1mimom

A pressão de grupos organizados sobre a indústria de quadrinhos e seus derivados parece longe de acabar. Desta vez, foi o grupo conservador One Million Moms que decidiu atacar a série Lúcifer, que sequer estreou na TV.

Do ICV2

O projeto One Million Moms (“Um Milhão de Mães”) da entidade sem fins lucrativos American Family Association lançou uma petição para o presidente da Fox Network, Peter Rice, solicitando o cancelamento dos planos de exibição de Lúcifer, nova série de Peter Bruckheimer baseada na HQ do selo Vertigo, da DC.

A petição lista as objeções da entidade em relação ao seriado: “O programa pretende descaracterizar Satã, afasta-se dos ensinamentos bíblicos sobre ele e retrata de forma incorreta as crenças da fé cristã”, argumenta. “Ao escolher exibir este seriado, a Fox está desrespeitando o cristianismo e zombando da Bíblia”.

O One Million Moms está avançando para além de sua preocupação com personagens gays na cultura pop. Em 2012, o grupo atacou, sem sucesso, Marvel, DC e Archie por causa da inclusão de personagens gays em seus quadrinhos.

De todo modo, se você optar por assinar a petição, o endereço é este aqui.

Comentários