JJ (1)

Os quadrinhos europeus, ou banda desenhada como é chamada, produzem uma quantidade imensa de HQs de qualidade, mas infelizmente um percentual pequeno é traduzido e publicado aqui. Assim, não dá para perder a oportunidade de adquirir alguns trabalhos famosos quando aparecem, principalmente com preço acessível.

É o caso de January Jones, heroína criada em 1986 por Martin Lodewijk (roteirista) e Eric Heuvel (ilustrador), em uma série consagrada no mercado Franco-Belga de Banda Desenhada.

Lançado em junho pela AVEC EditoraJanuary Jones: Corrida Contra a Morte é o primeiro álbum da aviadora publicado no Brasil

Jones é considerada a sucessora de Tintim pois tem um estilo de quadrinho conhecido como linha clara. Mas ela não é apenas uma versão feminina do Tintim. January Jones é uma personagem cativante, que representa o espírito desbravador e aventureiro de uma época especial do século XX. É uma heroína forte, perspicaz e corajosa. Sua criação mistura características de figuras históricas – como a aviadora Amelia Earhart e a espiã Mata Hari – e de personagens fictícios como Indiana Jones e TinTin.

Eric Heuvel explica: “O que mais acho interessante nessa protagonista, em primeiro lugar, ela é uma mulher. Na época em que Martin e eu concebemos este personagem, não haviam tantas heroínas nos quadrinhos”.

Outra característica prazerosa das histórias é a inserção de citações a fatos e personagens históricos. Para que o público pudesse aproveitar esses detalhes, a edição brasileira traz notas de rodapé para contextualizar o leitor sobre alusões à história da Europa. Como explicou o editor Artur Vecchi: “Várias das citações a personagens ou episódios históricos na edição são de fácil compreensão para os europeus, mas para que os brasileiros, que podem não conhecer tão a fundo a história da Europa, resolvemos inserir as notas para que nossos leitores tenham a melhor experiência possível”.

January Jones: Corrida Contra a Morte  é primeiro volume de uma série ambientada na década de 1930 e que narra as aventuras desta aviadora destemida, que viaja pelo mundo a bordo de um avião Havilland Comet, se envolvendo em conspirações, vivendo em situações de risco, sempre com muita ação, aventura, suspense e humor.

Em Corrida Contra a Morte, J.J. deixa os céus um pouco de lado para participar do Rali de Monte Carlo, uma famosa prova que existe desde 1911. Nesta corrida, ela pilota o Viragiro, um carro revolucionário que lhe dá boas chances de vencer, mas para isso ela precisa lutar contra espiões alemães, corredores desleais e estradas com muita neve.

Ter a oportunidade de ler histórias tão ricas em uma aventura tão divertida e recomendada para leitores de todas as idades, já é a primeira boa notícia. A segunda é saber que a edição está bonita, bem feita e o site da AVEC está com um preço promocional de R$ 29,90. Vale muito o investimento.

 

 

Comentários