha Campos Rocha (114 páginas, R$ 44,90): do mesmo autor de Deus, Essa Gostosa, Magda conta a história de um ser ancestral que se escondeu na Terra. Um predador de milhares de anos que pode ter sido responsável por extinções do passado. Agora ele se apossou de Magda, numa relação de simbiose que acaba por criar um dos seres mais poderosos do planeta. E Magda está com fome. Esse é o ponto de partida para uma ficção cientifica que, segundo o autor, bebe na obra de clássicos como Moebius, Robert E. Howard e Milton Caniff. O resultado é um álbum ao mesmo tempo inesperado e violento, sensível e brutal.

DezanosCialetrasDez anos para o fim do mundo, de Caeto (176 páginas, R$ 54,90): Em Memória de elefante, Caeto criou uma das mais belas autobiografias do quadrinho nacional. Agora, ele retoma sua trajetória pessoal numa história sobre o passado, a família, o processo de amadurecimento e a arte. Preenchendo as lacunas do livro anterior, Caeto volta a infância, num retrato contundente sobre sua pré-adolescência, a paternidade e a vida adulta.

ReportagensCiaLetrasReportagens, de Joe Sacco (200 páginas, R$ 54,90): Joe Sacco tem se voltado cada vez mais aos quadrinhos curtos para relatar conflitos ao redor do globo. Reunidas pela primeira vez, essas pequenas reportagens mostram por que Sacco é um dos principais correspondentes de guerra dos nossos tempos. São histórias de refugiados africanos em Malta, de contrabandistas palestinos, de criminosos de guerra e de suas vítimas, de uma incursão com o exército americano no Iraque.

A Bienal do Livro de SP acontece de 26 de agosto a 4 de setembro, no Anhembi. Veja aqui como visitar o evento.

Comentários